Abrir menu principal

Estados Unidos da África

Estados Unidos da África é um conceito proposto para uma federação de alguns ou de todos os 55 estados soberanos do continente africano. O conceito tem sua origem no poema de Marcus Garvey Hail, United States of Africa de 1924.[1][2][3]

OrigensEditar

A ideia de um Estado africano multinacional unificado tem sido comparada a vários impérios medievais africanos, incluindo o Império Etíope, o Império do Gana, o Império do Mali, o Império Songhai, o Império do Benim, o Império de Kanem e outros estados-nação históricos.[4] Durante o final do século XIX e início do século XX, a maioria das terras africanas era controlada por vários impérios europeus, com os britânicos controlando cerca de 30% da população africana em seu auge.[5]

O termo "Estados Unidos da África" foi mencionado primeiro por Marcus Garvey em seu poema Hail, United States of Africa [1] em 1924.

Propostas em 2009–2011Editar

 
Muammar al-Gaddafi em 2003, um notório defensor do conceito.

Em fevereiro de 2009, após ser eleito presidente da União Africana na Etiópia, Gaddafi declarou aos líderes africanos reunidos: "Vou continuar insistindo que nossos países soberanos trabalhem para alcançar os Estados Unidos da África." [6] A BBC informou que Gaddafi havia proposto "uma única força militar africana, uma moeda única e um passaporte único para os africanos movimentarem-se livremente pelo continente". Outros líderes africanos afirmaram que estudariam as implicações da proposta e a rediscutiriam em maio de 2009.[7]

O foco para o desenvolvimento dos Estados Unidos da África tem sido a construção de subdivisões da África - a proposta para uma Federação da África Oriental pode ser vista como um exemplo disso. O ex-presidente do Senegal Abdoulaye Wade indicou que os Estados Unidos da África poderiam existir a partir de 2017.[8] A União Africana, em contraste, estabeleceu a tarefa de construir uma África "unida e integrada" até 2025.[9] Gaddafi também indicou que a federação proposta poderia se estender até o oeste do Caribe: Haiti, Jamaica, República Dominicana e outras ilhas com uma grande diáspora africana puderiam ser convidadas a participar.[10]

Gaddafi também recebeu críticas por seu envolvimento no movimento e a falta de apoio para a ideia entre outros líderes africanos.[11] Uma semana antes da morte de Gaddafi durante a Guerra Civil Líbia de 2011, o presidente da África do Sul Jacob Zuma expressou alívio com a queda do regime, reclamando que Gaddafi estava "intimidando" muitos chefes de estado e de governo africanos em um esforço para ganhar influência em todo o continente e sugerindo que a União Africana funcionará melhor sem Gaddafi e suas repetidas propostas para um governo africano unitário.[12]

Após a morte de GaddafiEditar

Gaddafi foi morto durante a Batalha de Sirte em outubro de 2011. Enquanto alguns consideraram que o projeto morreu com ele, Robert Mugabe manifestou interesse em reviver o projeto.[13] Entretanto, na sequência do golpe de Estado no Zimbabwe em 2017, Mugabe renunciou ao cargo de Presidente.[14]

Referências

  1. a b «Hail! United States Of Africa Poem by Marcus Mosiah Garvey - Poem Hunter» 
  2. «Ambitious plan for a new Africa: Welcome to the U.S.A (that's the United States of Africa)». The Independent. 30 de Junho de 2007 
  3. Thabo Mbeki (9 de Julho de 2002). «Launch of the African Union, 9 July 2002: Address by the chairperson of the AU, President Thabo Mbeki». ABSA Stadium, Durban, South Africa: africa-union.org. Arquivado do original em 22 de Julho de 2013 
  4. Would a United States of Africa work?, from Le Monde diplomatique (English edition), September 2000
  5. «BBC - History - British History in depth: Slavery and the 'Scramble for Africa'» 
  6. «Gaddafi vows to push Africa unity». BBC. 2 de fevereiro de 2009 
  7. AU summit extended amid divisions, BBC News, 4 de fevereiro de 2009
  8. «African Union & African Diaspora Leaders in Harlem: Pres Wade call for United States of Africa, 2017». TheBlackList Pub. 25 de setembro de 2011 
  9. United States of Africa - A Wishful Thinking, from AfricaLoft, 4 de fevereiro de 2009
  10. United States of Africa may take off in 2017, says Wade, from Guardian Newspapers, 13 de fevereiro de 2009
  11. Gadhafi pledges 'United States of Africa', from msnbc, 2 de fevereiro de 2009
  12. «AU better without 'intimidating' Gaddafi - Zuma». News24. 13 de outubro de 2011 
  13. Smith, David (21 de janeiro de 2013). «Mugabe revives Gaddafi's United States of Africa dream» 
  14. «Zimbabwe's President Mugabe 'resigns'» (em inglês). BBC News. 21 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de Novembro de 2017