Abrir menu principal

Wikipédia β

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Fantasia.
Fantasia 2000
Fantasia 2000 (PT/BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
1999 •  cor •  75 min 
Direção Don Hahn
Pixote Hunt
Hendel Butoy
Eric Goldberg
James Algar
Francis Glebas
Paul Brizzi
Gaëtan Brizzi
Produção Roy E. Disney
Donald W. Ernst
Roteiro Tab Murphy
Bob Tzudiker
Noni White
Elenco James Levine
Orquestra Sinfônica de Chicago
Género Animação
Edição Jessica Ambinder-Rojas
Lois Freeman-Fox
Julia Gray
Craig Paulsen
Gregory Plotts
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Animation Studios
Richard Purdum Productions
Eulla Films
Brizzi Films
Distribuição Walt Disney Pictures
Buena Vista International
Idioma Inglês
Cronologia
Fantasia (1940)
Página no IMDb (em inglês)

Fantasia 2000 é um filme estadunidense do gênero animação e musical de 1999. É a sequência do filme de Fantasia de 1940 e como ele, possui sete segmentos animados contendo música clássica. O único segmento presente nos dois filmes é O Aprendiz de Feiticeiro. A trilha sonora do filme foi realizada pela Orquestra Sinfônica de Chicago pelo condutor musical James Levine. Um grupo de atores e atrizes conhecidas como Steve Martin, Bette Midler, James Earl Jones, Quincy Jones e Angela Lansbury, fazem uma introdução em cada segmento com imagens em live-action.

Roy E. Disney primeiramente pensou em uma sequencia de Fantasia no ano de 1974, mas a produção só começou em 1990. O filme possui sequencias animadas em que foram usadas imagens geradas por computador diferentemente da animação a mão usada em 1940. Peter Schickele trabalhou com Levine em cada segmento musical que aparece no filme.

Fantasia 2000 teve sua estreia no Carnegie Hall nos EUA em 17 de Dezembro de 1999, seguido de um lançamento exclusivo para IMAX[1] de 1 de Janeiro a 30 de Abril de 2000.

Índice

SinopseEditar

Fantasia 2000 é dividido em 8 segmentos, assim como o filme de 1940:

Sinfonia n.º 5Editar

É um segmento ao som da música de Ludwig van Beethoven, onde são mostradas imagens abstratas bastante coloridas e semelhantes a formas geométricas. O segmento se inicia com o maestro regendo a orquestra.

Pinheiros de RomaEditar

É um segmento ao som da música de Ottorino Respighi, este segmento deveria falar sobre pinheiros crescendo em ruínas de Roma, mas a Disney decidiu colocar no lugar das ruínas de Roma, pedras cobertas de musgo e algas; no lugar de Roma, o mar, e no lugar dos pinheiros, baleias voando e saltitando, esse foi o primeiro segmento da Disney todo em 3-D.

Rhapsody in BlueEditar

Rapsódia em Azul; É um segmento ao som da música de George Gershwin, onde se mostram pessoas ansiando realizar seus sonhos na Nova York nos anos 30.

Concerto de Piano No 2Editar

É um segmento ao som da música de Dmitri Shostakovich, conta o clássico de Hans Christian Andersen "O Soldadinho de Chumbo".

O Carnaval dos AnimaisEditar

É um segmento ao som da música de Camille Saint-Saëns, mostra como é o carnaval dos animais. Apesar do nome, em todo o segmento, são mostrados flamingos brincando de ioiô e dançando.

O Aprendiz de FeiticeiroEditar

É o retorno do principal segmento de Fantasia, já que os produtores de Fantasia 2000 não conseguiam imaginar Fantasia sem o aprendiz. Ao som da música clássica de Paul Dukas, vemos a história do Mickey Mouse como aprendiz de feiticeiro que rouba o chapéu mágico de seu mestre Yen Sid, faz as estrelas explodirem em fogos de artifício e acaba criando grandes confusões com as vassouras mágicas.

Marchas de Pompa e CircunstânciaEditar

Pompa e Circunstância; É um segmento onde vemos o Pato Donald interpretando um ajudante de Noé, com sua namorada Margarida.

O Pássaro de FogoEditar

Inspirado em um conto russo, é um seguimento no qual o espírito da primavera fica frente a frente com o pássaro de fogo. Este segmento é acompanhado pela composição homônima de Igor Stravinski, e conclui essa versão de Fantasia, com uma mensagem sobre vida, morte e ressurreição.

LançamentoEditar

A animação foi lançada nos cinemas dos EUA em 17 de Dezembro de 1999 e re-lançado em Dezembro de 1999 e Janeiro de 2000.

No Brasil, Fantasia 2000 foi lançado em 16 de Junho de 2000.

BilheteriaEditar

Segundo o site Box Office Mojo, Fantasia 2000 arrecadou nos cinemas $90,874,570 ($60,655,420 nos EUA/Canadá e $30,219,150 nos outros países).[2]

Referências

  1. Fantasia 2000 foi o primeiro longa metragem de animação lançado nesse formato.
  2. «Bilheteria do filme» 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre personagens, revistas ou outros assuntos da Disney é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Precedido por
Tarzan
Lista de filmes da Disney
1999
Sucedido por
Dinossauro