Felipe Barreto Adão

futebolista brasileiro

Felipe Barreto Adão, mais conhecido como Felipe Adão (Rio de Janeiro, 26 de novembro de 1985) é um futebolista brasileiro, que atua tanto como meia e atacante.

Felipe Adão
Informações pessoais
Nome completo Felipe Barreto Adão
Data de nasc. 26 de novembro de 1985 (34 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Altura 1,89 m
Destro
Informações profissionais
Período em atividade 2004presente (16 anos)
Clube atual Cabofriense
Posição Atacante
Clubes de juventude

19982004
Flamengo
Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2004
20052006
2007
20072008
2008
2009
2011
2011
2011
2012
2013
2013
2014
2014
2015
2016
2016
2019
2020
Figueirense
Botafogo
Atlético Goianiense
FC Luzern
Marília
Boavista
America
Vitória da Conquista
Guarani
Serrano
Independiente del Valle
Mixto
XV de Piracicaba
FC Anyang
Dibba Al-Fujairah
Tigres do Brasil
Al Wehda
Bangu
Cabofriense





000? 0000(1)
0012 0000(2)
0007 0000(2)
0004 0000(3)
0003 0000(0)

0001 0000(0)
0002 0000(0)
0023 0000(3)

0003 0000(0)

0009 0000(0)
0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 28 de março de 2019.

CarreiraEditar

Filho do ex-jogador Cláudio Adão, Felipe Adão iniciou-se no futebol nas divisões de base do Flamengo e do Vasco da Gama. Profissionalmente, começou no Figueirense de Santa Catarina.

Jogou, em 2006, pelo Botafogo, no qual se sagrou Campeão Carioca de 2006, após ter ajudado o clube na conquista da Taça Guanabara. Na reabertura do Maracanã marcou o último gol da goleada botafoguense contra o Vasco, com o placar de 5 a 3 em janeiro de 2006. O promissor atacante balançou a rede mais vezes durante a temporada que atuou pelo Botafogo, alcançando 6 gols no ano, mesmo com poucas oportunidades como titular no comando do técnico Cuca. Com o pedido do próprio Felipe Adão de rescindir seu contrato com o Botafogo, vários clubes do Brasil e do exterior fizeram propostas para contar com o jogador, como o Fluminense e o Lucerna, da Suíça. Porém em março de 2007, o jogador acertou com o líder do Campeonato Goiano, o Atlético Goianiense, almejando conquistar o título regional e uma boa participação na Copa do Brasil. Em junho de 2007, assinou contrato de dois anos com o Lucerna, segundo o jornal esportivo Lancenet.

No Campeonato Baiano de 2011, Foi destaque do Vitória da Conquista. Foi cotratado pelo Guarani para a disputa da Série B 2011.

No dia 6 de Novembro de 2011, Felipe Adão entrou na justiça contra o Guarani. O advogado do atacante Felipe Adão, João Henrique Chiminazzo, confirmou de forma oficial, que, o contrato do jogador com o Guarani está rescindido após decisão da judicial da 8.ª Vara do Trabalho de Campinas. [1]

Ligações externasEditar

Referências

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.