Darlington (estação ferroviária)

(Redirecionado de Estação de Darlington)

Darlington é uma estação ferroviária da East Coast Main Line, servindo a cidade de Darlington, Condado de Durham, Inglaterra. Está localizada 232 milhas (370 km) ao norte de London King's Cross e situada entre as estações Northallerton, ao sul, e Durham, ao norte. Seu código ferroviário é DAR.

Darlington
Darlington (estação ferroviária)
Trem chegando à Estação Ferroviária de Darlington
Proprietário Network Rail
Administração London North Eastern Railway
Sigla DAR
Plataformas 4
Movimento em 2016-17

Integração

2017-18

Integração

2018-19

Integração

2019-20

Integração

2020-21

Integração

Aumento 2,270 milhões

Aumento 0,403 mi

Aumento 2,325 milhões

Baixa 0,402 mi

Aumento 2,394 milhões

Aumento 0,406 mi

Baixa 2,388 milhões

Aumento 0,471 mi

Baixa 0,538 milhões

Baixa 86,795
Informações históricas
Inauguração 6 de julho de 1977 (46 anos)
Localização
Coordenadas 54° 31′ 15″ N, 1° 32′ 48″ O
Endereço Darlington DL1 4AA, Reino Unido
Município Darlington, Condado de Durham
País Inglaterra
Designações

É uma parada importante para os serviços da East Coast Main Line, com trens operados pela London North Eastern Railway, CrossCountry e TransPennine Express, e é local de integração para os serviços da Northern para Bishop Auckland, Middlesbrough e Saltburn.

Darlington é o local da primeira ferrovia a vapor comercial, a Stockton and Darlington Railway. O edifício da estação é uma estrutura vitoriana tombada pelo Patrimônio Histórico Inglês[1] e vencedora do prêmio "Large Station of the Year" em 2005.[2]

História

editar

A primeira ferrovia a passar pela área agora ocupada pela estação foi construída pela Stockton and Darlington Railway, que abriu seu ramal mineral de Albert Hill Junction em sua linha principal para Croft-on-Tees em 27 de outubro de 1829. Este ramal foi posteriormente comprado pela Great North of England Railway para incorporá-la em sua nova linha principal de York, que chegou à cidade em 30 de março de 1841. Uma empresa separada, a Newcastle & Darlington Junction Railway, continuou a nova linha principal para o norte em direção a Ferryhill e Newcastle, abrindo sua rota três anos depois, em 19 de junho de 1844.[3] Ela cruzou o S&D em Parkgate Junction por meio de uma passagem plana que, nos anos seguintes, se tornaria uma espécie de dor de cabeça operacional para a North Eastern Railway e a London North Eastern Railway. A estação original de Bank Top, onde as duas rotas se encontravam, era um empreendimento modesto, que foi reconstruído em 1860 para acomodar os níveis crescentes de tráfego na linha principal. Em meados da década de 1880, mesmo essa estrutura de substituição foi considerada inadequada e, portanto, a North Eastern embarcou em uma grande atualização das instalações na área. Isso incluiu uma nova estação ornamentada com um impressionante telhado de três vãos em Bank Top, novos desvios e linhas de mercadorias ao lado, e uma nova linha de conexão do extremo sul da estação (Polam Junction) para atender a linha original da S&D em direção a Middlesbrough em Oak Tree Junction, perto de Dinsdale. Essas melhorias foram concluídas em 1º de julho de 1887, quando a antiga rota oeste de Oak Tree foi fechada para passageiros (embora tenha permanecido em uso para cargas até 1967).

 
Locomotiva modelo 60129 Guy Mannering chegando à Darlington em 1961

A nova estação, com sua ampla plataforma de ilha, foi projetada por Thomas Elliot Harrison, engenheiro-chefe, e William Bell, arquiteto da North Eastern Railway.[4] Sua construção teve um custo estimado de £81.000 (equivalente, em 2021, a £9.58 milhões).[5] Logo se tornou um cruzamento movimentado na principal rota da Costa Leste da Inglaterra, graças às suas ligações ferroviárias para Richmond (inaugurado em 1846), Barnard Castle e Penrith (1862/65), e a Tees Valley Line para Bishop Auckland (1842) e Saltburn (1861).

 
Movimentação de trens de carga em Darlington em 1961

As linhas para Penrith (fechadas em 1962), Barnard Castle (1964)[6] e Richmond (1969) já desapareceram (juntamente com as baías no extremo norte da estação, agora usadas para estacionamento de carros). Já a linha principal (eletrificada em 1991) e a rota de Tees Valley continuam ocupadas. Também é possível viajar para Catterick Garrison e Richmond a partir daqui, por meio de ônibus operados pela Arriva North East (que possuem acordos de emissão de bilhetes da National Rail). A mesma empresa também operou o serviço de ônibus Sky Express para o Aeroporto Internacional de Teesside (antigo Aeroporto de Durham - Tees Valley) a partir da estação, mas este foi retirado em janeiro de 2009 devido ao declínio da demanda.[7]

Mestres da estação

editar

Acidentes and incidentes

editar
  • Em 16 de Novembro de 1910, um trem expresso de carga ultrapassou os sinais e se envolveu em uma colisão traseira com outro trem de carga.[17]
  • Em 27 de Junho de 1928, um trem de encomendas e um trem de excursão se envolveram em uma colisão frontal. Vinte e cinco pessoas morreram e 45 ficaram feridas.[18]
  • Em 11 de Dezembro de 1968, um trem expresso de Newcastle para London Kings Cross descarrilou no extremo sul da estação depois de passar um sinal de perigo. Ninguém foi ferido.[19]
  • Em 16 de Fevereiro de 1977, um trem expresso de passageiros rebocado por uma locomotiva modelo British Rail Class 55 colidiu com um trem vazio após não conseguir parar em Darlington. O guarda do expresso ficou levemente ferido. O acidente foi causado por uma falha nos freios dos vagões, que ficaram isolados enquanto o trem estava se movendo. O trem colidiu com um objeto nos trilhos, o que fez com que a tampa do motor de tração se soltasse. Este atingiu a manivela da torneira de isolação do freio, fechando-a e, assim, separando os freios entre a locomotiva e o trem. Após a colisão, o trem foi desviado para a Tees Valley Line, onde foi interrompido pela operação do cabo de comunicação em um dos vagões.[20]
  • Em 3 de Outubro de 2009, uma unidade British Rail Class 142, operada pela Northern Rail, atingiu a extremidade traseira de um serviço de partida da National Express East Coast. Três passageiros do trem da Northern Rail foram levados ao hospital com ferimentos leves.[21][22]

Instalações

editar
 
Plataformas 1 e 2

A estação está totalmente equipada; a bilheteria está aberta durante toda a semana (06:00-20:00/21:00 durante a semana, 06:30-19:45 aos sábados e 07:45-20:00 aos domingos). Há uma sala de espera e um lounge de primeira classe na plataforma, com o lounge aberto todos os dias das 06:00 às 20:00 (exceto aos domingos, quando abre às 08:00). Máquinas de autoatendimento também estão disponíveis para uso fora do horário de funcionamento do escritório de reservas e para retirada de bilhetes pré-pagos. Vários pontos comerciais estão localizados nos edifícios principais, incluindo um café, mercearias e quiosques. Máquinas de venda automática, banheiros, cabine de fotos, telefone público e caixas eletrônicos também são fornecidos. As informações sobre o funcionamento dos trens são ofertadas por meio de displays digitais, anúncios e cartazes de horários.[23]

Serviços

editar
 London North Eastern Railway 
 
Glasgow Central  
 
Motherwell
   
Inverness
   
Aviemore
   
Kingussie
   
Pitlochry
   
Perth
   
Gleneagles
   
Stirling
   
Falkirk Grahamston
     
Aberdeen
     
Stonehaven
     
Montrose
     
Arbroath
     
Dundee
     
Leuchars
     
Kirkcaldy
     
Inverkeithing
     
 
Haymarket  
 
Edinburgh Waverley  
 
Dunbar
 
Reston
 
Berwick-upon-Tweed
 
Alnmouth
 
Morpeth
   
Sunderland  
   
 
Newcastle Central  
 
Durham
 
Darlington
   
Middlesbrough
   
Thornaby
   
 
Northallerton
 
York
   
Skipton
   
Keighley
     
Bradford Forster Square
     
   
Shipley
     
Hull Paragon
     
Brough
       
Selby
       
Harrogate
       
Horsforth
       
     
Leeds
     
Wakefield Westgate
     
 
Doncaster
 
Retford
   
Lincoln
   
 
Newark North Gate
 
Grantham
 
Peterborough
 
Stevenage
 
London King's Cross  
Ficheiro:BSicon LEGENDA:.svg
Integração com o Metro de Glasgow
Integração com o sistema de bondes de Edimburgo
Integração com o Metrô de Newcastle
Integração com o Metrô de Londres


East Coast Main Line - Rota 2
 
Newcastle Central        
 
Heworth      
 
Sunderland    
 
Seaham    
 
Horden      
 
Hartlepool    
 
Seaton Carew    
 
Billingham  
 
Stockton  
 
Thornaby    
 
Middlesbrough      
Ficheiro:BSicon LEGENDA:.svg
Integração com o Metrô de Newcastle
Assessível para pessoas com necessidades especiais
Estacionamento
Bicicletário
A maioria dos serviços estende-se de/para
Hexham ou Nunthorpe.


East Coast Main Line - Rota 3
 
Bishop Auckland    
 
Shildon    
 
Newton Aycliffe    
 
Heighington  
 
North Road  
 
Darlington      
 
Dinsdale
 
Aeroporto Int. de Teesside  
 
Allens West  
 
Eaglescliffe    
 
Thornaby    
 
Middlesbrough      
 
South Bank  
 
Redcar Central      
 
Redcar East  
 
Longbeck  
 
Marske  
 
Saltburn  
Ficheiro:BSicon LEGENDA:.svg
Ferrovia histórica
Assessível para pessoas com necessidades especiais
Estacionamento
Bicicletário
Aeroporto

Darlington é bem servida por trens da East Coast Main Line, com serviços regulares no sentido sul para London King's Cross, em Londres, via York, e no sentido norte para as estações Newcastle Central e Edinburgh Waverley, operadas pela London North Eastern Railway. Dois trens por hora correm rumo ao sul, para a capital inglesa, e rumo ao norte, para a cidade de Newcastle, durante a maior parte do dia, com serviços de hora em hora para Edimburgo, na Escócia. Existem também vários serviços diários para Aberdeen, e também serviços diários diretos para Stirling (dois) e Inverness (um), estas três também cidades escocesas.[24] Devido à introdução dos novos horários da East Coast Main Line em 22 de maio de 2011, a London North Eastern agora oferece apenas um serviço direto diário entre as estações London King's Cross e Glasgow Central, com escala em Darlington. O serviço no sentido norte, para Glasgow, sai de Darlington às 18h09, e o serviço para o sul, vindo da capital da Escócia, chega a Darlington às 10h.

Os serviços da CrossCountry entre Edinburgh Waverley, Newcastle Central e Sheffield, Birmingham New Street e além (Reading e Southampton Central, e para Bristol Temple Meads, Exeter St Davids, Plymouth e Penzance) também fazem parada em Darlington duas vezes por hora. Certos trens da CrossCountry se estendem além de Edimburgo, para Glasgow Central, Dundee ou Aberdeen.

A TransPennine Express opera dois trens por hora em cada direção. Para o Norte, um serviço vai para Newcastle com um segundo estendendo-se para Edinburgh Waverley. No sentido Sul, um serviço vai para Liverpool Lime Street via York, Leeds, Huddersfield, Manchester Victoria e Newton-le-Willows, e um segundo para o Aeroporto de Manchester (Estação Manchester Airport) via Ordsall Chord. Há também um serviço de trem de manhã cedo para Redcar Central via Middlesbrough.[25]

A Northern opera seus trens da Tees Valley Line duas vezes por hora para Middlesbrough, Redcar Central e Saltburn (de hora em hora aos domingos), enquanto a filial de Bishop Auckland tem um serviço a cada hora (inclusive aos domingos).[26] A empresa também opera dois trens diretos aos domingos de/para Stockton e Hartlepool.

Plataformas

editar

A estação ferroviária de Darlington possui cinco plataformas principais:

  • Plataformas 2 e 3: Essas plataformas são baías voltadas para o sul usadas exclusivamente pelos serviços da Northern que terminam em Darlington, vindos de Saltburn e Middlesbrough. A plataforma 2 é usada com mais frequência. Os trens da TransPennine Express também terminam nas Plataformas 2 e 3 quando há atrasos para permitir que eles executem seus serviços no sentido sul no tempo;
  • Plataforma 4: Esta é a principal plataforma no sentido norte, com (em ordem de frequência) serviços da London North Eastern Railway para Newcastle Central, Edinburgh Waverley e Glasgow Central, serviços da CrossCountry também para Newcastle, Edimburgo e Glasgow, serviços da TransPennine Express para Newcastle e serviços da Northern para Bishop Auckland;
  • Plataforma 4a: Esta é uma extensão sul da plataforma 4 que atende aos trens que esperam em Darlington, de modo que eles possam ser contornados por trens que param na plataforma 4. É a única plataforma que não está sob o teto da estação. É usado predominantemente pelos serviços da Northern para Bishop Auckland. Desde a introdução das locomotivas Classe 802, a TransPennine Express usa a Plataforma 4a caso necessite terminar mais cedo enquanto estiver usando um desses trens, pois as Plataformas 2 e 3 não estão eletrificadas.

Futuro

editar

Como parte da Metro de Tees Valley, duas novas plataformas deveriam ser construídas na extremidade leste da estação principal. Haveria um total de quatro trens por hora, para Middlesbrough e Saltburn pela Tees Valley Line, e os trens não precisariam cruzar a East Coast Main Line quando as novas plataformas fossem construídas. O projeto do Tees Valley Metro foi, no entanto, cancelado.

Os serviços na filial de Bishop Auckland também devem ser melhorados a cada hora ao longo do dia, como parte da franquia Northern (concedida à Arriva Rail North em dezembro de 2015) a partir da mudança de horário de dezembro de 2017.[27]

Alta Velocidade 2 (HS2)

editar

O novo projeto ferroviário de alta velocidade no Reino Unido, batizado High Speed 2, está planejado para passar por Darlington assim que a Fase 2b (HS2 Phase 2b) estiver concluída, e funcionará na East Coast Main Line à partir de York e Newcastle. A estação de Darlington terá duas novas plataformas construídas para os trens HS2 na Linha Principal, já que a estação é construída ao lado da ECML para permitir a passagem de serviços de carga.

O HS2 Phase 2b[28] está programado para começar a ser executado no final de 2033.

Referências

  1. Historic England. «Bank Top Railway Station (Main Building) (1310079)». National Heritage List for England 
  2. «It's a hat-trick for award-winning GNER». Great North Eastern Railway. 2 de Setembro de 2005 
  3. Body, p.56
  4. «Darlington New Railway Station». Leeds Mercury. England. 1 de Julho de 1887 – via British Newspaper Archive 
  5. Body, p.60
  6. Body, p.58
  7. Tees Valley Airport - Airport Bus Service Comes to An End Arquivado em 2011-07-21 no Wayback Machine Tees Valley Airport Media Centre
  8. «Presentation». York Herald. England. 5 de Janeiro de 1867 – via British Newspaper Archive 
  9. «Death of Mr. Wood Stationmaster Darlington». Northern Echo. England. 7 de Junho de 1873 – via British Newspaper Archive 
  10. «The Darlington Station Master». Northern Echo. England. 19 de Fevereiro de 1900 – via British Newspaper Archive 
  11. «Mr. T.W. Smith». Yorkshire Evening Post. England. 5 de Fevereiro de 1902 – via British Newspaper Archive 
  12. «Mr. G. Stephenson». Leeds Mercury. England. 22 de Fevereiro de 1902 – via British Newspaper Archive 
  13. «The New Stationmaster at Darlington». Yorkshire Post and Leeds Intelligencer. England. 19 de Abril de 1902 – via British Newspaper Archive 
  14. «Darlington Loses Stationmaster». Newcastle Journal. England. 18 de Dezembro de 1941 – via British Newspaper Archive 
  15. «Wearside Echoes». Sunderland Daily Echo and Shipping Gazette. England. 21 de Fevereiro de 1942 – via British Newspaper Archive 
  16. «For Darlington». Berwickshire News and General Advertiser. England. 6 de Março de 1956 – via British Newspaper Archive 
  17. Hoole (1982), pp16-17.
  18. Hoole (1982), p27.
  19. "Accident at Darlington on 11th December 1968" Railways Archive
  20. «Report on the collision that occurred on 16th February 1977 at Darlington in the Eastern Region of British Railways» (PDF). Department of Transport. 13 de Julho de 1978 
  21. Trains collide at rail platform; BBC News website Retrieved 9 October 2009
  22. «Report 10/2010 Collision at Exeter St Davids station 4 January 2010» (PDF). Rail Accidents Investigation Branch. para. 70 
  23. Darlington station facilities National Rail Enquiries
  24. GB National Rail Timetable May 2018 Edition, Table 26
  25. «Timetables | Download timetables | First TransPennine Express». www.tpexpress.co.uk 
  26. «Timetables | Download timetables 44 | National Rail» 
  27. Northern Franchise Improvements - DfT Arquivado em 2019-07-24 no Wayback Machine
  28. «Archived copy». Cópia arquivada em 8 de Setembro de 2018 

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Darlington (estação ferroviária)