Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes (desde abril de 2010). Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir referências.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chen Kong Fang
Nascimento 1931
Morte 30 de novembro de 2012 (81 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação pintor

Chen Kong Fang (Tung Cheng, 1931 - São Paulo, 30 de novembro de 2012) foi um artista plástico chinês naturalizado brasileiro.

Índice

VidaEditar

Pintor, desenhista, gravador e professor, Fang foi o terceiro filho do engenheiro Han-Cheng Fang. Em 1937 já começava a desenhar com incentivo do pai. Em 1945 inicia seus estudos de sumi-ê e aquarela na China, com Chang-Zenshen. Vem morar em São Paulo com a família em 1951, naturalizando-se brasileiro em 1971. Entre 1954 e 1956, estuda pintura com Yoshiya Takaoka em São Paulo.

Faz sua primeira exposição individual em 1959, no Clube dos Artistas Plásticos de São Paulo. Entre 1965 e 1967, tenta a linha abstracionista, que abandona para retornar ao figurativismo. Em 1972, leciona na Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Viaja, em 1977, para a América do Norte, Europa e Ásia, onde desenvolve o seu trabalho de pintura. Em 1981, é realizado o curta metragem biográfico O Caminho de Fang, em São Paulo. Visita a China convidado pelo governo chinês em 1985, visitando locais de interesse artístico.

O Museu de Arte Contemporânea de São Paulo possui 15 pinturas e 8 desenhos de Fang. Suas obras estão também no acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo. Muitas de suas obras estão em coleções particulares no Brasil e no exterior.

Fang morreu aos 81 anos de idade, em 30 de novembro de 2012, em São Paulo, por complicações em uma cirurgia de diverticulite.[1]

ExposiçõesEditar

PrêmiosEditar

HomenagensEditar

  • 1981 - São Paulo, SP - Curta-metragem biográfico "O Caminho de Fang".
  • 1984 - Participação de 108 colecionadores para lançar o livro "Fang" com 144 páginas na Dan Galeria e escrito por Theon Spanudis. Homenagem "40 anos de pintura" com exposição na mesma galeria.
  • 1989 - Homenageado "Artista de Honra" da XVII Exposição de Arte Contemporânea Chapel Art Show.
  • 1993 - Mérito de "Grau Cavaleiro" conferida pelo então presidente do Brasil Sr. Itamar Franco.
  • 2004 - São Paulo, SP - Inauguração do Instituto Cultural Chien Kong Fang.
  • 2004 - Lançamento do Vídeo de arte "Chen-Kong Fang" pelo Instituto Cultural Fang no Espaço Unibanco de Cinema. Vídeo produzido e dirigido por Pedro Paulo Mendes.
  • 2005 - Grande Festa dos Gigantes 2005 em Blumenau, SC. Homenagem especial com Troféu Fang no Bela Vista Country Club.

Referências

  1. «Morre Fang, pintor e gravador». Estadão. 1 de dezembro de 2012. Consultado em 26 de abril de 2018 

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Chen Kong Fang