NOVA School of Business and Economics

faculdade da universidade NOVA em Lisboa

A NOVA School of Business and Economics MHIP (NOVA SBE), anteriormente Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa,[1] é uma das cinco Faculdades da Universidade Nova de Lisboa (UNL). Dedica-se ao ensino e investigação das ciências económicas, financeiras e empresariais.

Nova School of Business and Economics
Nova logo.png
Nova SBE
Fundação 1978
Instituição mãe Universidade Nova de Lisboa
Localização Carcavelos, Lisboa, Portugal
Diretor(a) Daniel Traça
Campus Campus de Carcavelos
Cores Azul e Vermelho
Página oficial https://www.novasbe.unl.pt

Fundada em 1978, em 2021 foi reconhecida como a melhor faculdade de Gestão e Economia em Portugal, com a 27.ª posição a nível europeu de acordo com a classificação do Financial Times.[2]

Sediada no Campus de Carcavelos,[3] em frente ao Forte de São Julião da Barra, a Nova SBE oferece vários níveis de ensino, entre eles a Licenciatura em Gestão e em Economia, Mestrados, MBA’s e Programas para Executivos. A Faculdade soma as três acreditações mais importantes do ensino da gestão alcançando assim a "Triple Crown".[1] A somar a isto a faculdade é membro da aliança CEMS.[4]

HistóriaEditar

Fundada em 1978, a Nova SBE é uma das cinco faculdades da Universidade Nova de Lisboa, universidade que foi criada a 11 de agosto de 1973.[5]

Em 2007, juntamente com a Católica Lisbon School of Business & Economics e a Sloan School of Management do Massachusetts Institute of Technology (MIT), foi lançado o programa The Lisbon MBA, um mestrado em gestão que tem como objetivo preparar os líderes e empresários do futuro para enfrentarem qualquer desafio empresarial.[6][7]

A Faculdade adotou em 2012 a designação de "Nova School of Business and Economics", que é atualmente a designação usada tanto em Portugal como internacionalmente.[1]

A 29 de setembro de 2018, a faculdade mudou-se para o Campus de Carcavelos, um dos Campus mais modernos a nível internacional.[8] Na data de inauguração, foi agraciada pelo Presidente da Republica Marcelo Rebelo de Sousa com o grau de Membro-Honorário da Ordem da Instrução Pública.[9]

Atualmente, a escola é reconhecida como a melhor faculdade de Gestão e de Economia a nível nacional e 27.ª a nível europeu na classificação do prestigiado Ranking do Financial Times.[2]

EnsinoEditar

A visão internacional da School of Business and Economics reflete-se, entre outros aspetos, na adoção do inglês como língua de ensino. Atualmente todas as cadeiras são lecionadas em inglês em todos os níveis de ensino. Contudo, existe ainda a possibilidade de fazer o primeiro ano das licenciaturas, parcialmente ou na totalidade, em português.[10]

OfertaEditar

A Nova SBE administra as licenciaturas de Economia, Gestão e Português e Gestão; três mestrados (Economia, Gestão e Finanças) e três programas de doutoramento (Economia e Finanças, Gestão e Saber Tropical e Gestão). A faculdade oferece também um programa de MBA e vários programas de Pós-graduação para formação de executivos.[11]

 
Edifício principal da Nova SBE até 2018

Corpo docenteEditar

No corpo docente da Nova SBE, uma característica transversal é a diversidade de origens. Diferentes nacionalidades estão representadas no grupo de professores, desde o Brasil à China. A internacionalização está também patente na formação do corpo docente, pois grande parte dos professores residentes obtiveram pelo menos um grau de pós-graduação no estrangeiro, em universidades europeias ou norte-americanas.[12]

AconselhamentoEditar

Existe a equipa Desenvolvimento & Bem-estar do Aluno, que tem como objetivo promover uma experiência saudável e envolvente para os alunos. Esta equipa permite, de diferentes formas, o aconselhamento personalizado a cada aluno.[13]

A questão entre o curso de Economia ou Gestão é uma das dúvidas mais frequentes entre os alunos que ingressam nestas áreas. De forma a ajudar nessa decisão, o 1º ano das licenciaturas de Gestão e de Economia é comum, permitindo aos alunos mudar no fim do mesmo.[14]

A Faculdade aposta também em disciplinas de Formação Geral como Comunicação, Liderança e Ética (lecionada pela jornalista Laurinda Alves) e Implementação de Projetos com impacto de caráter obrigatório, que visam ajudar o aluno a construir e enriquecer o seu próprio perfil pessoal e profissional.[10]

Os alunos e recém-graduados têm ao seu dispor a equipa Careers @ Nova SBE, que oferece colaboração na obtenção de estágios e, posteriormente, na procura de emprego.[13]

O conjunto das cadeiras optativas disponíveis é ainda alargado à possibilidade de frequência de unidades curriculares isoladas avulso em qualquer faculdade ou instituto da Universidade Nova de Lisboa, bem como cadeiras de Universidades estrangeiras ao abrigo de protocolos de intercâmbio.[15]

Prémios e bolsasEditar

A Nova SBE beneficia do apoio de diversas instituições e empresas que, entre outras colaborações, atribuem diversos prémios, bolsas e concursos aos alunos que se distinguem no seu percurso académico.[16]

Relações internacionaisEditar

Os cursos da Nova SBE em inglês atraem cerca de 400 estudantes internacionais por ano.[1] Por outro lado, a faculdade envia anualmente cerca de 350 alunos para mais de 150 universidades, de 50 países diferentes.[17]

Os alunos têm a oportunidade de estudar numa universidade estrangeira ao abrigo dos programas de Erasmus, bem como de outros programas de intercâmbio. A Faculdade estabelece também outros programas de intercâmbio através de acordos bilaterais com escolas de países fora da Europa.[17]

Rankings e AcreditaçõesEditar

RankingsEditar

A faculdade está presente nos seguintes rankings do Financial Times:

  • European Business Schools: 27.º lugar (2021)[2]
  • Global MBA: 82.º (2021) | Parceria com a Católica-Lisbon (The Lisbon MBA)[18]
  • Master in Management: 23.º (2021)[19]
  • Master in Finance: 11.º (2022)[20]
  • Executive Education Open Programmes: 20.º (2022)[21]
  • Executive Education Customised Programmes: 29.º (2022)[22]

AcreditaçõesEditar

A Nova SBE é acreditada pela EQUIS (European Quality Improvement System, atribuída pela European Foundation for Management Development - EFMD).[23]

O programa The Lisbon MBA é acreditada pela AMBA (Association of MBAs).[24]

Em dezembro de 2007, a faculdade tornou-se membro do CEMS (Community of European Business Schools and International Companies),[25] passando a integrar um clube exclusivo de 34 escolas de gestão, entre as quais estão algumas das melhores do mundo.[26][27]

Em 2010 recebeu a acreditação da AACSB (Association to Advance Collegiate Schools of Business),[28] alcançando assim a "Triple Crown", que designa as escolas que detêm esta e outras duas acreditações, a "EQUIS" e a "AMBA".[29]

Referências

  1. a b c d «Faculdade de Economia da Nova reforça internacionalização - Expresso.pt». aeiou.expresso.pt. Consultado em 30 de novembro de 2010 
  2. a b c «European Business School Rankings 2021». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  3. «Inauguração do 'campus' em Carcavelos é "dia glorioso" para Universidade Nova». Dinheiro Vivo. 29 de agosto de 2018 
  4. «Faculdade de Economia da Nova eleita número um a nível internacional». Expresso. 4 de dezembro de 2010 
  5. Cf. artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 402/73, de 11 de agosto.
  6. «A nossa história». Católica-Lisbon. Consultado em 1 de julho de 2022 
  7. «Lisbon MBA». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  8. «Entre no Campus mais moderno da Europa». Observador. 9 de agosto de 2018 
  9. «Entidades Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Nova School of Business and Economics". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 12 de novembro de 2018 
  10. a b «O Curso - Gestão». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  11. «Formação de Executivos». Nova SBE Executive Education. Consultado em 1 de julho de 2022 
  12. «Corpo Docente». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  13. a b «Sobre Nós - Contactos». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  14. «FAQ». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  15. «Inscrição em Unidades Curriculares». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  16. «Custos e bolsas». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  17. a b «Intercâmbio». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  18. «Global MBA Ranking 2021». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  19. «Masters in Management 2021». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  20. «Masters in Finance Pre-Experience 2022». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  21. «Executive Education Open 2022». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  22. «Executive Education Custom 2022». Financial Times. Consultado em 1 de julho de 2022 
  23. «EQUIS - the European Quality Improvement System». efmd.org. Consultado em 30 de novembro de 2010. Arquivado do original em 23 de abril de 2011 
  24. «Association of MBAs: Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa - Accredited Programmes». mbaworld.com. Consultado em 30 de novembro de 2010 
  25. «Nova SBE». CEMS. Consultado em 1 de julho de 2022 
  26. «School List». CEMS. Consultado em 1 de julho de 2022 
  27. «CEMS MiM». Nova SBE. Consultado em 1 de julho de 2022 
  28. «AACSB - report: Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Economia». datadirect.aacsb.edu. Consultado em 30 de novembro de 2010 
  29. «Triple Crown accreditation and what it means». Masterstart. Consultado em 1 de julho de 2022 

Ligações externasEditar