Abrir menu principal
Fistball 01.png


O Punhobol (Faustball em alemão ou Fistball em Inglês), é um esporte coletivo, semelhante ao voleibol, por ser seu precursor, com a diferença de ser jogado em um campo de grama que mede 50 m x 20m, também pode ser jogado em uma quadra de salão que mede 40m x 20m, esse esporte é jogado com cinco jogadores de cada lado.

O campo é dividido ao meio por dois postes, onde é esticado um cabo ou rede, que varia de 3 a 7 centímetros de largura, à uma altura de 2m (adulto masculino) ou 1,90m (adulto feminino). Todas as jogadas são efetuadas com o punho fechado e as defesas com o antebraço. O país que mais pratica o esporte é a Alemanha.

O punhobol ainda é pouco conhecido no Brasil, apesar de o esporte estar entre um dos mais vencedores do país. São dezenas de conquistas internacionais, incluindo todas as categorias e gêneros. Os Campeonatos Sul-Americanos, de seleções nacionais, são disputados desde 1961. A Argentina venceu em 1961 e 1983, os demais títulos, todos, foram conquistados pelo Brasil, inclusive na categoria juvenil (desde 1984), feminina adulto (desde 1987) e feminina juvenil (desde 1988). Apesar das conquistas, o esporte não tem muito apoio político e econômico em terras brasileiras.

Em 2012 a cidade de Pomerode recebeu o campeonato Mundial de Clubes. Na ocasião, enfrentaram-se as equipes campeãs do campeonato Europeu (Union Schick Freistadt) e do campeonato Sul americano (Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo). O evento ocorreu nos dias 20 e 21 de outubro, tendo a equipe brasileira como vencedora.

BrasilEditar

É um esporte praticado basicamente na região sul do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), iniciando sua expansão no sudeste (São Paulo e Rio de Janeiro), principalmente em função dos descendentes de imigrantes alemães.

A prova de que esta expansão é um algo mais que concreto foi a realização do Campeonato Paulista em 2008, disputado em duas etapas na Esef, em Jundiaí. O título no adulto masculino ficou com o Bandeirante 111, após campanha de 9 vitórias em 10 jogos. Na final, a equipe de São Paulo venceu Várzea Paulista por 9x11, 11x5 e 11x4. Os atletas campeões foram Daniel Balsa, Leonardo Belloff, Diego Rizatelo, João Carlos, Paulo Roberto "Betão" e Sócrates Cavalcante.

Hoje no Brasil são disputadas copas e campeonatos em todas as categorias: desde a mirim (ano em que completamos 12 anos) até a dos veteranos (dividida em duas categorias: acima de 35 anos ou 45 anos), assim como a infantil (até 15 anos), juvenil (até 17 anos), júnior (até 20 anos), e adulta (sem idade para iniciar ou terminar participação).

Apesar de ser um esporte altamente intuitivo para aplicação em escolas é pouco divulgado. Segundo Gastão Englert, ex-jogador e técnico da Seleção Brasileira de Punhobol, e atual técnico da seleção americana, o Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IFSul) Campus Camaquã é a única escola no mundo que tem oficializado nas aulas de Educação Física o ensino do esporte, assim como a existência de um campo de Punhobol dentro da escola.

A entidade responsável pelo esporte no Brasil é a Confederação Brasileira de Desportos Terrestres (CBDT), fundada em 1979.[1]

ResultadosEditar

No último Campeonato Mundial de Punhobol entre Seleções, em 2007, a Áustria foi a campeã. O Brasil, que havia ganho os dois últimos (em 1999 e 2003), foi vice. O clube com mais títulos mundiais é a Sogipa, de Porto Alegre, 10 vezes campeã mundial no masculino e 1 no feminino.

Campeonato Mundial - MasculinoEditar

Ano Local Campeão Vice Terceiro
1968  
Linz,
Áustria
 
Alemanha Ocidental
 
Áustria
 
Alemanha Oriental
1972  
Schweinfurt,
Alemanha Ocidental
 
Alemanha Ocidental
 
Brasil
 
Áustria
1976  
Novo Hamburgo,
Brasil
 anha Ocidental  
Brasil
 
Áustria
1979  
St. Gallen,
Suíça
 
Alemanha Ocidental
 
Áustria
 
Brasil
1982  
Hanôver,
Alemanha Ocidental
 
Alemanha Ocidental
 
Brasil
 
Suíça
1986  
Buenos Aires,
Argentina
 
Alemanha Ocidental
 
Áustria
 
Brasil
1990  
Vöcklabruck,
Áustria
 
Alemanha Ocidental
 
Áustria
 
Brasil
1992  
Llanquihue,
Chile
 
Alemanha
 
Áustria
 
Brasil
1995  
Windhoek,
Namíbia
 
Alemanha
 
Suíça
 
Áustria
1999  
Olten,
Suíça
 
Brasil
 
Alemanha
 
Áustria
2003  
Porto Alegre,
Brasil
 
Brasil
 
Alemanha
 
Áustria
2007  
Oldenburg,
Alemanha
 
Áustria
 
Brasil
 
Alemanha
2011  
Viena,
Áustria
 
Alemanha
 
Áustria
 
Brasil
2015  
Córdoba,
Argentina
 
Alemanha
 
Suíça
 
Áustria
2019  
Winterthur,
Suíça

Campeonato Mundial - FemininoEditar

Ano Local Campeão Vice Terceiro
1994  
Buenos Aires,
Argentina
 
Alemanha
 
Áustria
 
Brasil
1998  
Villach e Linz,
Áustria
 
Alemanha
 
Suíça
 
Brasil
2002  
Curitiba,
Brasil
 
Suíça
 
Brasil
 
Alemanha
2006  
Jona,
Suíça
 
Alemanha
 
Brasil
 
Áustria
2010  
Santiago,
Chile
 
Brasil
 
Alemanha
 
Áustria
2014  
Dresden,
Alemanha
 
Alemanha
 
Áustria
 
Brasil
2016  
Curitiba,
Brasil
 
Alemanha
 
Brasil
 
Suíça
2018  
Linz,
Áustria