Estação Ferroviária de Guararema

A Estação Ferroviária de Guararema é uma estação construída pela Estrada de Ferro do Norte em 1876, localizada no atual município de Gurararema. Recebe trens turísticos de passageiros, sendo operada e mantida pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (Regional Sul de Minas).[1][2]

Estação Guararema
Fotografia do prédio principal da estação durante seu restauro.
Uso atual Estação de trens turísticos
Proprietário Governo Federal
Concessionária MRS Logística
Administração ABPF
Linhas Ramal de São Paulo
Código SP-1978
Plataformas Laterais (2)
Vias 2
Altitude 578,9 m
Informações históricas
Nome antigo Parahyba
Inauguração 2 de julho de 1876 (146 anos)
Reconstrução 1927 (95 anos)
Localização
Localização Rua Dr Falcão, 4, Guararema, SP

O prédio atual é de 1927, tendo sido construído pela Estrada de Ferro Central do Brasil (EFCB).[1]

HistóriaEditar

A estação foi inaugurada em 1876 pela Estrada de Ferro do Norte, sob o nome de Parahyba, por localizar-se próxima ao rio Paraíba do Sul. Seu nome foi alterado no ano seguinte, passando a ser o atual.[3]

Foi reconstruída em 1927 pela EFCB, sendo esta a edificação mantida até hoje.[3]

Com a construção e inauguração da Variante do Parateí no final dos anos 1980, o tráfego de passageiros nos trens paradores entre Mogi das Cruzes e São José dos Campos foi encerrado, a estação sendo então abandonada. Os trilhos passaram a ser usados somente para os trens de longo percurso que realizavam o trecho Rio de Janeiro-São Paulo e trens cargueiros.[3]

Em decorrência da concessão da malha regional sudeste da RFFSA para a MRS Logística nos anos 1990, a passagem de trens de passageiros pelas antigas linhas de longo percurso da EFCB foi encerrada, o trecho entre Mogi e São José, especificamente, mostrou-se também anti-econômico para cargueiros, sendo abandonado. Em 2003, com os cargueiros vindos da Estação de São Silvestre, o trecho foi reativado.[3]

Nos anos 2010, a ABPF resolve instalar um trem turístico de passageiros no município de Guararema, com a anuência da MRS e devidas autorizações. Restaura, então, as estações de Guararema e Luís Carlos, operando o percurso até os dias atuais.[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Estação Guararema – Associação Brasileira de Preservação Ferroviária». Consultado em 5 de abril de 2021 
  2. «Trem de Guararema». ABPF - Regional Sul de Minas. 2 de maio de 2018. Consultado em 5 de abril de 2021 
  3. a b c d e «Guararema -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 5 de abril de 2021 
  4. «Trajeto | Trem de Guararema-SP». Consultado em 5 de abril de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.