Federação Aeronáutica Internacional

A Fédération Aéronautique Internationale (FAI) é um órgão internacional criado em 1905 que governa e regulariza os esportes aéreos no mundo.

É ela quem homologa todos os campeonatos mundiais e recordes de desportos aéreos e astronáutica.[1]

No Brasil ela é representada pela CAB (Comissão do Aerodesporto Brasileira).

A FAI tem como objetivo principal encorajar o desenvolvimento dos desportos aéreos em todo o mundo. As suas áreas de competência abrangem múltiplas actividades – os aviões, as acrobacias aéreas, os hidroaviões, os helicópteros, os balões, os dirigíveis, os parapentes, as asas-delta, os planadores, os saltos de para-quedas, os veículos espaciais, etc.[2]

HistóriaEditar

A FAI foi criada nos moldes do Comitê Olímpico Internacional. Sua criação surgiu da necessidade de estabelecer critérios aceitos internacionalmente para se decidir se um aparelho mais pesado que o ar era viável. Os critérios eram:

  • a) o voo deveria ser realizado na presença de um organismo oficial, habilitado para homologá-lo;
  • b) o voo deveria se realizar em tempo calmo e sobre um terreno plano e devidamente autenticado;
  • c) o avião deveria deixar o solo pelos próprios meios, em um ponto pré-determinado, com um homem a bordo;
  • d) o aparelho deveria carregar a bordo as fontes de energia necessárias;
  • e) o aparelho deveria voar em linha reta;
  • f) o aparelho deveria executar uma mudança de direção (viragem e círculo);
  • g) o aparelho deveria retornar ao ponto de partida.

AtividadesEditar

A FAI é o órgão internacional de governança para as seguintes atividades:

A FAI estabelece os padrões para registros nas atividades. Onde estes são esportes aéreos, a FAI também supervisiona competições internacionais em nível mundial e continental, e também organiza os Jogos Aéreos Mundiais e o Grande Prêmio Mundial da FAI.

A FAI organiza a FAI International Drones Conference and Expo. Este evento oferece uma plataforma para organizações, empresas e indivíduos discutirem como os drones são usados ​​hoje e criar uma estrutura de como eles serão usados ​​e terão impacto na vida no futuro.

A FAI também mantém registros em voos espaciais humanos, por meio da Comissão de Registros Astronáuticos da FAI ("International Astronautic Records Commission - ICARE)[13]

Definição da linha KarmanEditar

 Ver artigo principal: Linha de Kármán

A FAI define o limite entre a atmosfera da Terra e espaço exterior, a chamada Linha Karman, como a altitude de 100 quilômetros (62 milhas; 330 000 pés) acima do nível do mar da da Terra.[14]

Referências

  1. «Confederação Brasileira de Balonismo». www.balonismo.org.br. Consultado em 23 de setembro de 2021 
  2. «Choose your country or region». Breitling (em inglês). Consultado em 23 de setembro de 2021 
  3. «FAI Aerobatics Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  4. «FAI Aeromodelling Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  5. «FAI Ballooning Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  6. «FAI General Aviation Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  7. «FAI Gliding Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  8. «FAI Hang Gliding & Paragliding Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  9. «FAI Amateur-Built and Experimental Aircraft Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  10. «FAI Microlight & Paramotor Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  11. «FAI Skydiving Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  12. «FAI Rotorcraft Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  13. «FAI Astronautic Records Commission». Fai.org (em inglês). Consultado em 11 de janeiro de 2018 
  14. Dr. S. Sanz Fernández de Córdoba (24 de junho de 2004). «The 100 km Boundary for Astronautics». Fédération Aéronautique Internationale. Consultado em 28 de dezembro de 2020 

Links externosEditar