Estátua equestre de D. Pedro I

Monumento na cidade do Rio de Janeiro
Disambig grey.svg Nota: Para a estátua no Porto, Portugal, veja Monumento a D. Pedro IV.
Estátua equestre de Dom Pedro I
Monumento a pedro i do brasil.jpg
Apresentação
Tipo
Criador
Período de construção
Estatuto patrimonial
bem tombado pelo INEPAC (d)
patrimônio registrado pelo Inventário de Monumentos RJ (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

A estátua equestre de D. Pedro I é a primeira escultura publica do país. Localiza-se na Praça Tiradentes, no centro da cidade do Rio de Janeiro, no estado do homônimo, Brasil. É um patrimônio histórico nacional, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), na data de 04 de março de 1999, sob o processo de nº 1173-T-1985. E é um patrimônio cultural estadual. tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC), na data de 26 de setembro de 1978, sob o processo de nº E-03/016.509/78.[1]

Estátua equestre de D. Pedro I, Rio de Janeiro
Estátua equestre de D. Pedro I: alegoria ao rio São Francisco
Estátua equestre de D. Pedro I: alegorias aos rios Madeira e Amazonas

HistóriaEditar

O monumento foi erguido por iniciativa de Pedro II do Brasil, em homenagem à proclamação da Independência do país, com projeto do artista brasileiro João Maximiano Mafra. As esculturas em bronze foram executadas e fundidas em Paris por Louis Rochet.[1]

A inauguração teve lugar em 30 de março de 1862,[1] com um grande concerto público, do qual participaram 600 músicos sob a regência do maestro Francisco Manuel da Silva. Neste foi tocado o Hino da Independência do Brasil, de autoria do próprio Pedro I do Brasil.

CaracterísticasEditar

No conjunto, apresenta Dom Pedro I sentado em um cavalo, acenando em uma das mãos a carta constitucional de 1824 e encontram-se representadas as províncias brasileiras à época, e os quatro grandes rios nacionais — Amazonas, Madeira, São Francisco e Paraná. Nas alegorias estão figurados indígenas e diversas espécies de animais — antas, tatus, tamanduás — assim como gárgulas douradas e diversos outros motivos decorativos. E no lado principal, abaixo da estátua, possui a inscrição "D. Pedro I, gratidão dos brasileiros". A base, com 3,30 metros de altura, é feita em granito carioca; o pedestal, com 6,40 metros de altura, é feito de bronze e a estátua, feita também em em bronze, possui 6,00 metros de altura.[1]

Referências

  1. a b c d «Rio de Janeiro - Monumento a Dom Pedro I». Ipatrimonio. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Consultado em 26 de setembro de 2021 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Estátua equestre de D. Pedro I