Abrir menu principal

Fala Baixo Senão Eu Grito

(Redirecionado de Fala baixo senão eu grito)

Fala Baixo Senão eu Grito é a peça de estréia da dramaturga paulista Leilah Assumpção.

Foi encenada pela primeira vez em 1969. Recebeu o prêmio Molière e o prêmio da APCT - Associação Paulista de Críticos Teatrais, atual Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). A direção foi de Clóvis Bueno. A atriz Marília Pêra fez o papel de Mariazinha, uma solteirona virgem que vive em um pensionato de freiras. Paulo Villaça fez o ladrão que, numa certa noite, pula a janela do quarto de Mariazinha com a intenção de roubar. Na conversa entre os dois, que dura a noite toda, a solteirona revela ao público e si mesma suas frustações.[1]

Referências

  1. Enciclopédia Itaú Cultural de Teatro. Fala baixo senão eu grito


  Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.