Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Fábio Moon
Fábio em 2010 na New York Comic Con.
Nascimento 5 de junho de 1976 (43 anos)
São Paulo,  Brasil
Prémios Prêmio Eisner, Prêmio Harvey, Prêmio Jabuti, Troféu HQ Mix, Prêmio Angelo Agostini
Magnum opus 10 pãezinhos: mesa para todos
Página oficial
fabioandgabriel.blogspot.com

Fábio Moon (São Paulo, 5 de junho de 1976) é um quadrinista brasileiro, sendo um dos mais premiados quadrinistas brasileiros da atualidade. Junto com seu irmão gêmeo Gabriel Bá, já publicou trabalhos nos EUA, Itália e Espanha. Foram um dos primeiros brasileiros a ganhar o Prêmio Eisner de quadrinhos.

Índice

BiografiaEditar

O primeiro trabalho notável dos irmãos foi a revista independente no estilo underground chamada 10 pãezinhos, que chegou a 40 números e rendeu muitos elogios aos dois. Já foram publicados 5 livros dos "10 pãezinhos": "O Girassol e a Lua" (2000, Via Lettera), "Meu Coração, Não Sei Por Quê." (2001, Via Lettera), "CRÍTICA" (2004, Devir), "Mesa para Dois" (2006, Devir) e "FANZINE" (2007, Devir).

Eles lançaram mais 3 revistas independentes no Brasil: "ROCK'N'ROLL" (2004), em parceria com Bruno D'Angelo e Kako; "Um Dia, Uma Noite" (2006) e "5" (2007), em conjunto com a americana Becky Cloonan, o grego Vasilis Lolos e o gaúcho Rafael Grampá. Esta última revista ganhou o Eisner Award 2008 de melhor antologia, junto com a webcomic "Sugarshock", escrita por Joss Whedon.

Em 2007, lançaram uma quadrinização de "O Alienista" de Machado de Assis, premiada com o Prêmio Jabuti de "Melhor livro didático e paradidático de ensino fundamental ou médio".

Pelo selo Vertigo da DC Comics, Moon e Bá lançaram a HQ Daytripper, minissérie em 10 edições, desenhada e escrita por eles e colorida por Dave Stewart. A obra recebeu dois prêmios em 2011.

Desenham “BPRD: 1947″, escrita por Mike Mignola e Josh Dysart, uma prancha dominical na “Folha de S.Paulo”, chamada “Quase Nada”, e uma página de Quadrinhos na revista mensal “Época São Paulo”.

Em 2015, os irmãos lançaram uma nova HQ, Dois irmãos, baseada na obra homônima de Milton Hatoum, publicada no Brasil pelo selo Quadrinhos na Cia. da editora Companhia das Letras e nos Estados Unidos pela editora Dark Horse Comics, no ano seguinte, a obra ganhou um Eisner Award na categoria "melhor adaptação de outro meio", [1] o Harvey Award na categoria Melhor Edição Estadunidense de Material Estrangeiro e o Troféu HQ Mix na categoria adaptação para os quadrinhos.[2]

PrêmiosEditar

Harvey Awards - Melhor História em Edição Única (Daytripper)
Jabuti - Melhor livro didático e paradidático de ensino fundamental ou médio (O Alienista)
Eisner Awards - Melhor Antologia (5) e Melhor Quadrinho digital (Sugarshock)
Prêmio HQ Mix - Melhor Edição Especial Nacional (10 Pãezinhos: Mesa para dois), Melhor Revista Independente (10 Pãezinhos: Um dia, uma noite), Melhor Blog de Artista (Os Loucos Underground), Melhor Desenhista Nacional (com Gabriel Bá)
Prêmio HQ Mix - Melhor Blog de Artista (Os Loucos Underground)
Prêmio HQ Mix - Melhor Edição Especial Nacional (10 Pãezinhos: CRÍTICA), Melhor Blog de Artista (Os Loucos Underground), Melhor Desenhista Nacional (com Gabriel Bá)
Prêmio HQ Mix - Desenhista Revelação (com Gabriel Bá), Melhor Fanzine (10 Pãezinhos)

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.