As estacas são elementos estruturais de fundação profunda que são executadas inteiramente por equipamentos ou ferramentas. Podem ser classificadas como “estacas escavadas” e “estacas cravadas”. Das estacas escavadas, ainda podemos agrupá-las em: estacas escavadas[1] com o emprego de broca, ou, através do apiloamento do solo. [2]

Fundação profundaEditar

Fundações profundas são elementos estruturais de fundação que usam a atrito lateral gerado entre a estaca e o solo para transferir as cargas provenientes da edificação para o solo.[3] Algumas literaturas consideram a resistência de ponta, mas na pratica esta resistência é desprezada. [4]

Estacas escavadasEditar

Estacas escavadas por brocaEditar

A NBR – 6122/96[5] define estaca tipo broca como sendo um tipo de fundação profunda executada por perfuração com trado e posterior concretagem, sendo executadas com trado manual ou mecânico, sem uso de revestimento.

Estacas escavadas por apiloamento do soloEditar

Tipo de fundação profunda[6] executada por perfuração com o emprego de soquete. Para a NBR 6122/96, este tipo de estaca é tratado também como estaca tipo broca. Sua perfuração é feita através da queda livre da piteira, na maioria dos casos com a utilização de água. A piteira em queda intermitente perfura o solo abrindo assim o fuste para posterior concretagem.

Estaca Hélice ContínuaEditar

Tipo de fundação profunda[6] executada com equipamento de trado helicoidal contínuo que possibilita a perfuração do terreno, realizando a concretagem da estaca simultaneamente à retirada do solo por meio da injeção de concreto através de uma haste central. A estaca tipo hélice contínua se caracteriza por ser moldada in loco e por ter a armadura colocada somente após o lançamento do concreto. Elas são monitoradas por equipamentos eletrônicos garantindo maior controle na execução e na segurança dos elementos da fundação.[7]

Estacas cravadasEditar

As estacas cravadas (ou estacas pré-moldadas) caracterizam-se por sua introdução no solo através de processos que não promovam a retirada de solo, elas podem ser cravadas por percussão, prensagem ou vibração. Existem diversos tipos de estacas cravadas, de diversos materiais, elas podem ser de madeira, aço, concreto-armado, ou de material misto.

Referências

  1. «Estaca escavada mecanicamente». VWF Fundações 
  2. ESTACAS DE CONCRETO, S. B. Veliovich, L. G. Marcondes Campos, A. Botelho - Trabalho acadêmico, curso de Engenharia Civil, Universidade de Taubaté, 2015.
  3. Web, Engenheiro na (24 de junho de 2016). «Você sabe o que é fundação? E para que serve?». Engenheiro na Web. Consultado em 26 de setembro de 2020 
  4. Cintra, José Carlos A., Fundações por estacas: projeto geotécnico / José Carlos A. Cintra, Nelson Aoki. -- São Paulo: Oficina de textos, 2010.
  5. ABNT NBR 6122/96: Projeto e execução de fundações.
  6. a b «Estaca Escavada». VWF Fundações 
  7. Web, Engenheiro na (20 de setembro de 2020). «Estaca Hélice Contínua: Tudo que você precisa saber». Engenheiro na Web. Consultado em 26 de setembro de 2020 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.