Abrir menu principal
Exit Records
Gravadora
Atividade Indústria fonográfica
Fundação 1982
Fundador(es) Mary Neely
Encerramento 1987
Sede Sacramento, Califórnia

Exit Records foi uma gravadora independente fundado em 1982 por Mary Neely,[1] uma veterana da indústria da música e uma anfitriã de vários programas de rádio de rock and roll nacionais, incluindo Rock Scope. A gravadora faliu em 1987.

Com sede em um grande edifício no lado leste de Sacramento, Neely montou a gravadora com a esperança de incentivar a arte e criatividade sobre o sucesso comercial.[carece de fontes?] A Exit começou com dois pequenos lançamentos, os The 77s e o Vector antes de assinar um importante acordo de produção e distribuição com a A&M Records e a Island Records. Era incluído no acordo com a "Bill Graham Productions".

ArtistasEditar

Editar

  • 1983: The 77s - Ping Pong over the Abyss (lançado com a A&M Records)
  • 1983: Steve Scott - Love in the Western World (lançado com a A&M Records)
  • 1983: Vector - Mannequin Virtue (lançado com a A&M Records)
  • 1983: Thomas Goodlunas and Panacea - Take Me Away (lançado com a A&M Records)
  • 1984: The 77s - All Fall Down (lançado com a A&M Records)
  • 1984: Charlie Peacock - Lie Down In The Grass (lançado com a A&M Records)
  • 1984: First Strike - Rock of Offense (lançado com a A&M Records)
  • 1985: Vector - Please Stand By (lançado com a A&M Records)
  • 1986: Charlie Peacock - Charlie Peacock (lançado com a Island Records)
  • 1987: The 77s - The 77s (lançado com a Island Records)
  • 1987: Robert Vaughn and the Shadows - Love and War (lançado com a Island Records)

ReferênciasEditar

  1. Kiefer, Christian (28 de outubro de 2004). «(News) Praise the Lord and pass the guitar picks». Sacramento News & Review. Consultado em 19 de maio de 2010 


  Este artigo sobre uma gravadora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.