Abrir menu principal

Estação Amador Bueno

CPTM icon.svg Amador Bueno
Estação Amador Bueno com o TUE 4800
Uso atual Bahn aus Zusatzzeichen 1024-15.svg Estação de trens metropolitanos
Proprietário Bandeira do estado de São Paulo.svg Governo do Estado de São Paulo
Administração Estrada de Ferro Sorocabana (1922–1971)
FEPASA (1971–1996)
CPTM icon.svg CPTM (1996–atualmente)
Linha 8cinza.png Diamante
Sigla ABU
Posição Superfície
Serviços Terminal rodoviário
Informações históricas
Nomes antigos Km 43
Fernão Dias
Inauguração 8 de maio de 1922 (97 anos)
Fechamento 30 de abril de 2010 (9 anos)
Inauguração da
atual edificação
3 de abril de 2014 (5 anos)
Endereço Avenida Bambina Chaluppe, s/n - Itapevi
Próxima estação
Sentido Amador Bueno 8cinza.png Sentido Itapevi/
Júlio Prestes
- Santa Rita
Amador Bueno

A Estação Amador Bueno faz parte da extensão operacional da Linha 8–Diamante da CPTM, localizada no município de Itapevi.

HistóriaEditar

Inaugurada em um prédio provisório pela Estrada de Ferro Sorocabana em 8 de maio de 1922, foi nomeada Km 43 e em 1928, Fernão Dias.[1] Em 1938, recebe o prédio definitivo (e que até 21 de junho de 1985, era o prédio da estação) e é renomeada como Amador Bueno.

Durante a modernização do sistema de trens de subúrbio efetuada pela FEPASA durante as décadas de 1970 e 1980, recebe novas instalações em 21 de junho de 1985[2][3], que substituem o prédio de 1938, transformado em um centro cultural pela prefeitura de Itapevi em 2004. Em 1997, sua bilheteria é desativada pela CPTM devido aos constantes assaltos. Após o abandono, por parte da prefeitura de Itapevi, o prédio de 1938 é demolido em 2012.[4]

A partir de 2010, Amador Bueno é fechada para reconstrução.[5] Em 23 de abril de 2014 é reaberta para operação assistida, após o trecho de 6,3 quilômetros (Itapevi–Amador Bueno) ser remodelado e a estação reconstruída com sanitários públicos e acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.[6]

ToponímiaEditar

Após ser inaugurada como Km 43 em 1922, a estação recebeu dois nomes: Fernão Dias e Amador Bueno. Fernão Dias (c.1608-1681) foi um bandeirante, conhecido pela alcunha de Caçador de Esmeraldas. Em 1928, a Companhia Paulista de Estradas de Ferro inaugura uma estação na região de Bauru e também a batiza de Fernão Dias.[7] Para evitar confusões de nomes, a Estrada de Ferro Sorocabana rebatiza a estação na década de 1930 de Amador Bueno. Amador Bueno (c.1549-c.1684) foi um bandeirante conhecido por sua participação no episódio histórico conhecido como Aclamação de Amador Bueno, onde foi proclamado rei e preferiu jurar lealdade ao rei D.João IV de Portugal.

TabelasEditar

Sigla Estação Inauguração Plataformas Posição Notas
ABU Amador Bueno 8 de maio de 1922 Central Superfície Estação da extensão operacional com embarque gratuito.

Referências

  1. Estrada de Ferro Sorocabana (31 de dezembro de 1922). «Estações Inauguradas». Relatório Anual/Memória Estatística do Brasil-Biblioteca do Ministério da Fazenda no Rio de Janeiro/republicado pelo Internet Archive. Consultado em 6 de maio de 2019 
  2. Evandro Mesquita (28 de maio de 1985). «Debates» (PDF). Diário Oficial do estado de São Paulo, Seção I, terceira coluna, página 40. Consultado em 6 de maio de 2019 
  3. «Trem japonês». Folha de S.Paulo, ano 65, edição 20534, página 19. 22 de junho de 1985. Consultado em 6 de maio de 2019 
  4. Ralph Mennucci Giesbrecht (2001). «Amador Bueno (velha)». Estações Ferroviárias do Brasil. Consultado em 6 de maio de 2019 
  5. «Reconstrução do trecho Amador Bueno " Itapevi da CPTM». Assembléia Legislativa de São Paulo. 23 de novembro de 2011. Consultado em 6 de maio de 2019 
  6. Portal do Governo do Estado (23 de abril de 2019). «Estações Amador Bueno e Santa Rita da CPTM são entregues em Itapevi». Portal do Governo do Estado de São Paulo. Consultado em 6 de maio de 2019 
  7. Ralph Mennucci Giesbrecht (2001). «Fernão Dias (CPEF)». Estações Ferroviárias do Brasil. Consultado em 6 de maio de 2019 

Ligações externasEditar