Abrir menu principal

Eu Sou Mais Eu

Filme dirigido por Pedro Amorim
Eu Sou Mais Eu
 Brasil
2019 •  cor •  98 min 
Direção Pedro Amorim
Produção Lara Guaranys
Produção executiva Mauro Pizzo
Roteiro Angélica Lopes
L.G Bayão
Elenco Kéfera Buchmann
João Côrtes
Giovanna Lancelotti
Gênero comédia romântica
Figurino Diogo Costa
Edição Gustavo Vasconcelos
Companhia(s) produtora(s) Damasco Filmes
Universal Pictures
Distribuição Imagem Filmes
Lançamento 24 de janeiro de 2019[1]
Idioma português
Orçamento R$ 8 milhões
Site oficial

Eu Sou Mais Eu é um filme brasileiro do gênero comédia. Foi dirigido por Pedro Amorim, com produção feita por Lara Guaranys, com roteiro de Angélica Lopes e L.G Bayão e estrelado por Kéfera Buchmann.[2]

O lançamento ocorreu nos cinemas de todo o Brasil em 24 de janeiro de 2019.[1][3]

Índice

SinopseEditar

Camila Mendes (Kéfera Buchmann) é uma arrogante estrela da música pop, que só se importa com o lançamento da sua nova música "Eu Sou Mais Eu". Mas, misteriosamente, acorda em 2004, vê todo o sucesso que conquistou desaparecer. Agora ela vai precisar lidar novamente com os dramas da adolescência, o bullying da inimiga Drica (Giovanna Lancellotti), as provas e trabalhos da escola. Ela precisa convencer o seu melhor amigo, Cabeça (João Côrtes), que ela veio do futuro e que precisa da sua ajuda para voltar.

ElencoEditar

Recepção e BilheteriaEditar

A grande maioria das críticas foram negativas por parte da mídia especializada.[5][6][7]

Apesar da grande divulgação de Kéfera, do elenco e de outras celebridades e influenciadores digitais, Eu Sou Mais Eu foi um fracasso comercial. Estreando em 516 salas e 442 cinemas em todo o país.[8] Na semana de estréia ficou em décimo lugar nas bilheterias nacionais, com pouco mais de 59 mil ingressos vendidos, faturando cerca de R$ 894 mil, pouco comparado ao orçamento de R$ 8 milhões.[9] Na semana seguinte estima-se que o número de salas de cinema que exibiam o filme caiu para 130 em todo o país. Até o dia 3 de fevereiro foram vendidos somente cerca de 117 mil ingressos.[10]

Referências

  1. a b «Kéfera retorna aos cinemas com "Eu Sou Mais Eu"». Diário Carioca. 17 de janeiro de 2019. Consultado em 18 de janeiro de 2019 
  2. «'Eu Sou Mais Eu' estreia nos cinemas com Kéfera: 'filme foi gatilho para eu mudar meu visual'». Site F5. 22 de janeiro de 2019. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  3. «Em 'Eu sou mais eu', Kéfera revive bullying e perseguição: 'Chorei várias vezes durante as filmagens'». G1. 24 de janeiro de 2019. Consultado em 24 de janeiro de 2019 
  4. «Kéfera Buchmann e Felipe Titto fazem casal no filme 'Eu sou mais eu'». Extra. 27 de dezembro de 2018. Consultado em 22 de janeiro de 2019 
  5. «Eu Sou Mais Eu | CinePOP Cinema». CinePOP. 24 de janeiro de 2019. Consultado em 9 de março de 2019 
  6. Crítica: 'Eu sou mais eu' - Jornal O Globo
  7. Filme com Kéfera investe contra o bullying, mas peca em originalidade
  8. editor. «Kéfera em Eu Sou Mais Eu | Diário Indústria & Comércio». Consultado em 10 de março de 2019 
  9. «'Eu Sou Mais Eu': Filme com a Kéfera fracassa nas bilheterias e abre na 10ª posição». CinePOP. 29 de janeiro de 2019. Consultado em 9 de março de 2019 
  10. AdoroCinema, Bilheterias de filme Eu Sou Mais Eu, consultado em 9 de março de 2019 

Ligações externasEditar