Estação Campo Grande (Metropolitano de Lisboa)

estação do Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Campo Grande
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metro
Linhas AmarelaMetroLisboa-linha-amarela.svg
VerdeMetroLisboa-linha-verde.svg
Sigla CG
Posição Elevada
Coroa tarifária L
Serviços Escada rolante Parque de Estacionamento Venda de Bilhetes Centro de Informações Achados e Perdidos Banheiro Rede sem fio aberta (Wi-Fi)
Conexões 020 201 201 202 204 206 207 209  21  219 220 221 223 233 234 237 239 030 300 311 312 313 315 329 331 333 334 335 336 337 344 353 354 410 411 412 413 414 415 421 422 423 424 425 426 427  43  450 451 460  48  700 701 701 717  72  736 747 750 767 778 796 798 811 812 813 814 815 818  87   88  901 901 903 921 931  97  Táxi
Informações históricas
Inauguração 03 de abril de 1993 (27 anos)
Projeto arquitetônico Ezequiel Nicolau
Intervenções plásticas Eduardo Nery
Localização
Campo Grande está localizado em: Metro de Lisboa
Metropolitano Lisboa logo.svg Campo Grande
Localização na rede (mapa)
38° 45' 36" N 9° 9' 28" O
Concelho bandeiraLisboa
Próxima estação
Sentido Odivelas Sentido Rato
Quinta das Conchas Cidade Universitária
Metropolitano Lisboa logo.svg Campo Grande
Sentido Telheiras Sentido Cais do Sodré
Telheiras Alvalade
Metropolitano Lisboa logo.svg Campo Grande
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Estação Campo Grande, veja Estação Campo Grande.

Campo Grande é uma estação dupla do Metro de Lisboa, em Portugal, onde se interligam duas linhas: a Linha Amarela e a Linha Verde. Situa-se no concelho de Lisboa, entre as estações Quinta das Conchas e Cidade Universitária (Linha Amarela), e Telheiras e Alvalade (Linha Verde). Foi inaugurada a 3 de abril de 1993, com a particularidade de ter sido a primeira estação da rede construída em viaduto.[1]

Esta estação está localizada junto ao Viaduto do Campo Grande e à Rua Cipriano Dourado. Esta estação possibilita o acesso ao Museu da Cidade, ao Museu Rafael Bordalo Pinheiro, ao Estádio José Alvalade, à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, à Universidade Lusófona e ao terminal de autocarros que se localiza nessa zona.[1] O projeto arquitetónico é da autoria do arquiteto Ezequiel Nicolau e as intervenções plásticas do artista plástico Eduardo Nery.[1]

Ver tambémEditar

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Campo Grande

Referências

  1. a b c «Campo Grande». Diagrama e Mapa da Rede. Metropolitano de Lisboa. Consultado em 26 de fevereiro de 2012 

Ligações externasEditar

Ícone de esboço Este artigo sobre o Metropolitano de Lisboa é um esboço relacionado ao Projeto Metropolitanos do Mundo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.