Fabiano de Paula (Rio de Janeiro, 28 de novembro de 1988) é um tenista profissional brasileiro destro.[1]

Tenista Fabiano de Paula
País  Brasil
Residência Rio de Janeiro, RJ
Data de nascimento 28 de novembro de 1988 (31 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, RJ
Altura 1,78 m[1]
Peso 78 kg[1]
Treinado por Duda Matos
Profissionalização 2006
Mão direita[1]
Prize money US$ 83,202 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 0–0
Títulos 0
Melhor ranking Nº 212 (27 de maio de 2013)
Open da Austrália Q1
Wimbledon Q1
US Open Q1
Duplas
Vitórias-Derrotas 0–0
Títulos 0
Melhor ranking Nº 141 (29 de julho de 2013)
Última atualização em: 5 de novembro de 2013.

TrajetóriaEditar

Fabiano nasceu e até hoje é morador da Rocinha, no Rio de Janeiro.[2] Faz parte da equipe de treinamento competitivo tenis route.

Começou no tênis aos 11 anos,[1] como boleiro,[2] e aos 13 começou a jogar. Apenas cinco anos depois, aos 18 anos, já estava sendo campeão brasileiro. Sua entrada no circuito profissional foi bastante dura; Fabiano parou de jogar por dois anos por falta de apoio e mais um ano cumprindo serviço militar obrigatório.[2] Depois de três anos afastado, aos 21 anos, Fabiano voltou ao circuito[2] e tem tido subidas consideráveis no ranking mundial da Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

Também tem tido destaque no ranking de duplas, onde sua melhor colocação foi de número 142.

Em maio de 2011 Fabiano ganhou seu primeiro Future, no Brasil.

Em setembro de 2012 chegou, pela primeira vez, a uma semifinal de Challenger, na cidade de Cáli. Repetiu o feito no mês seguinte, em Medellín.[3]

Em 2013, Fabiano já disputou o qualyfing de três Grand Slams: Aberto da Austrália, Torneio de Wimbledon e US Open.

Em 2014, em Gstaad, o jogador disputou o primeiro ATP 250 da carreira.[2]

Em fevereiro de 2015, Fabiano inaugurou a Escola de Tênis Fabiano de Paula, no Parque Ecológico, ao lado da UPP da comunidade da Rocinha. A escolinha é voltada para jovens e crianças de quatro até 14 anos e atende cerca de 200 crianças em dois turnos.[4]

Ranking[1]Editar

  • Atual ranking de simples: 731º
  • Melhor ranking de simples: 208º
  • Atual ranking de duplas: 139º
  • Melhor ranking de duplas: 128° (23 de outubro de 2017)[5]

TriunfosEditar

Duplas (6-3)Editar

Legenda
ATP Challengers (6-3)
Finais por piso
Duro (1–0)
Saibro (5–3)
Grama (0–0)
Carpete (0–0)
Resultado No. Data Torneio Superfície Parceiro Oponentes Placar
Campeão 1. 10 de novembro de 2012   São Leopoldo, Brasil Saibro   Júlio Silva   Ariel Behar
  Horacio Zeballos
6–1, 7–6(7–5)
Campeão 2. 11 de maio de 2013   Rio Quente, Brasil Duro   Marcelo Demoliner   Ricardo Hocevar
  Leonardo Kirche
6-3, 6-4
Finalista 1. 13 de abril de 2013   Barranquilla, Colômbia Saibro   Stefano Ianni   Facundo Bagnis
  Federico del Bonis
3-6, 5-7
Campeão 3. 20 de junho de 2014   Mohammedia, Marrocos Saibro   Mohamed Safwat   Richard Becker
  Elie Rousset
6-2, 3-6, [10-6]
Campeão 4. 04 de novembro de 2016   Guaiaquil, Ecuador Saibro   Ariel Behar   Marcelo Arevalo
  Sergio Galdós
6-2, 6-4
Finalista 2. 19 de novembro de 2016   Montevideo, Uruguai Saibro   Christian Garin   Andres Molteni
  Diego Schwartzman
W/O
Campeão 5. 06 de agosto de 2017   Biella, Itália Saibro   Attila Balazs   Johan Brunstrom
  Dino Marcan
5-7, 6-4, [10-4]
Campeão 6. 14 de outubro de 2017   Buenos Aires, Argentina Saibro   Ariel Behar   Maximo Gonzalez
  Fabricio Neis
7–6(7–3), 5-7, [10-8]
Finalista 3. 11 de novembro de 2017   Montevideo, Uruguai Saibro   Ariel Behar   Fernando Romboli
  Romain Arneodo
6-2, 4-6, 8-10

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar