Fórmula BMW é uma categoria de fórmula criada em 2001 pela BMW. A Fórmula BMW é voltada para formação de novos pilotos, recém saídos do kartismo (se posicionando junto da Fórmula Ford). O primeiro campeonato da categoria teve inicio em 2002, na Alemanha. Os campeões de cada campeonato disputavam uma final a nível mundial, na qual o prêmio era um teste na Fórmula 1.

Fórmula BMW
Informações gerais
Categoria Fórmula
País ou região Europa
América do Norte
Pacífico
Temporada inaugural 2001
Temporada final 2013
Construtores França Mygale
Fornecedor(es) dos motores Alemanha BMW

Desde 2011, a BMW deixou de dar apoio ao campeonato europeu e do pacífico da categoria, privilegiando a Formula BMW Talent Cup.[1] A Talent Cup foi o último campeonato da categoria, sendo terminado em 2013.

História

editar
 
Carro da Formula BMW ADAC em 1991

Anteriormente, a BMW teve experiência em categorias escola de fórmula, fornecendo motores para a Fórmula 2 e a Fórmula 3 desde os anos 70. Na Fórmula 2 Europeia, a BMW contribuiu com a March, vencendo seis títulos da categoria, porém, desistindo de fornecer motores após entrar para a Fórmula 1 em 1982, fornecendo motores para a Brabham.

A BMW retornou as categorias escolas em 1991, como fornecedor de motores da Fórmula ADAC [2], tendo sua primeira temporada vencida por Christian Abt.[3] Em 2001, a BMW decidiu aumentar significativamente os investimentos na categoria. A ADAC manteve a chancela, porém a BMW Motorsport seria responsável pelo projeto do chassis e o novo regulamento. A nova categoria teve sua primeira etapa em Hockenheim, em 20 Abril de 2002.[4]

 
Nico Rosberg na Fórmula BMW ADAC, em 2002

Uma das equipes que se destacou na categoria foi a Team Rosberg, fundada pelo campeão da Fórmula 1 de 1982, Keke Rosberg. A equipe, originalmente integrou a Fórmula BMW ADAC em 1999 e continuou para o novo campeonato. Essa equipe, junto de Nico Robserg, levou o campeonato em 2002.[5]

Com o tempo, a Fórmula BMW se expandiu, abrangendo quatro campeonatos em três continentes. O campeonato alemão foi seguido por um campeonato no sudeste asiático em 2003, [6] outro campeonato no Reino Unido e nos Estados Unidos no ano seguinte.[7] Os campeonatos alemão e britânico foram fundidos, se tornando o campeonato pan-europeu em 2008.[8]

Conceito

editar

A categoria tinha como público pilotos recém saídos do kartismo, tendo no mínimo 15 anos de idade, sem experiência em competições internacionais (além do karting) e com, no máximo, licença internacional C da FIA.[9][10] Os pilotos podem fazer parte do Programa de Treinamento e Eduacação da BMW Motorsport, baseado em dois centros de competição da BMW (um em Valência e outro em Sakhir). Nesses centros, os pilotos poderiam fazer cursos de pilotagem, preparação física, nutrição, relações públicas e levantamento de patrocínios.[11]

A BMW provia uma bolsa para cinco pilotos de cada campeonato entre 15 a 18 anos de idade, sendo escolhidos por um processo de seleção. Cada piloto ganhava uma bolsa de £35.000 no Reino Unido[12] e US$ 40.000 nos EUA.[13]

Os melhores pilotos de cada campeonato eram convidados para a Formula BMW World Final, uma final a nível mundial da categoria, que era disputada em um dos centros de competição da BMW em dezembro. O evento é composto de várias rodadas de eliminação e uma corrida final. O vencedor do evento ganhava um teste na Fórmula 1 pela BMW-Sauber.[14]

Formato e Regulamento

editar
 
Greg Mansell pilotando um Fórmula BMW em 2005

Como parte de um esforço para controlar os custos da categoria, a Fórmula BMW (como muitas categorias escola de fórmula) restringe os teste de pilotos. Durante a temporada, equipes e pilotos são limitados a testar somente em alguns poucos eventos oficiais, nos quais os custos eram reembolsados pela organização da categoria. As equipes também podiam testar em circuitos que não sediassem eventos da categoria, desde que os testes fossem feitos por pilotos que não disputassem a categoria. Sistemas de telemetria eram utilizados pela organização para monitorar a atividade das equipes durante as etapas, com ações ilegais sendo punidas com multas ou suspensão.[9]

Cada chassis é alvo de inspeções de segurança e podem ser substituídos se for considerado necessário. Se isso acontecer durante a qualificação, os tempos do piloto em questão devem ser anulados e o piloto deve largar da última posição do grid. Carros reserva (utilizados caso o carro principal tenha problemas) são proibidos.[9] Ao fim de cada sessão, os carros devem ser submetidos a inspeção em parque fechado.[9] O uso de pneus de chuva só é permitido pelo diretor de prova, se o mesmo o considerar necessário.[9] Por motivos de segurança, o pitlane tem um limite de 60 km/h, com punições de drive-through em caso de pilotos excederem a velocidade.[9] Todos os pilotos devem utilizar capacetes homologados pela FIA e HANS.[9]

Na Fórmula BMW UK, a temporada era composta por dez etapas, com duas baterias por etapa. O mesmo acontecia na Fórmula BMW ADAC, porém, o número de etapas foi diminuído para nove em 2006. Na Fórmula BMW USA, a temporada era composta por sete etapas, cada uma com duas baterias.[15] Já a Fórmula BMW Ásia contava com seis etapas, cada uma com quatro baterias.[16]

Cada etapa começa com uma sessão de treinos livres de 40 minutos (exceto em eventos de apoio a grandes prêmios da Fórmula 1). Cada corrida é precedida por uma sessão de qualificações de 20 minutos, na qual os competidores devem marcar um tempo de, pelo menos, 130% do tempo da pole position para se qualificar para a corrida. Em caso de somente uma qualificação poder ser feita, o grid da segunda bateria é decidido pelo segundo melhor tempo de cada piloto. Em caso de não poder ser feita uma qualificação, a posição dos pilotos no campeonato decide as posições do grid.[9]

Cada corrida começa com uma volta de formação atrás do carro de segurança. Cada corrida deve cobrir a distância mínima de 60 km (com o número de voltas calculado de acordo com o tamanho do circuito). Se a corrida durar acima de 30 minutos, ela é encerrada ao fim da última volta dos 30 minutos. Se a corrida terminar prematuramente, só pode ser pontuado totalmente se o líder da corrida ter completado 75% da corrida, em caso de 50% da etapa for disputada, somente metade dos pontos é concedida e em caso da etapa não ser disputada até 50%, é feito uma relargada, se possível.[9]

Pontuação

editar
Posição 10º
Pontos 20 15 12 10 8 6 4 3 2 1
 
Mygale FB2

A Fórmula BMW utilizava um único modelo de carro em todos os seus campeonatos. O Mygale FB2 era um monoposto, projetado e produzido pela francesa Mygale, em conjunto com o escritório de design estadunidense DesignworksUSA (subsidiária da BMW).[17] O chassis era monocoque, construído em fibra de carbono, em conformidade com o regulamento de segurança da FIA. A carenagem é construída em compósito de kevlar. A categoria não permitia modificações no chassis e carenagem, com os únicos ajustes autorizados sendo relação da transmissão, suspensão, balanceamento de freios e ângulos das asas aerodinâmicas.[17][18]

A categoria utilizava um motor BMW 1.2 4-cil (provindo das motos BMW K1200RS), gerando 141 cv (104 kW), acoplada a uma transmissão Hewland, sequencial, de seis velocidades. O motor vinha selado e a manutenção só poderia ser feita pela Schnitzer Motorsport.[19] O carro completo (porém, sem piloto nem combustível), pesa 455 kg.

Campeonatos

editar
 
Felipe Nasr pela Formula BMW Europe em 2009

Alemanha e Europa

editar

A Fórmula BMW ADAC era chancelada pela ADAC, uma das maiores associações automobilísticas da Europa. Em sua primeira temporada, em 2002, a categoria ganhou boa popularidade, chegando a 32 pilotos inscritos.[20] Desde 2004, o campeonato foi incluído como evento de apoio do Grande Prêmio da Europa, em Nürburgring.

A categoria lançou vários pilotos que chegaram à Fórmula 1, como Nico Rosberg (campeão de 2002 na F-BMW [20] e em 2016 na F1) e Sebastian Vettel (campeão de 2004 da F-BMW [21] e tetracampeão na F1). O campeonato de 2005 foi decidido na justiça desportiva, após Sebastian Buemi levar uma penalidade de 60 segundos, com o título ficando com Nico Hülkenberg.[22][23] O campeão de 2006, Christian Vietoris, dominou a World Final 2006, em Valência, marcando pole position e terminando em primeiro em todas as eliminatórias e na corrida final.[24]

A Fórmula BMW ADAC foi fundida à Fórmula BMW UK, se tornando a Fórmula BMW Europa em 2008.[8] A categoria europeia foi disputada por três anos até ser cancelada em 2010, em favor da Formula BMW Talent Cup, em 2011.[1]

Reino Unido

editar

A Fórmula BMW UK foi criada em 2004, atraindo 25 pilotos em sua primeira temporada [25] e 28 na sua segunda temporada, em 2005.[26] A categoria teve como embaixador o campeão de 1992 da Fórmula 1, Nigel Mansell, tendo seus filhos (Leo e Greg Mansell) disputando a categoria em 2006.[27] A categoria foi disputada até 2007, sendo fundida com a Fórmula BMW ADAC para a criação da Fórmula BMW Europa em 2008.[8]

Estados Unidos e Américas

editar

A Fórmula BMW USA foi criada em 2004, tendo seu nome mudado para Fórmula BMW Américas em 2008. A categoria era chancelada pela IMSA, tendo sido categoria de apoio para as etapas da American Le Mans Series (ALMS), Champ Car (CCWS), Grand-Am, Indy Racing League (IRL) e Fórmula 1 (no Grande Prêmio do Canadá e no Grande Prêmio dos Estados Unidos).[15] A categoria revelou pilotos como Daniel Morad [28] e Esteban Gutiérrez.[29]

A Fórmula BMW Americas foi cancelada em 2009, após somente 13 pilotos disputarem a categoria.[30]

 
Jim Ka To na Fórmula BMW Pacific em Macau, 2009

Ásia e Pacífico

editar

A Fórmula BMW Ásia foi a segunda categoria da Fórmula BMW a ser criada, em 2003, sendo gerenciada pela Motorsport Asia Limited,[31] sendo uma substituta da Fórmula Ásia. Sua criação foi parte de uma tendência de popularidade de categorias de fórmula na Ásia Oriental, sendo o começo da escada de categorias na Ásia, com o piloto recem saído da Fórmula BMW indo para a Fórmula 3 Asia-Pacífico e para a Fórmula V6 Ásia, logo após. Etapas eram disputadas na Malásia, Tailândia, Indonésia, China, Macau e Singapura, sendo categoria de apoio nos Grandes Prêmios da China, Malásia, Bahrein e Singapura da Fórmula 1, além do Grande Prêmio de Macau da Fórmula 3. A categoria foi renomeada como Fórmula BMW Pacific em 2008, perdendo o apoio da BMW em 2011 e se tornando a JK Racing Asia Series no mesmo ano. A categoria foi encerrada em 2012.

Fórmula Lista Junior

editar

A Fórmula Lista Junior é uma categoria escola para a Fórmula BMW, utilizando os mesmos carros da categoria principal. A Fórmula Lista Junior existiu desde 2000, porém começou a utilizar os carros da Fórmula BMW em 2008. A categoria revelou pilotos como Neel Jani [32] e Romain Grosjean.[33] A categoria foi encerrada em 2012.

Campeões

editar
 
Timmy Hansen na Fórmula BMW Europe, 2010
 
Carlos Sainz Jr. na Fórmula BMW Pacific, em 2010
 
Ross Curnow na Fórmula BMW UK, em 2006
 
Marchy Lee na Fórmula BMW Ásia, em 2004
 
Facundo Regalia na Fórmula BMW Europe, em 2010
Ano Categoria Campeão Equipe
2002 Formula BMW ADAC   Nico Rosberg   VIVA Racing
2003 Formula BMW ADAC   Maximilian Götz   ADAC Berlin-Brandenburg
Formula BMW Asia   Ho-Pin Tung   Team Meritus
2004 Formula BMW ADAC   Sebastian Vettel   ADAC Berlin-Brandenburg
Formula BMW Asia   Marchy Lee   Team Meritus
Formula BMW USA   Andreas Wirth   HBR/Powerslide Motorsport
Formula BMW UK   Tim Bridgman Independente [nota 1]
2005 Formula BMW ADAC   Nico Hülkenberg   Josef Kaufmann Racing
Formula BMW Asia   Salman Al Khalifa   Team Meritus
Formula BMW USA   Richard Philippe   Team Autotecnica
Formula BMW UK   Dean Smith   Nexa Racing
Formula BMW World Final   Marco Holzer   AM-Holzer Rennsport
2006 Formula BMW ADAC   Christian Vietoris   Josef Kaufmann Racing
Formula BMW Asia   Earl Bamber   Team Meritus
Formula BMW USA   Robert Wickens   EuroInternational [nota 2]
Formula BMW UK   Niall Breen   Fortec Motorsport
Formula BMW World Final   Christian Vietoris   Josef Kaufmann Racing
2007 Formula BMW ADAC   Jens Klingmann   Eifelland Racing
Formula BMW Asia   Jazeman Jaafar   CIMB Qi-Meritus
Formula BMW USA   Daniel Morad   EuroInternational
Formula BMW UK   Marcus Ericsson   Fortec Motorsport
Formula BMW World Final   Philipp Eng   Mücke Motorsport
2008 Formula BMW Pacific   Ross Jamison   Team Meritus
Formula BMW Europe   Esteban Gutiérrez   Josef Kaufmann Racing
Formula BMW Americas   Alexander Rossi   EuroInternational
Formula BMW World Final   Alexander Rossi   EuroInternational
2009 Formula BMW Pacific   Rio Haryanto   Questnet Team Qi-Meritus
Formula BMW Europe   Felipe Nasr   EuroInternational
Formula BMW Americas   Gabriel Chaves   EuroInternational
2010 Formula BMW Pacific   Richard Bradley   Eurasia Motorsport
Formula BMW Europe   Robin Frijns   Josef Kaufmann Racing
2011 Formula BMW Talent Cup   Stefan Wackerbauer n/a
2012 Formula BMW Talent Cup   Marvin Dienst n/a
2013 Formula BMW Talent Cup   Robin Hansson[34] n/a

Notas

  1. Tim Bridgeman competiu com uma equipe independente
  2. Robert Wickens iniciou a temporada pela Apex Racing USA, depois indo para a EuroInternational

Referências

  1. a b Hornsby, Tom (8 de julho de 2010). «F.BMW: Europe and Asia series axed». Motors TV. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 5 de março de 2012 
  2. «Formula BMW History». Formula BMW USA. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 17 de setembro de 2007 
  3. «Driver: Christian Abt | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  4. «motorsport-archive.com :: German Formula BMW Championship 2002 :: Schedule and Standings». www.motorsport-archive.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  5. «Team Rosberg History». Team Rosberg. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 17 de março de 2007 
  6. «FBMW Asia is launched». Autosport. 4 de dezembro de 2002. Consultado em 11 de julho de 2023 
  7. «FBMW headed for the USA». Autosport. 23 de setembro de 2003. Consultado em 11 de julho de 2023 
  8. a b c «Formula BMW Europe to launch in 2008». Formula BMW USA. 28 de junho de 2007. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 13 de agosto de 2013 
  9. a b c d e f g h i «2010 Formula BMW Pacific Regs Reg Sporting-Technical Draft 17dec v2.1 | PDF | Formula Racing | Fédération Internationale De L'automobile». Scribd. Consultado em 11 de julho de 2023 
  10. «Appendix L - International Drivers' licences, medical examinations, driver's equipment and conduct - 2019». Federation Internationale de l'Automobile (em inglês). 18 de dezembro de 2015. Consultado em 11 de julho de 2023 
  11. «Competent guidance for the Formula BMW drivers». F1 Prospects. 5 de dezembro de 2005. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 23 de setembro de 2007 
  12. «2006 BMW UK Championship Scolarship Chosen». F1 Prospects. 14 de novembro de 2005. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 28 de setembro de 2007 
  13. «Formula BMW USA announces five 2006 junior scolarships drivers». F1 Prospects. 13 de dezembro de 2005. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 28 de setembro de 2007 
  14. «Holzer makes 'solid impression' in F1 run». www.autosport.com (em inglês). 24 de novembro de 2006. Consultado em 11 de julho de 2023 
  15. a b «2007 Formula BMW USA Schedule». Formula BMW USA. 2005. Consultado em 12 de julho de 2023. Arquivado do original em 16 de junho de 2007 
  16. «Formula BMW Asia». Asian Festival of Speed. 17 de janeiro de 2007. Consultado em 12 de julho de 2023. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2007 
  17. a b «Chassis Technology». Formula BMW USA. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2009 
  18. «Technical Specs». Formula BMW USA. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 15 de julho de 2006 
  19. «Technology - Drivetrain». Formula BMW USA. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 17 de setembro de 2007 
  20. a b «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  21. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  22. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  23. «Formula BMW ADAC Championship 2005: Hülkenberg is awarded championship title». F1 Prospects. 5 de novembro de 2005. Consultado em 11 de julho de 2023. Arquivado do original em 28 de setembro de 2007 
  24. «Vietoris notches the 2006 World Final victory». au.motorsport.com (em inglês). 28 de novembro de 2006. Consultado em 11 de julho de 2023 
  25. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  26. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  27. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 11 de julho de 2023 
  28. «Driver: Daniel Morad | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 12 de julho de 2023 
  29. «Driver: Esteban Gutiérrez | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 12 de julho de 2023 
  30. «Championships | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 12 de julho de 2023 
  31. «Motorsport Asia». Asia Festival of Speed. 2007. Consultado em 12 de julho de 2023. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2007 
  32. «Driver: Neel Jani | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 12 de julho de 2023 
  33. «Driver: Romain Grosjean | Driver Database». www.driverdb.com. Consultado em 12 de julho de 2023 
  34. «PressClub Global · Articles · Sport» 
  Este artigo sobre automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.