Abrir menu principal

Fabio Liverani

futebolista italiano

Fabio Liverani (Roma, 29 de abril de 1976) é um ex-futebolista e atual treinador italiano que atuava como meio-campista. Atualmente treina o Lecce.

Fabio Liverani
Fabio Liverani 2.jpg
Informações pessoais
Nome completo Fabio Liverani
Data de nasc. 29 de abril de 1976 (43 anos)
Local de nasc. Roma, Itália
Altura 1,75 m
Informações profissionais
Equipa atual Lecce
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1994–1995
1995–1996
1996
Palermo
Napoli
Cagliari
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1996
1997–2000
2000–2002
2002–2006
2006–2008
2008–2011
2011
Nocerina
Viterbese
Perugia
Lazio
Fiorentina
Palermo
Lugano
0002 0000(0)
0104 000(18)
0032 0000(3)
0155 0000(8)
0075 0000(2)
0073 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional
2001–2008 Itália 0003 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2013
2014–2015
2017
2017–
Genoa
Leyton Orient
Ternana
Lecce
0007
0027
0013
0038

BiografiaEditar

Liverani foi revelado pelo Cagliari, onde desde cedo era considerado pelos treinadores uma das grandes promessas da equipe da Sardenha. Mesmo assim, teve uma breve passagem pela Nocerina e jogou de 1996 a 2000 na Serie C pela Viterbese. No verão de 2000, foi vendido ao Perugia, onde fez sua estréia na Série A Italiana e na Seleção, contra a África do Sul. A convocação do meia entrou para a história, uma vez que Liverani tornou-se o primeiro jogador negro a vestir a camisa da Squadra Azzurra[1] (ele é descendente de somalis por parte de sua mãe, que é natural do país africano), mas ele foi esquecido por Giovanni Trapattoni para a Copa de 2002.

Inicia a temporada 2001-02 no Perugia, mas é logo contratado pela Lazio. Permanceu na capital por cinco temporadas, vencendo a Coppa Italia de 2004. Com o fim de seu contrato, em junho de 2006, foi contratado pela Fiorentina, onde teve outra chance com a Azzurra, desta vez contra a Croácia, em agosto do mesmo ano. Este foi também o último jogo do meio-campista pela Seleção Italiana.

Jogou ainda 3 temporadas pelo Palermo (onde também atuou nas categorias de base, entre 1994 e 1995), antes de ser contratado pelo Lugano (Suíça), onde não entrou em campo e, após rescindir o contrato, encerrou sua carreira.

Críticas ao racismo na ItáliaEditar

Em 2008, Liverani afirmou que sentia-se envergonhado com os casos de racismo e de agressões contra imigrantes na Itália.[2] Para ele, o país "voltou 60 anos no tempo", em referência ao fascismo.

TítulosEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Liverani pode se tornar o primeiro negro a jogar pela Itália». Portal Terra. 24 de abril de 2001. Consultado em 24 de abril de 2001 
  2. «Primeiro negro a jogar na seleção italiana se diz envergonhado com o racismo». Diário do Grande ABC. 3 de outubro de 2008. Consultado em 3 de outubro de 2008