Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2010). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ewerton de Castro
Nome completo Ewerton Ribeiro de Castro
Nascimento 11 de dezembro de 1945 (73 anos)
São Paulo, SP
Ocupação
Atividade 1965–2010
Cônjuge Mayara de Castro (c. 1973–85)
Hânia Cecília Pilan (c. 1996)
Indicações
Prêmio Qualidade Brasil (2005)

Melhor ator coadjuvante por A Escrava Isaura

Ewerton de Castro (São Paulo, 11 de dezembro de 1945) é um ator e roteirista brasileiro. É pai da atriz Talita Castro, com a qual contracenou na telenovela Essas Mulheres, na Rede Record.[1]

Índice

CarreiraEditar

Ewerton iniciou a carreira no teatro e participou de mais de 25 filmes, além de inúmeros espetáculos teatrais, como ator e diretor, e telenovelas. Recebeu o prêmio de melhor ator coadjuvante, pelo papel de Mário, no filme Anjo Loiro, no Festival de Santos de 1973.[2] Em 2006, interpretou Martim Afonso de Sousa na Encenação da vila de São Vicente, realizado na praia da Biquinha em São Vicente (São Paulo).

Em 2010, após a minissérie A História de Ester, Ewerton decidiu se aposentar, permanecendo mais dois anos na emissora até o fim do contrato.[3] Em 2014, excepcionalmente, aceitou estrelar a peça O Amor Move o Sol e Outras Estrelas apenas em Cordeirópolis, interior de São Paulo, como despedida da carreira.[4]

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1967 Sítio do Picapau Amarelo Visconde de Sabugosa (versão da Rede Bandeirantes)
1972 A Revolta dos Anjos Raul
1973 Vidas Marcadas
1975 A Viagem Alexandre Veloso
Ovelha Negra Bentinho
1976 O Julgamento Zé Maria
Xeque Mate Carlinhos
1977 Éramos Seis Julinho
1983 Eu Prometo Roque
1985 Roque Santeiro Gerson do Vale
1987 O Outro Vidigal
1988 Vida Nova Mohamed
1989 Colônia Cecília José Gariga
Kananga do Japão Saraiva
1990 Araponga Jansen
Escrava Anastácia Padre
Pantanal Quim
Riacho Doce Silveira
1992 As Noivas de Copacabana Bacelar
De Corpo e Alma (telenovela) Antônio Guedes
1993 Fera Ferida Genival Gusmão
1995 Sangue do Meu Sangue Lourenço
1997 Os Ossos do Barão Luis Eulálio
2001 Os Maias Manuel Vilaça
2004 A Escrava Isaura Belchior
2005 Essas Mulheres Ministro Heródoto Duarte
2006 Bicho do Mato Túlio Nogueira Chaves
2008 Chamas da Vida Brito Pimenta (Seu Brito)
2010 A História de Ester Mordecai

CinemaEditar

Ano Título Personagem
1968 O Jeca e a Freira Cláudio
O Quarto
1970 As Gatinhas Bancário
As Armas
1971 Paixão na Praia Jairo
1973 Anjo Loiro Mário [2]
O Último Êxtase Jorge
A Noite do Desejo Pedro
As Delícias da Vida Adolfo
O Último Êxtase Amigo de Marcelo
1974 As Delícias da Vida Adolfo
O Poderoso Machão Horácio [5]
1975 Cada um Dá o que Tem Agostinho
1976 À Flor da Pele Toninho
A Noite das Fêmeas André
1977 Ninfas Diabólicas
1978 Adultério por Amor Gustavo
Na Violência do Sexo Bené
O Estripador de Mulheres Estripador
1980 Alguém Pascal
Os Rapazes da Difícil Vida Fácil João
1981 Sexo, Sua Única Arma Tiago
A Noite das Depravadas Caçador de Cachorros
1983 O Médium
1984 Patriamada
1987 Rádio Pirata Carlos
1989 Kuarup Lauro
1990 Uma Escola Atrapalhada Anselmo
1995 Nelson Homem
1998 Caminho dos Sonhos Padre Atanásio
2003 Maria, Mãe do Filho de Deus Joaquim
O Príncipe Marino Esteves

TeatroEditar

  • 1971 As Aventuras de Peer Gynt. Estreia no Teatro Itália (São Paulo), em abril de 1971, foi levada para o Teatro Municipal de Santo André (SP) em outubro de 1971. Uma produção de Antunes Filho Produções Artísticas, sob direção de Antunes Filho, que ganhou o Prêmio Molière com tal direção. No elenco, Stênio Garcia, Ariclê Perez, Jonas Bloch, Ciro Corrêa de Castro, Ewerton de Castro, Roberto Frota e Ricardo Blat.[6]

Referências

  1. IstoÉ Gente,
  2. a b Cinemateca Brasileira, Anjo Loiro [em linha]
  3. «Desempregado, aposentado e político: onde anda o elenco de Escrava Isaura». Notícias da TV - UOL. Consultado em 2 de abril de 2019 
  4. «Ewerton de Castro se despede dos palcos em Cordeirópolis». Jornal da Cidade. Consultado em 2 de abril de 2019 
  5. «O Poderoso Machão». Cinemateca Brasileira. Consultado em 11 de maio de 2019 
  6. SILVA, Jane Pessoa da. Ibsen no Brasil. Historiografia, Seleção de textos Críticos e Catálogo Bibliográfico. São Paulo: USP, 2007. Tese.

Referências bilbliográficasEditar

  • SILVA, Jane Pessoa da. Ibsen no Brasil. Historiografia, Seleção de textos Críticos e Catálogo Bibliográfico. São Paulo: USP, 2007. Tese.