Abrir menu principal
Brasão de armas italiano para o Imperador da Etiópia

A Etiópia foi ocupada pela Itália em 1936 e se tornou parte de uma colônia italiana, a África Oriental Italiana, com seu antigo território sendo fundido ao de colônias anteriores e dividido em seis governatoratos. A Etiópia Italiana foi proclamada em 1936 durante a Segunda Guerra Ítalo-Etíope, na qual Vítor Emanuel III se declarou Imperador da Etiópia. A ocupação durou até o fim de 1941 quando a colônia foi liberada do controle italiano por uma combinação de etíopes, forças britânicas e da Commonwealth, da França Livre e Bélgica Livre; A resistência italiana teve fim com a Batalha de Gondar, embora alguns italianos tenham continuado combatendo em guerrilhas.[1]

A moeda circulante nesse período foi a lira da África Oriental Italiana.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Jowett (2001) p.7
  2. «Bank of Italy». Consultado em 15 de abril de 2019. Arquivado do original em 27 de março de 2012 
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.