Abrir menu principal
Farol do Cabo de Sines
Farol de Sines.jpg
Número nacional
401
Localização
Coordenadas
Banhado por
Endereço
Localização
Altitude
56 m
História
Inauguração
1880
Automatização
1995
Estatuto patrimonial
Sem protecção legal (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Arquitetura
Altura
22
Material
Altura focal
56 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Material
Equipamento
Ótica original
Ótica
Lâmpada
1 000 W
Alcance luz
Luz característica
Identificadores
№ Faróis de Portugal
401Visualizar e editar dados no Wikidata
internacional
D-2160
№ da ARLHS
POR-008
№ da NGA
113-3572[1]

O farol do Cabo de Sines é um farol português que se localiza no Cabo de Sines, Sines, distrito de Setúbal.

Trata-se de uma torre cilíndrica branca com edifício anexo, tem 22 metros de altura. Farolim vermelho.

HistóriaEditar

Construído em 1880, é composto por dois edifícios anexos e uma torre cilíndrica. Estava munido de um aparelho óptico de 2ª ordem que possibilitava a visualização da luz, originada pela queima de gás de petróleo, a 25 M. Em 1915 este aparelho é substituído por um outro de terceira ordem, passando o alcance para 30 M.

O edifício do farol era composto de três corpos, sendo os dois inferiores compostos, cada um, de um pavimento, e o superior constituído por uma torre cilíndrica, tendo no coroamento uma varanda de ferro, e na parte superior um corpo cilíndrico de menor diâmetro, sobre o qual assentava a lanterna.

Em 1950 passa a funcionar como farol aeromaritimo e, por alteração da fonte luminosa, vê o seu alcance reduzido para 42 M. Em 1993 a sua torre é aumentada e o aparelho óptico removido. Foi, depois em 1995, substituído por um outro de quarta ordem com lâmpadas de 1.000 W, que lhe garantem um alcance de 26 M.

InformaçõesEditar

  • Aberto ao público: Sim, todas as quartas-feiras das 14H00 às 17H00[2]

Referências

  1. «Cabo de Sines». NGA List of Lights - Pub. 113 - Aid No. 3572 (em inglês). NGA - National Geospatial-Intelligence Agency. 26 de setembro de 2009. Consultado em 31 de agosto de 2010 
  2. «Faróis abrem ao público todas as quartas-feiras». Marinha. 19 de novembro de 2011. Consultado em 23 de julho de 2012. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2013 

Ligações externasEditar