Abrir menu principal

Fudbalski Klub Crvena Zvezda

Clube de futebol sérvio
(Redirecionado de Estrela Vermelha de Belgrado)

O FK Estrela Vermelha de Belgrado (Nome Oficial: Фудбалски клуб Црвена звезда ou Fudbalski Klub Crvena zvezda) é um dos clubes de futebol mais populares da República da Sérvia.

Estrela Vermelha
Logo FC Red Star Belgrade.svg
Nome Fudbalski Klub Crvena Zvezda
Alcunhas Делије (Os imbatíveis)
Principal rival Partizan
Fundação 4 de março de 1945 (74 anos)
Estádio Rajko Mitić
Capacidade 55.538 lugares
Localização Belgrado, Sérvia
Presidente Svetozar Mijailović
Treinador Vladan Milojević
Patrocinador Gazprom
Material (d)esportivo Macron
Competição Serbian SuperLiga

UEFA Champions League
Copa da Sérvia

Website www.crvenazvezdafk.com
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O uniforme titular da equipe é composto por camiseta com listras verticais vermelhas e brancas, com calção e meias vermelhas.

HistóriaEditar

Foi o último campeão do Campeonato Iugoslavo de Futebol, antes da dissolução do país (temporada 1990/91), assim como o primeiro campeão do campeonato na nova Iugoslávia (1991/92). Anos depois, foi também o último campeão do Campeonato Servio-Montenegrino antes da separação das Repúblicas (temporada 2005/06) - ano em que fez a dobradinha vencendo a Copa da Sérvia e Montenegro - e o primeiro campeão do recém-criado Campeonato Sérvio (2006/07), fazendo outra dobradinha, conquistando também a Copa da Sérvia.

Seu período áureo foi em 1991, ano em que conquistou tanto o Campeonato Iugoslavo quanto a Liga dos Campeões da UEFA[1] e a Taça Intercontinental.[2] A equipe era a base da seleção de seu país, considerada a melhor de sua história.

A final europeia foi conquistada em Bari, na Itália, no dia 29 de maio de 1991. O adversário foi o temível Olympique de Marselha. O herói da partida foi o goleiro Stojanovic, que segurou o placar de 0 a 0 nos 120 minutos e garantiu a vitória nos pênaltis. Esta vitória classificou o time para a final do Copa Intercontinetal em Tóquio, no dia 8 de dezembro, contra o Colo Colo do Chile. E a vitória veio mesmo com 10 homens em campo (o capitão e principal jogador, Dejan Savićević, recebeu cartão vermelho nos primeiros segundos de jogo), com um placar de 3 a 0. Dois gols foram marcados por Vladimir Jugović. Além dos citados, o time contava na época com jogadores como Siniša Mihajlović, Darko Pančev e Robert Prosinečki, além do técnico Ljupko Petrović.[3]

Antes, já havia conquistado dois torneios a nível europeu, a Mitropa Cup, precursora da Copa dos Campeões da Europa, mas depois de seu período áureo, quando já existia a Copa dos Campeões da Europa como principal competição europeia. Em 1958 venceu o torneio em sua versão não-oficial (chamada Donau Cup), e em 1968 foi campeão do torneio pela última vez (única em versão oficial), vencendo na final o Spartak Trnava da Tchecoslováquia, que havia eliminado a Roma.

O seu maior rival é o Partizan, também da cidade de Belgrado. O jogo entre as duas equipes é chamado de O Eterno Clássico (вечити дерби).

TítulosEditar

Mundiais
Competição Títulos Temporadas
   Copa Intercontinental 1 1991  
Continentais
Competição Títulos Temporadas
  UEFA Champions League 1 1991  
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Sérvio 15 1967-68, 1972-73, 1978-79, 1989-90, 1990-91, 1994-95, 1998-99, 2005-06, 2008-09, 2009-10, 2010-11, 2015-16, 2016-17, 2017-18, 2018-19
Copa Da Sérvia 8 1977, 1978, 1979, 1987, 1989, 1991, 2006, 2014
Outros
Copa Mitropa 4 1956, 1957, 1958, 1959

Obs.: A partir de 1992, o campeonato nacional foi jogado com a Iugoslávia "dividida" (já sem os clubes de Croácia, Bósnia e Herzegovina, Eslovênia e Macedônia do Norte), e de 2003 até 2006 o país passou a se chamar Sérvia e Montenegro, e, então no ano de 2006 foi realizado um plebiscito, separando as duas repúblicas, e a equipe passou a integrar o Campeonato Sérvio de Futebol.

  Campeão Invicto

Elenco atualEditar

Atualizado em 15 de abril de 2019.

Legenda
  •  : Capitão


Goleiros
N.º Jogador
82   Milan Borjan
1   Zoran Popovic
27   Nemanja Supic
'   Milo Gordic
Defensores
N.º Jogador Pos.
2   Milan Gajic Z
5   Milos Degenek Z
23   Srdan Babic Z
34   Stefan Hajdin Z
37   Rashid Sumaila Z
90   Vujadin Savic Z
19   Nemanja Milunovic LD
77   Marko Gobeljic LD
23   Milan Rodic LE
30   Filip Stojkovic LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
3   Branko Jovicic V
7   Milos Vulic V
22   Nenad Milijas   V
11   Lorenzo Ebecilio V
10   Marko Marin M
29   Duan Jovancic M
8   Mirko Ivanic M
21   Veljko Simic M
20   Goran Causic M
33   Milan Jevtovic M
36   Erik Jirka M
Atacantes
N.º Jogador
99   Richmond Boakye
31   El Fardou Ben Nabouhane
9   Milan Pavkov
28   Dejan Joveljic
92   Aleksa Vukanovic
Comissão técnica
Nome Pos.
  Vladan Milojevic T

Futebolistas famososEditar

UniformesEditar

Uniformes dos jogadoresEditar

     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme
     
 
 
Terceiro Uniforme
     
 
 
Primeiro Uniforme - Combinação
     
 
 
Primeiro Uniforme UEFA
     
 
 
Segundo Uniforme UEFA

Uniformes anterioresEditar

  • 2014-15
     
 
 
Primeiro Uniforme
     
 
 
Segundo Uniforme
     
 
 
Terceiro Uniforme
  • 2013-14
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2012-13
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2010-12
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2009-10
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Há 25 anos, Estrela Vermelha conquistava a Champions em meio a um cenário bélico». Trivela. 29 de maio de 2016. Consultado em 4 de setembro de 2019 
  2. «Esquadrão Imortal – Estrela Vermelha 1990-1991». Imortais do Futebol. 25 de setembro de 2012. Consultado em 4 de setembro de 2019 
  3. «Estrela Vermelha campeão da Copa Intercontinental de 1991». ocuriosodofutebol.com. Consultado em 4 de setembro de 2019