Abrir menu principal
Osmanli-nisani.svg

A história das forças armadas do Império Otomano pode ser dividida em cinco períodos históricos. A era da fundação segue dos anos de 1300 (na expedição bizantina) a 1453 (queda de Constantinopla), a era clássica que vai de 1451 (entronamento do sultão Maomé) a 1606 (Paz de Zsitvatorok), o período de reforma de 1606 a 1826 (Vaka-i Hayriye), a era da modernização de 1826 a 1858 e o período de declínio de 1861 (entronamento do sultão Abdulazize) a 1918 (Armistício de Mudros).[1]

Ao longo dos anos receberam apoio por parte de países da Europa, como a Alemanha.[2]

No auge do seu poderio militar, durante a Primeira Guerra Mundial, chegou a ter quase 3 milhões de homens em suas fileiras.[2]

FotosEditar

Referências

  1. Mesut Uyar, Edward J. Erickson, A Military History of the Ottomans: From Osman to Atatürk, Pleager Security International, ISBN 978-0-275-98876-0, 2009.
  2. a b Tucker, Spencer C; Roberts, Priscilla Mary (2005), Encyclopedia of World War I, Santa Barbara: ABC-Clio, ISBN 1-85109-420-2, OCLC 61247250
  Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.