Abrir menu principal
Fabrizio Colonna
Nascimento 1460
Roma
Morte 25 de março de 1520 (60 anos)
Aversa
Sepultamento Paliano
Filho(s) Vittoria Colonna, Filippo Colonna (I)
Ocupação condotiero
Coa fam ITA colonna2.jpg

Fabrizio Colonna (Roma, c. 1455 [1]- Aversa, março de 1520[2]) foi um condottiero italiano, membro da influente família Colonna. Destacou-se nas guerras Italianas.

BiografiaEditar

Fabrizio era filho de Eduardo Colonna e de Filippa Conti. Foi casado com Inés de Montefeltro, filha de Federico da Montefeltro, primeiro duque de Urbino, e Battista Sforza. Fabrizio era conhecido como o conde de Tagliacozzo e grande condestável do Reino de Nápoles.

Foi um general na Liga Santa que lutou contra Luís XII de França.

Em 1512, durante a guerra da Liga de Cambrai, foi derrotado na batalha de Ravena pelas tropas francesas de Gastão de Foix. Fabrizio foi feito prisioneiro e enviado a Ferrara.[3]

Sua filha era Vittoria Colonna, uma poetisa italiana, amiga próxima de Michelangelo. Seu sobrinho, Marcantonio I Colonna, também foi um general bem sucedido.

Fabrizio é o principal interlocutor em A Arte da Guerra de Maquiavel.

Referências

  1. «Colónna, Fabrizio». treccani.it. Consultado em 12 de março de 2012 
  2. Coppi, Antonio (1855). Memorie colonnesi (em italiano). [S.l.]: Salviucci. 431 páginas 
  3. Historia manuscrita del Gran Capitán, incluida en las "Crónicas del Gran Capitán", op. cit., pag. 462.

Ligações externasEditar