Abrir menu principal


Estádio de São Luís
Estádio de São Luís em 2013.
Nomes
Nome Estádio de São Luís
Antigos nomes Santo Stadium
Campo de S. Luís
Características
Local Faro
Gramado Relvado (103m x 68m)
Capacidade 15.000 espectadores
Construção
Data 1922
Inauguração
Data Maio de 1923
Recordes
Público recorde 15.000 espectadores
Data recorde 28 de Abril de 2013
Partida com mais público SC Farense - UD Leiria, S.A.D.
2ª Divisão Nacional
Outras informações
Remodelado 1971 e 2013
Expandido 1990 e 1999
Proprietário SC Farense
Administrador SC Farense
Custo de aquisição Nenhum
Mandante SC Farense

O Estádio de São Luís, em Faro, foi mandado construir em 1922 por Manuel Santo (um emigrante regressado dos Estados Unidos) que, levado pelo entusiasmo grande da época, e face à falta de um recinto desportivo digno da cidade de Faro naquela altura, adquiriu um terreno no "espaldão", perto da Igreja de S. Luís, com uma superfície de cerca de 12750 m², para aí edificar o "Santo Stadium" (primeiro nome dado ao estádio, por ser Manuel Santo o seu proprietário).

Os planos da época tinham previstas todas as comodidades possíveis para o público e, além de bancadas, contemplavam paralelamente a construção de camarotes, além de preverem e tomarem medidas para a prática de vários desportos. O estádio previsto foi dos primeiros em Portugal a ser construído com características específicas para o fim em vista.

O "Santo Stadium" abriria as suas portas pela primeira vez ao público em Maio de 1923, e logo a 24 de Junho desse ano recebeu o seu primeiro grande evento, a final da 2ª edição do Campeonato de Portugal, onde o Sporting CP levou de vencida a formação da Académica de Coimbra por 3-0. Foi a primeira vez, e uma das raríssimas ocasiões em que o referido evento se disputou fora dos grandes círculos de Lisboa e Porto.

Segundo notícia publicada em 21 de Setembro de 1924, o Sporting Clube Farense decide em Assembleia Geral, contratar com o proprietário do "Santo Stadium" o arrendamento do campo, para onde seriam transferidos os jogos do clube.

Índice

Alterações e melhoramentosEditar

A partir de 1930 passa a designar-se de "Campo de São Luís", em detrimento da antiga designação.

A 25 de Novembro de 1942, o estádio é adquirido por Eusébio Tomás Lopes e quinze anos mais tarde, em 14 de Dezembro de 1957, é lavrada escritura que transfere o estádio para a autarquia municipal, por permuta com outros terrenos.

A Câmara Municipal de Faro mudou então o nome para "Estádio Municipal de São Luís", unicamente devido à sua posição geográfica.

 
Vista do estádio em 1997

Em 1960 são inaugurados os balneários novos e a 24 de Maio desse ano é estreada a iluminação artificial num jogo que opôs o SC Farense ao Ferroviário de Araraquara, em que a equipa brasileira venceu por 0-5.

A 8 de Setembro de 1971 foi inaugurado o relvado.

Em 1986, a 1 de Abril, a Câmara Municipal de Faro cede ao SC Farense o estádio de São Luís, no dia em que o clube completa 76 anos.

Em 1990 recebeu obras de ampliação e melhoramentos tendo em vista a recepção do Campeonato Mundial de Juniores de 1991, realizado em Portugal.

Em 1999 foi demolido o peão e construída a "Bancada Nova".

Em 2013 juntamente com o regresso do Farense às competições profissionais o Estádio de S.Luís recebeu obras de remodelação do mesmo, tornando-o apto às competições profissionais e ao mesmo tempo modernizado.

EspectáculosEditar

Para além do futebol, o Estádio de São Luís também recebeu inúmeros espectáculos, dos quais se destacam os concertos dos Roxy Music e King Crimson a 21 de Agosto de 1982,[1] os Dire Straits a 25 de Agosto de 1992[2][3] e de Luciano Pavarotti a 21 de Junho de 2000[4] e ainda o Tattoo Militar em Agosto de 1985.

Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 1991Editar

A cidade de Faro foi uma das sedes do Mundial de Sub-20 de 1991 disputado em Portugal, no qual a selecção anfitriã ficou com o título.

O Estádio de São Luís registou boas assistências nos sete jogos que recebeu (seis do "Grupo D" e um dos quartos-de-final), convertendo-se assim no estádio com melhor índice de espectadores relativamente à sua capacidade, em grande parte graças às selecções espanhola e inglesa.

Estes foram os jogos realizados no Estádio de São Luís:

Grupo DEditar


15 de Junho de 1991
19:30
Inglaterra   0–1   Espanha Estádio de São Luís, Faro

Relatório Pier 84' Público: 11,500
Árbitro: Renato Marsiglia  

16 de Junho de 1991
19:00
Síria   1–0   Uruguai Estádio de São Luís, Faro

Ramadan 57' Relatório Público: 5,500
Árbitro: Alhagi Faye  

18 de Junho de 1991
19:00
Espanha   6–0   Uruguai Estádio de São Luís, Faro

Pier 10' (g.p.), 34'
Urzáiz 22', 75', 80' (g.p.)
Mauricio 36'
Relatório Público: 11,500
Árbitro: Daniel Roduit  

18 de Junho de 1991
21:30
Inglaterra   3–3   Síria Estádio de São Luís, Faro

Allen 12'
Awford 69', 84'
Relatório Ramadan 18'
Awad 27'
Helou 65'
Público: 11,500
Árbitro: John McConnell  

20 de Junho de 1991
19:00
Espanha   0–0   Síria Estádio de São Luís, Faro

Relatório Público: 5,000
Árbitro: Leslie Irvine  

20 de Junho de 1991
21:30
Inglaterra   0–0   Uruguai Estádio de São Luís, Faro

Relatório Público: 5,000
Árbitro: Sándor Puhl  

Quartos de finalEditar


23 de Junho de 1991
21:30
Espanha   1–3   União Soviética Estádio de São Luís, Faro

Urzáiz 85' Relatório Sherbakov 35', 64'
Mandreko 80'
Público: 13,000
Árbitro: Francisco Lamolina  

Selecção Nacional de FutebolEditar

Apenas por quatro vezes a Selecção Nacional jogou no Estádio de São Luís, e apenas uma vez de cariz oficial.


16 de Novembro de 1977
Apuramento Mundial 1978
Portugal   4-0   Chipre Estádio de São Luís, Faro

Toni 11'
Fernando Chalana 35'
Vital 38'
Manuel Fernandes 71'
Relatório Público: 13,000
Árbitro: Michal Jursa  

12 de Fevereiro de 1992
Amigável
Portugal   2-0   Países Baixos Estádio de São Luís, Faro

Oceano 3'
César Brito 79'
Relatório Público: 2,463
Árbitro: Diaz Vega  

10 de Fevereiro de 1993
Amigável
Portugal   1-1   Noruega Estádio de São Luís, Faro

Oceano 56' Relatório Goran Sorloth 87' Público: 6,000
Árbitro: Antonio Martín Navarrete  

15 de Agosto de 2001
Amigável
Portugal   3-0   Moldávia Estádio de São Luís, Faro

Figo 43' (g.p.), 61' (g.p.), 89' Relatório Público: 12,000
Árbitro: Georgios Borovilos  


Referências