Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2017). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Abranches.

A Família Abranches descende do famoso cavaleiro D. Álvaro Vaz de Almada, por Henrique VI de Inglaterra titulado conde de Avranches (logo passado a Abranches em Portugal) na Normandia e que acompanhou o infante D. Infante D. Pedro no recontro de Alfarrobeira onde ambos perderam a vida frente às hostes do rei D. Afonso V de Portugal, sobrinho e genro do infante.

Os filhos de D. Álvaro adoptaram o nome do título (Abranches). Como D. Álvaro e os filhos caíram em desgraça, por terem apoiado o infante D. Pedro, só o filho mais novo, do 2º casamento, então uma criança, não se exilou, embora tenha sido escondido na Beira.

Este filho, D. Fernando, quando voltou a Lisboa e foi recebido por D. Afonso V e tomou o nome Almada, original, e veio mesmo, mais tarde, a requerer o título do pai, que lhe foi concedido, sendo o 2º e último conde de Abranches. Os outros filhos de D. Álvaro foram mais tarde perdoados por ordem real e regressaram ao Reino de Portugal.

ReferênciasEditar

  • Dicionário Universal Ilustrado, Ed. João Romano Torres & Cª.1911.
  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
  • SOVERAL, Manuel Abranches de - «Ascendências Visienses. Ensaio genealógico sobre a nobreza de Viseu. Séculos XIV a XVII», Porto 2004, ISBN 972-97430-6-1.
  • Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira - 50 vols. Vários, Editorial Enciclopédia, Lisboa, vol .1 - pg. 99.
  • O Grande Livro dos Portugueses, Círculo de Leitores, 1ª Edição, Lisboa, 1991, página 7.
  • Anuário da Nobreza de Portugal - 2006, António de Mattos e Silva, Dislivro, Histórica, 1ª Edição, Lisboa, 2006.
  • Armorial Lusitano, Afonso Eduardo Martins Zúquete, Editorial Enciclopédia, 3ª Edição, Lisboa, 1987.
  • La Casa de Alba, José Luis Sampedro Escolar, La esfera de los Libros, 1ª Edição, Madrid, 2007.