Extraordinary Measures

filme de 2010 dirigido por Tom Vaughan

Extraordinary Measures (bra: Decisões Extremas[1]; prt: Medidas Extraordinárias[2]) é um filme de drama médico estrelado por Brendan Fraser, Harrison Ford e Keri Russell. Lançado em 22 de janeiro de 2010, foi o primeiro filme produzido pela CBS Films, a divisão cinematográfica da CBS Corporation.

Extraordinary Measures
No Brasil Decisões Extremas
Em Portugal Medidas Extraordinárias
 Estados Unidos
2010 •  cor •  106 min 
Direção Tom Vaughan
Roteiro Robert Nelson Jacobs
livro de Geeta Anand
Elenco Brendan Fraser
Harrison Ford
Keri Russell
Gênero drama médico
Distribuição CBS Films
Sony Pictures Home Entertainment
Lançamento Estados Unidos Canadá 22 de janeiro de 2010
 Reino Unido 26 de fevereiro de 2010
Peru 11 de março 2010
França 17 de março de 2010
Portugal 29 de abril de 2010
Argentina 23 de junho de 2010
Idioma inglês

O enredo do filme, que foi adaptado por Robert Nelson Jacobs do livro não-fictício "The Cure: How a Father Raised $100 Million—and Bucked the Medical Establishment—in a Quest to Save His Children" da jornalista Geeta Anand, ganhadora do prémio Pulitzer, conta a história de um casal que forma uma empresa de biotecnologia para desenvolver um medicamento para salvar a vida de dois de seus três filhos, que têm uma doença degenerativa conhecida como doença de Pompe. O filme é baseado na história verdadeira de John Crowley e sua esposa, Aileen Crowley, que possuem 3 filhos, 2 dos quais nasceram com a doença. O pesquisador, retratado no filme como Robert Stonehill e que descobriu a enzima para o tratamento da doença de Pompe, é baseado em William Canfield. John Crowley faz uma aparição como um capitalista de risco.

O filme foi filmado em St. Paul, Oregon; Portland, Oregon; Manzanita, Oregon; Beaverton, Oregon; e em Vancouver, Washington.

SinopseEditar

John Crowley (Brendan Fraser) - um executivo de publicidade - e sua esposa Aileen (Keri Russell), são um casal de Portland com dois de seus três filhos que sofrem da doença de Pompe, uma anomalia genética que normalmente mata a maioria das crianças antes do décimo aniversário. Na busca por salvar seus filhos doentes (o menino com 6 anos de idade, e a menina com 8), John entra em contato com Robert Stonehill (Harrison Ford), um pesquisador em Nebraska que fez pesquisas inovadoras em biotecnologia para um tratamento enzimático para a doença de Pompe. John e Aileen arrecadam dinheiro para ajudar a pesquisa de Stonehill e os ensaios clínicos necessários. John assume a tarefa em tempo integral para salvar a vida de seus filhos, lançando uma empresa de pesquisa em biotecnologia que trabalha com capitalistas de risco e, em seguida, equipes rivais de pesquisadores. Essa tarefa é muito assustadora para Stonehill, que já trabalha 24 horas por dia. Como o tempo está se esgotando, a explosão de raiva de Stonehill atrapalha a fé da empresa nele, e o lucro pode derrubar as esperanças de John. Os pesquisadores correm contra o tempo para salvar as crianças que têm a doença.

ElencoEditar

Recepção da críticaEditar

Extraordinary Measures tem recepção geralmente desfavorável por parte da crítica especializada. Com o tomatometer de 28% em base de 137 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: "Apesar de um tema oportuno e um par de fios pesados, Extraordinary Measures nunca se sente como muito mais do que um dramalhão feito para a TV". Por parte da audiência do site tem 54% de aprovação.[3]

Referências

  1. «Decisões Extremas». AdoroCinema. Consultado em 12 de junho de 2021 
  2. «Medidas Extraordinárias - SAPO Mag». SAPO. Consultado em 12 de junho de 2021 
  3. «Extraordinary Measures» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 11 de março de 2014 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.