Abrir menu principal

Federação das Índias Ocidentais



A Federação das Índias Ocidentais (em inglês: West Indies Federation, Federation of the West Indies ou West Indian Federation )[2][3] foi uma união política criada a 3 de janeiro de 1958, em que se agrupavam várias ilhas do Caribe (Caraíbas) que eram colônias britânicas, incluindo Trinidad e Tobago, Barbados, Jamaica e aquelas situadas nas Ilhas de Sotavento e Barlavento, para formarem a Federação. Sua capital foi a cidade de Port of Spain, localizada no território de Trinidad e Tobago.[4]

A intenção expressa da Federação era criar uma unidade política que se tornaria independente da Grã-Bretanha como um único estado (possivelmente semelhante à Confederação Canadense, à Comunidade Australiana ou à Federação da Rodésia e Niassalândia). No entanto, antes que isso pudesse acontecer, a Federação deixou de existir em 31 de maio de 1962 com a independência ou separação dos seus dois maiores estados, sendo eles Trinidad e Tobago e a Jamaica. O colapso desta união foi devido a conflitos políticos internos sobre a forma como a própria Federação seria governada ou como funcionaria com facilidade.[5]

Esta união política possuía 20.239 km² de área e era integrada pelos atuais estados de Antígua e Barbuda, Barbados, Dominica, Granada, Jamaica, Trinidad e Tobago, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas e pelos atuais territórios britânicos ultramarinos de Anguila, Ilhas Cayman, Ilhas Turcas e Caicos e Montserrat; com a Guiana Britânica (atual Guiana) e Honduras Britânicas (atual Belize) tendo o estatuto de observador na Federação das Índias Ocidentais.[6]

Índice

ProvínciasEditar

Mapa das Províncias da Federação das Índias Ocidentais
Províncias e Territórios das Índias Ocidentais
Bandeira Província Capital População Área (km²)
  Antígua e Barbuda St. John's 57.000 440
  Barbados Bridgetown 234.000 431
  Ilhas Cayman (anexada à Jamaica) George Town 9.000 264
  Dominica Roseau 61.000 750
  Grenada St. George's 91.000 344
  Jamaica Kingston 1.660.000 10.991
  Montserrat Plymouth 13.000 102
  São Cristóvão-Nevis-Anguilla Basseterre 55.600 351
  Santa Lúcia Castries 95.000 616
  São Vicente e Granadinas Kingstown 83.000 389
  Trinidad e Tobago Port of Spain 900.000 5.131
  Ilhas Turcas e Caicos (anexada à Jamaica) Cockburn Town 6.000 430
  Federação das Índias Ocidentais Chaguaramas 3.264.600[7] 20.239 km2

Historicamente contextualizadas como sendo nações ocidentais, as Bahamas, as Bermudas, Belize, as Ilhas Virgens Britânicas e a Guiana optaram por não se juntar a união, pois não acreditavam que seu futuro se encontrava em uma associação com a América do Norte (tanto para as Bahamas quanto para as Bermudas), América Central e Ilhas Virgens Americanas. A Guiana optou por não se juntar naquela época devido às contínuas lutas políticas e internas para a independência do Reino Unido, iniciadas na década de 1950. Em questão estavam o recém-formado partido político com tendências socialistas, no auge da Guerra Fria. Esperava juntar-se à federação uma vez que os problemas fossem resolvidos. As Bahamas participaram dos Jogos da Federação das Índias Ocidentais de 1960, com o futuro primeiro-ministro das Bahamas, Perry Christie, como atleta. Havia, no entanto, possível interesse da Guiana em uma federação caribenha muito frouxa retentada em 1971.[5][6][8][9]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Federal capital (site)». api.parliament.uk (em inglês). 9 de julho de 1957. Consultado em 21 de junho de 2019 
  2. «THE WEST INDIES (FEDERATION) ORDER IN COUNCIL, 1957(a)» (PDF) (em inglês). Laws of the West Indies. 31 de julho de 1957. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  3. Oostindie, Gert; Klinkers, Inge (2003). Decolonising the Caribbean: Dutch Policies in a Comparative Perspective (em inglês). [S.l.]: Amsterdam University Press. ISBN 9789053566541. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  4. Archibald, Charles H. (1962). «The Failure of the West Indies Federation». The World Today (em inglês). 18 (6): 233–242. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  5. a b «The West Indies Federation» (em inglês). Caribbean Community Secretariat (salvo em Wayback Machine). 2011. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  6. a b «Proposed Caribbean Federation». api.parliament.uk (em inglês). 17 de novembro de 1971. Consultado em 21 de junho de 2019 
  7. «Population statistics: historical demography». www.populstat.info. Consultado em 8 de setembro de 2017 
  8. «PROPOSED CARIBBEAN FEDERATION». hansard.millbanksystems.com (em inglês). Hansard. 17 de novembro de 1971. Consultado em 14 de novembro de 2018 
  9. «Other Caribbean realms» (em inglês). The Monarchy Today - Queen and Commonwealth (salvo em Wayback Machine). 2006. Consultado em 14 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar