Abrir menu principal
Eudóxia de Barros
Nascimento 18 de setembro de 1937 (82 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação pianista
Página oficial
http://www.eudoxiadebarros.com.br

Eudóxia de Barros (São Paulo, 18 de setembro de 1937) é uma pianista brasileira, importante figura da música erudita do Brasil.[1]

BiografiaEditar

Estudou com Guilherme Fontainha, Magda Tagliaferro, Nellie Braga, Lina Pires de Campos e o compositor brasileiro Osvaldo Lacerda, com quem viria a se casar em 3 de setembro de 1982. O professor Osvaldo Lacerda faleceu em 18 de julho de 2011. Eudóxia de Barros aperfeiçoou-se na França, Estados Unidos e Alemanha. Venceu por unanimidade o concurso para solista da North Carolina Symphony, e foi solista da Cleveland Philharmonic Orchestra.

Apresentou-se nas principais capitais do mundo e inúmeras cidades de todo o Brasil.

Em 1979, publicou o livro Técnica Pianística.

Gravou 31 discos. Muito tem contribuído para divulgar a obra musical de seu marido, o falecido professor Osvaldo Lacerda. Recebeu o Prêmio Nacional da Música outorgado pela Funarte em 1995.[1]

Uma das obras preferidas de Barros é Grande Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro, de Louis Moreau Gottschalk.[1]

Em 2016, Rosângela Paciello Pupo lançou a biografia inacabada Valeu a Pena? - Conversando com Eudóxia de Barros.[2]

Ocupa a cadeira número 14 da Academia Brasileira de Música.[1]

Referências

  1. a b c d Barros, Eudóxia de. «Biografia». Site oficial da pianista. Consultado em 16 de abril de 2016 
  2. Valeu a Pena?

Ligações externasEditar