Abrir menu principal

A FIBA Liga das Américas (Espanhol: FIBA Liga de las Américas, Inglês: FIBA Americas League) é a principal competição internacional de basquetebol masculino entre clubes da América, em caráter anual e sendo organizada pela FIBA Américas. É uma das mais importantes competições continentais de basquetebol e seus campeões disputam anualmente o título maior do basquetebol mundial entre clubes, o Campeonato Mundial Interclubes de Basquete.

FIBA Liga das Américas
Temporada ou competição atual:
Basketball current event.svg FIBA Liga das Américas 2019
Esporte Basquete
Fundada 2007
Temporada inaugural 2007–08
País(es) Membros da FIBA Américas
Continente União Sul-Americana de Nações América Latina
FIBA Américas
Equipes 16
Atual campeão Argentina San Lorenzo (2º título)
Maior campeão Argentina Peñarol (2 títulos)
Venezuela Guaros de Lara (2 títulos)
Argentina San Lorenzo (2 títulos)
TV DirecTV
SporTV (Brasil)
Site oficial FIBA Americas.com

A Primeira edição começou em 4 de dezembro de 2007. Na edição de 2007–08, a competição contou com 16 equipes de todas as partes da América (sul, central e norte).

Índice

QualificaçãoEditar

A principal forma de qualificação ao torneio são os campeonatos nacionais dos países plenamente filiados à FIBA Américas. Atualmente a Liga das Américas conta com 16 clubes participantes, com suas vagas sendo distribuídas entre os seguintes países:

Vagas País Classificação
3 Vaga de Mérito FIBA Américas * Campeão da FIBA Liga das Américas do ano anterior
* Campeão da Liga Sul-Americana de Basquete do ano anterior
* Campeão do Campeonato de Clubes Campeões da América Central do ano anterior
2   Argentina * Campeão da Liga Nacional
* Vice-campeão da Liga Nacional
2   Brasil * Campeão do NBB
* Vice-campeão do NBB
1   Chile * Campeão da Copa Chile
1   Colômbia * Campeão da Liga Colombiana
1   Cuba * Campeão da Liga Superior
1   Panamá * Campeão da Liga Panamenha
1   Porto Rico * Campeão da BSN
1   República Dominicana * Campeão da Liga Nacional
1   Uruguai * Campeão da Liga Uruguaia
2   Venezuela * Campeão da Liga Profissional
* Vice-campeão da Liga Profissional

FormatoEditar

Na temporada 2007–08, os 16 clubes participantes foram divididos em quatro grupos com quatro times cada. Os dois melhores qualificados se classificaram para as quartas de finais. Os vencedores dos confrontos das quartas de finais, que foram em modo de play-offs se classificaram para a fase final, chamada de Final Four (similar ao disputado na Euroliga).

Na temporada 2008–09, contudo, o formato foi alterado. Os 16 clubes foram divididos em quatro grupos, mas apenas o melhor classificado de cada grupo se classificou para um quadrangular final. Nesta etapa, todas as equipes se enfrentam e conquista o título aquela em que ficar na primeira posição.

Na temporada 2010–11 o formato foi novamente alterado. Na primeira fase, quatro grupos com quatro equipes e os dois primeiros de cada grupo avançando à segunda fase. Na fase seguinte, dois grupos com quatro equipes, com os dois primeiros de cada grupo avançando ao Quadrangular Final (o Final Four) onde os vencedores dos jogos disputam o título e os perdedores o terceiro lugar. Este formato é mantido até hoje.

Desde a temporada 2013, a Liga das Américas classifica o seu campeão para o Campeonato Mundial de Clubes. Até 2015, o vencedor da LDA enfrentava o campeão da Euroliga, contudo, devido a uma briga política entre a FIBA e a Euroliga o adversário europeu passou a ser o vencedor da Liga dos Campeões.

Lista de campeõesEditar

Assim como no futebol, Brasil e Argentina dominam a principal competição americana de basquetebol. Países que em momentos distintos foram potências mundiais do basquete e campeões mundiais entre seleções, disputam acirradamente o título de campeão maior entre clubes do continente americano. Com exceção ao título dos mexicanos dos Pioneros de Quintana Roo, em 2012, e do Guaros de Lara, da Venezuela, em 2016 e 2017, todas as outras edições foram ganhas por equipes do Brasil e da Argentina, sendo a Argentina o país mais vencedor da competição, com cinco conquistas contra quatro brasileiras.

# Ano Sede (Final four) Campeão Vice campeão 3º lugar 4º lugar Número de equipes
1 2007–08
Detalhes
 
Mexicali
 
Peñarol de Mar del Plata
 
Soles de Mexicali
 
Miami Tropics
 
Minas
16
2 2008–09
Detalhes
 
Xalapa
 
Lobos Brasília
 
Halcones Xalapa
 
Biguá
 
Minas
16
3 2009–10
Detalhes
 
Mar del Plata
 
Peñarol de Mar del Plata
 
Espartanos de Margarita
 
Halcones Xalapa
 
Quimsa
16
4 2010–11
Detalhes
 
Xalapa
 
Regatas Corrientes
 
Capitanes de Arecibo
 
Halcones Xalapa
 
Halcones Rojos
16
5 2012
Detalhes
 
Formosa
 
Pioneros de Quintana Roo
 
La Unión de Formosa
 
Obras Sanitarias
 
Lobos Brasília
16
6 2013
Detalhes
 
Arecibo
 
Pinheiros
 
Lanús
 
Capitanes de Arecibo
 
Lobos Brasília
12
7 2014
Detalhes
 
Rio de Janeiro
 
Flamengo
 
Pinheiros
 
Aguada
 
Halcones Xalapa
16
8 2015
Detalhes
 
Rio de Janeiro
 
Bauru
 
Pioneros de Quintana Roo
 
Flamengo
 
Peñarol de Mar del Plata
16
9 2016
Detalhes
 
Barquisimeto
 
Guaros de Lara
 
Bauru
 
Mogi das Cruzes
 
Flamengo
16
10 2017
Detalhes
 
Barquisimeto
 
Guaros de Lara
 
Bahía Blanca
 
Leones de Ponce
 
Fuerza Regia
16
11 2018
Detalhes
 
Buenos Aires
 
San Lorenzo
 
Mogi das Cruzes
 
Regatas Corrientes
 
Estudiantes de Concordia
16
12 2019
Detalhes
 
Buenos Aires
 
San Lorenzo
 
Guaros de Lara
 
Paulistano
 
Capitanes de la Ciudad de México
16

MVPs por ediçãoEditar

PerformancesEditar

Por clubeEditar

Equipe Campeão Vice campeão 3º lugar 4º lugar
  Guaros de Lara 2 (2016 e 2017) 1 (2019) 0 0
  Peñarol de Mar del Plata 2 (2007–08 e 2009–10) 0 0 1 (2015)
  San Lorenzo 2 (2018 e 2019) 0 0 0
  Pioneros de Quintana Roo 1 (2012) 1 (2015) 0 0
  Pinheiros 1 (2013) 1 (2014) 0 0
  Bauru 1 (2015) 1 (2016) 0 0
  Flamengo 1 (2014) 0 1 (2015) 1 (2016)
  Regatas Corrientes 1 (2010–11) 0 1 (2018) 0
  Lobos Brasília 1 (2008–09) 0 0 2 (2012 e 2013)
  Halcones Xalapa 0 1 (2008–09) 2 (2009–10 e 2010–11) 1 (2014)
  Capitanes de Arecibo 0 1 (2010–11) 1 (2013) 0
  Mogi das Cruzes 0 1 (2018) 1 (2016) 0
  Soles de Mexicali 0 1 (2007–08) 0 0
  Espartanos de Margarita 0 1 (2009–10) 0 0
  La Unión de Formosa 0 1 (2012) 0 0
  Lanús 0 1 (2013) 0 0
  Bahía Blanca 0 1 (2017) 0 0
  Miami Tropics 0 0 1 (2007–08) 0
  Biguá 0 0 1 (2008–09) 0
  Obras Sanitarias 0 0 1 (2012) 0
  Aguada 0 0 1 (2014) 0
  Leones de Ponce 0 0 1 (2017) 0
  Paulistano 0 0 1 (2019) 0
  Minas 0 0 0 2 (2007–08 e 2008–09)
  Quimsa 0 0 0 1 (2009–10)
  Halcones Rojos 0 0 0 1 (2010–11)
  Fuerza Regia 0 0 0 1 (2017)
  Estudiantes de Concordia 0 0 0 1 (2018)
  Capitanes de la Ciudad de México 0 0 0 1 (2019)

Por paísEditar

País Campeão Vice campeão 3º lugar 4º lugar
  Argentina 5 3 2 3
  Brasil 4 3 3 5
  Venezuela 2 2 0 0
  México 1 3 2 4
  Porto Rico 0 1 2 0
  Uruguai 0 0 2 0
  Estados Unidos 0 0 1 0

Formações CampeãsEditar

2007–08  Peñarol de Mar del Plata
G –   Pablo Rodríguez // G –   Quincy Wadley (MVP)
F –   Juan Manuel Locatelli // F –   Jason Osborne // C –   Román González
Técnico –   Sergio Hernández


2008–09  Lobos Brasília
G –   Valtinho // G –   Alex Garcia (MVP)
F –   Arthur // F –   Márcio Cipriano // C –   Estevam
Técnico –   Lula Ferreira


2009–10  Peñarol de Mar del Plata
G –   Pablo Rodríguez // G –   Kyle Lamonte (MVP)
F –   Marcos Mata // F –   Leo Gutiérrez // C –   Martín Leiva
Técnico –   Sergio Hernández


2010–11  Regatas Corrientes
G –   Javier Martínez // G –   Carl Edwards
F –   Ramzee Stanton // F –   Federico Kammerichs (MVP) // C –   Eduardo Villares
Técnico –   Fabio Demti


2012  Pioneros de Quintana Roo
G –   Pedro Meza // G –   Chris Hernández (MVP)
F –   Robert Hornsby // F –   Michael Williams // C –   Ikechukwu Ofoegbu
Técnico –   Josep "Pep" Clarós


2013  Pinheiros
G –   Joe Smith // G –   Shamell Stallworth (MVP)
F –   Márcio Dornelles // F –   Rafael Mineiro // C –   Bruno Fiorotto
Técnico –   Cláudio Mortari


2014  Flamengo
G –   Nicolás Laprovittola // G –   Marcelinho Machado (MVP)
F –   Marquinhos // F –   Olivinha // C –   Jerome Meyinsse
Técnico –   José Alves Neto


2015  Bauru
G –   Ricardo Fischer // G –   Alex Garcia (MVP)
F –   Robert Day // PF –   Murilo Becker // C –   Rafael Hettsheimeir
Técnico –   Jorge Guerra "Guerrinha"


2016  Guaros de Lara
G –   Tyshawn Taylor // G –   Zachary Graham
F –   Damien Wilkins (MVP) // PF –   Luis Bethelmy // C –   Gregory Echenique
Técnico –   Nestor "Che" Garcia


2017  Guaros de Lara
G –   Heissler Guillent // G –   Zachary Graham (MVP)
F –   Lazar Hayward // PF –   Luis Bethelmy // C –   Gregory Echenique
Técnico –   Jorge Arrieta


2018  San Lorenzo
G –   Nicolás Aguirre // G –    Dar Tucker
F –   Gabriel Deck (MVP) // PF –   Marcos Mata // C –   Javier Justiz Ferrer
Técnico –   Gonzalo Garcia


2019  San Lorenzo
G –   Nicolás Aguirre // G –    Dar Tucker (MVP)
F –   Marcos Mata // PF –   Jerome Meyinsse // C –   Joel Anthony
Técnico –   Gonzalo Garcia

Clubes participantesEditar

Na Liga das Américas de 2007–08, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2008–09, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2009–10, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2010–11, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2012, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2013, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2014, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2015, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2016, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2017, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2018, participaram as seguintes equipes:

 

Na Liga das Américas de 2019, participaram as seguintes equipes:

 


Maior quantidade de participaçõesEditar

Atualizado até a edição de 2019

Participações Equipe
12   Capitanes de Arecibo (2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019)
8   Lobos Brasília (2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2016)
  Flamengo (2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2014, 2015 e 2016)
6   Regatas Corrientes (2009, 2011, 2012, 2014, 2015 e 2018)
  Fuerza Regia (2008, 2012, 2013, 2015, 2017 e 2018)
  Soles de Mexicali (2008, 2009, 2010, 2017, 2018 e 2019)

Ver tambémEditar