Abrir menu principal

Wikipédia β

Estação Parangaba

A Estação Parangaba e uma estação de integração que faz parte de um grande complexo de Transportes denominado não oficialmente de Grande Terminal Intermodal da Parangaba, fazendo a ligação rápida e direta por meio de transbordo entre a Linha 3-Vermelha: Sul é Linha 4-Roxa: Parangaba-Mucuripe do metrô de fortaleza, além do terminal de ônibus urbano da Parangaba e a estação 01 do sistema Bicicleta Integrada. Sua localização e na Rua Dom Pedro II ao lado do terceiro mais movimentado terminal de ônibus da cidade, no bairro de mesmo nome. A estação faz parte de um grande complexo de integração intermodal de transportes, ligando por meio de transbordo as Linha 3-Vermelha do metrô e Linha 4-Roxa do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ao sistema de ônibus urbano e ao futuro corredor Parangaba-Papicu do sistema de BRT da cidade, o Expresso Fortaleza, por meio do terminal de ônibus urbano da Parangaba, além de permitir ao usuário fácil integração ao sistema Bicicleta Integrada de Fortaleza.

Parangaba
Plataforma da Linha Sul na estação Parangaba
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metrô
Estação de VLT Estação de VLT
Administração Metrofor logo (cropped).jpg Metrofor
Linhas S (South Line - Fortaleza Subway).png Linha 3-Vermelha: Sul
M (Mucuripe Line - Fortaleza Subway).png Linha 4-Roxa: VLT Parangaba-Mucuripe
Código Estação de Integração
Sigla PAR
Posição Elevada
Plataformas S (South Line - Fortaleza Subway).png 2 (Linha 3-Vermelha: Sul)
M (Mucuripe Line - Fortaleza Subway).png 1 (Linha 4-Roxa: VLT Parangaba-Mucuripe)
Capacidade 25.000 passageiros por hora
Serviços Escada rolante Elevador Acesso à deficiente físico Bicicletário Venda de Bilhetes Estação de VLT
Conexões Terminal rodoviário Terminal Parangaba
Bicicletário Integrada 01 - Terminal Parangaba
Informações históricas
Inauguração 01 de janeiro de 1873 (144 anos)
Inauguração da
atual edificação
15 de junho de 2012 (5 anos) (Linha 3-Vermelha)
25 de julho de 2017 (0 anos) (Linha 4-Roxa)
Localização
Coordenadas 3° 46' 32.91" S 38° 33' 49.83" O
Endereço Rua Dom Pedro II (Parangaba)
Município Bandeira de Fortaleza.svg Fortaleza
Próxima estação
Sentido Central-Chico da Silva S (South Line - Fortaleza Subway).png Sentido Carlitos Benevides
Juscelino Kubitschek Vila Pery
Parangaba
Sentido Parangaba M (Mucuripe Line - Fortaleza Subway).png Sentido Iate
- Montese
Parangaba

Índice

HistóricoEditar

A estrutura original foi erguida em 1873 e reconstruída em 1927, a Estação Parangaba foi a segunda estação ferroviária de Fortaleza. A primeira é a a antiga estação João Felipe (Atualmente museu), no Centro. Em 2008, o equipamento foi tombado. No mesmo ano, o prédio passou por um dilema. Devido a construção da Linha Sul do Metrô de Fortaleza, a estação teria que sair do local para dar espaço ao metrô. Na época, o então governador Cid Gomes tinha as seguintes opções: fazer uma réplica da estação e transferi-la para outro bairro, custando R$ 214 mil; transladar o prédio para a Praça Central da Parangaba, ao custo de R$ 5,27 milhões; ou construir um memorial no mesmo local, respeitando a estrutura da estação. A solução foi acordada entre Cid e a prefeita de Fortaleza na época, Luizianne Lins: rebaixar a estação por 3,5 metros e elevar a linha do metrô para preservar o equipamento histórico e evitar sua demolição. A obra durou cinco meses, onde foi priorizado a manutenção das estrutura do prédio, bem como seus traços arquitetônicos. O valor de investimento foi de R$ 1.063.324,47. A participação dos moradores do bairro no debate sobre o assunto foi importante para que os executivos acatassem essa decisão.[1] A estação atual foi inaugurada pela presidenta Dilma Rousseff e o ex-governador do estado Cid Gomes no dia 15 de junho de 2012, na primeira fase de operações a linha sul entre a estação Parangaba e Carlitos Benevides. No dia 01 de outubro de 2014 as bilheterias da estação passaram a operar pela primeira vez durante o inicio a fase comercial,[2] no inicio o usuário deveria comprar um bilhete de papel e depois inseri-lo em uma urna para se ter acesso as plataformas da estação, processo depois substituído com a implantação de catracas eletrônicas, permitindo o uso bilhetes eletrônicos, é de cartões magnetíticos recarregáveis criados para se utilizado especialmente no sistema de metropolitanos conhecido como metrocard, além de ser possível a utilização do Bilhete único, permitindo a integração com os demais modais de transporte de Fortaleza e região metropolitana utilizando apenas uma passagem.

No dia 25 de Julho de 2017 a parte da estação destinada a Linha 4-Roxa do VLT foi entregue a população junto com o trecho 2 da Linha, na solenidade de entrega estiveram presentes o chefe do executivo estadual, Camilo Santana e o Vice-Prefeito de Fortaleza, Morone Torgan. Com a entrega, a estação Parangaba se torna a primeira do novo sistema a oferecer integração por meio de transbordo entre duas linhas da rede.[3]

Características GeraisEditar

Estação Elevada divida em duas grandes estruturas, com plataformas laterais na área destinada a Linha 3-Vermelha Sul, é plataforma central na área destinada a Linha 4-Roxa. A parte mais antiga destinada a Linha 3-Vermelha tem estruturas em concreto aparente, paredes de alvenaria feitas com blocos de concreto, revestidos ou não, conforme o local de aplicação; os revestimentos utilizados são os usuais, tais como pisos de placas de borracha, vinil ou granito, ladrilhos cerâmicos de alta resistência; cimentado em alguns pisos, argamassa de emboço/reboco e pintura, e cerâmica em paredes; telhas metálicas na cobertura, janelas e portas de alumínio ou aço, conforme os locais de aplicação. Já a aperte mais atual destinada a Linha 4-Roxa foi concebida com o intuito de usar uma linguagem diferente da outra estrutura, com isso os materiais usados, metal e vidro, se diferenciam da outra estrutura em concreto. A cobertura é formada por pórticos metálicos, apoiados nas vigas de concreto que perfazem a estrutura das vias com o objetivo de dar mais leveza estética e estrutural. A coleta e condução de água pluvial será através de calha metálica em alumínio, tendo o seu fechamento por placas de policarbonato, que proporcionam uma entrada de iluminação natural e de telhas metálicas com material térmico entre as chapas, para proporcionar conforto aos passageiros na plataforma. Uma característica importante do projeto, foi que com a introdução dos pórticos metálicos para sustentar a cobertura da estação, liberou-se a plataforma de pilares, tendo como único elemento que transpassa a estação o elevador para deficientes e pessoas idosas, este também tem a função estrutural de apoiar o reservatório de água. [4]

A estação conta com mapas de localização, elevadores, sistemas de sonorização, telas de led nas plataforma que mostram os destinos de trens, horário de chegada da próxima composição além de outras informações e mensagens como o horário de funcionamento do metrô de Fortaleza, as integrações como os outros sistemas nos terminais intermodais, informações de utilidade publica como também publicidades, além de passarela de Acesso entre as duas partes da estação. A estação Parangaba permite fácil integração com outros sistemas de transportes, pois integra o sistema metroviário ao VLT, ao terminal de ônibus da Parangaba é ao futuro corredor Parangaba-Papicu do Expresso Fortaleza, sistema de BRT da cidade. A localização estratégica da estação com sua proximidade de um shopping e de importantes avenidas, a fácil integração com outros modais e o fato de estar no coração de um dos mais importantes microcentros de Fortaleza, torna a estação Parangaba uma das mais movimentadas e importantes do sistema.

AcessosEditar

Os Acessos a estação Parangaba podem ser realizados de três modos: Do lado Oeste, através da galeria comercial, tendo como via de entrada a Rua Eduardo Perdigão. Do lado Leste, também através de uma galeria comercial, tendo como via de entrada a Rua Carlos Amora. Do lado Sul, através de um corredor, tendo como entrada o Terminal de ônibus urbano da Parangaba. Todos os acessos chegam ao pátio dos bloqueios, com 12 unidades, situados no pavimento Térreo. Através dele, por meio de escadas fixas e rolantes e elevadores, se tem acesso ao Mezanino, ponto de ligação para acessar a plataforma da Linha 4-Roxa. A ligação é feita através de elevador e escada fixa, para um nível mais elevado, denominado passarela de acesso, que faz a ligação até a plataforma da Linha 4-Roxa, sendo esta feita através de escadas fixas e elevador. [5]

AcessibilidadeEditar

A estação Parangaba foi pensada como um todo para garantir a acessibilidade para todos, contando com os mais diversos recursos para ajudar os usuários portadores de deficiência. Entre eles e possível citar o piso tátil, mapas de localização em braile é sistema de sonorização para portadores de deficiência visual; elevadores, passarelas de ligação é acessos exclusivos para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção; painéis explicativos bem localizados é telas nas plataformas para portadores de deficiência auditiva, além de toda a equipe de funcionários bem treinados e especializados para atender aos usuários em qualquer situação.

Grande Terminal Intermodal da Parangaba (GTIPAR)Editar

O Grande Terminal Intermodal da Parangaba (GTIPAR), e um grande complexo intermodal de transportes que faz ligação direta entre a linha 3-Vermelha: Sul do metrô, a linha 4-Roxa: Parangaba/Mucuripe do VLT, a linha Parangaba-Papicu do sistema de BRT Expresso Fortaleza, o Terminal de integração de ônibus urbano da Parangaba é a estação 01 do Bicicleta Integrada. O Terminal de ônibus urbano foi o primeiro a ser entregue do complexo no dia 7 de agosto de 1993, seguido pela estação Parangaba da Linha 3-Vermelha em 15 de julho de 2012, pela estação 01 do Bicicleta Integrada em 1 de junho de 2016 é por ultimo a plataforma destinada a Linha 4-Roxa no dia 25 de julho de 2017. O corredor Parangaba-Papicu do expresso Fortaleza ainda se encontra em construção. Quando 100% operante o GTIPAR será o segundo mais movimentado de Fortaleza, perdendo somente para o Grande Terminal Intermodal do Papicu (GTIPAP) ainda em implantação. Para um total funcionamento do complexo e necessário ser realizada uma completa reformulação no Terminal de ônibus urbano, cuja estrutura já apresenta problemas para suportar o crescente movimento de usuários, sofrendo problemas de super lotação em horários de grande movimento.

  Acesso a Terminal Parangaba  
Terminal Parangaba

Localização na Linha 3-Vermelha: Sul, do MetrôEditar

Sétima estação no sentido Carlito Benevides.

Localização na Linha 4-Roxa: VLT Parangaba/MucuripeEditar

Primeira estação no sentido Iate.

Tabela de LinhasEditar

Duas Linhas atendem a estação: A Linha 3-Vermelha: Sul, em formato de metropolitano, e a Linha Parangaba-Mucuripe em formato de VLT (Veiculo Leve sobre Trilhos).

Linhas Terminais Estações Comprimento (Km) Duração das viagens (min) Funcionamento
Sul
Sul
Central-Chico da SilvaCarlitos Benevides 20 24,1 35 De segunda a sábado, de 6:30 até 19:00 hs
Mucuripe
Mucuripe
ParangabaIate 11 12,7 De segunda a sexta, de 6 hrs até 12 hrs no trecho entre a Parangaba e Borges de Melo

Dados TécnicosEditar

As duas estruturas por serem interligadas compartilham as mesmas salas Operacionais e Salas Técnicas, bem como os reservatórios de água projetados para uso em combate a incêndio; O reservatório elevado de água de combate a incêndio tem capacidade para 13,00 metros cúbicos. O sistema de ventilação da Estação Parangaba, será natural, uma vez que ela é elevada, possuindo assim uma ventilação cruzada natural. Como regra geral foram previstos 7 centímetros sobre o piso bruto, para acabamento de piso. Os degraus das escadas fixas foram projetados de acordo com a norma e atende também as normas NBR 9050/2004 e NBR 14021/2005. As aberturas para a instalação das escadas fixas levaram em conta a largura total de 3,00 metros cada. As laterais dessas escadas serão de vidro; os peitoris da estação, sempre que possível e adequado, serão também fechados com vidro, em vez de concreto. Os portões de fechamento da estação, nos acessos Norte e Sul, são de alumínio, no padrão normalmente adotado pelo Metrofor, sendo feito por portas de enrolar. [6]

Referências

  1. «Historia da estação Parangaba». Consultado em 27 de Julho de 2015 
  2. «Inicio da fase comercial da linha Sul». Consultado em 29 de setembro de 2014 
  3. «No Ceará, VLT sai do papel e vai atender 22 bairros - Blog de Jamildo». Blog de Jamildo. 25 de julho de 2017 
  4. «Características Gerais da estação Parangaba» (PDF). Consultado em 20 de Outubro de 2015 
  5. «Acessos a estação Parangaba» (PDF). Consultado em 20 de Outubro de 2015 
  6. «Dados Técnicos da estação Parangaba» (PDF). Consultado em 20 de Outubro de 2015