Abrir menu principal
Felipe Kitadai Judo pictogram.svg
Informações pessoais
Nome completo Felipe Eidji Kitadai
Modalidade Judô
Nascimento 28 de julho de 1989 (30 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade Brasil brasileira
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Londres 2012 –60 kg
Jogos Pan-Americanos
Ouro Guadalajara 2011 –60 kg
Prata Toronto 2015 –60 kg

Felipe Eidji Kitadai (São Paulo, 28 de julho de 1989[1]) é um judoca brasileiro. É medalhista olímpico.

CarreiraEditar

Integra a selecão brasileira de judo desde 2008.

Em 2009, Kitadai, ganhou uma medalha de bronze na Maccabiah de 2009 em Tel Aviv, Israel, batendo o americano Lindsey Durlacher ao longo do caminho.

Integrante da SOGIPA, o judoca ganhou notoriedade ao ser medalhista de ouro da categoria até 60 kg na Copa do Mundo em Roma, ao ter em sua trajetória uma vitória sobre o único tricampeão olímpico da história do judô, Tadahiro Nomura.[2]

O atleta também teve outras conquistas expressivas na carreira: foi ouro nos Jogos da Lusofonia 2009, bronze na Copa do Mundo de São Paulo 2010 e prata no Campeonato Pan-Americano, em 2010.[1]

Pan 2011Editar

Nos Jogos Pan-Americanos de 2011, Kitadai foi medalha de ouro na categoria até 60 kg.[3]

Londres 2012Editar

Na Olimpíada de 2012, conquistou a medalha de Bronze na categoria até 60 kg, no dia do seu aniversário.[4][5]

Toronto 2015Editar

Nos Jogos Pan-Americanos de 2015, Kitadai foi medalha de prata na categoria até 60 kg.[6]

Referências

  1. a b Por Dentro do Esporte. (8 de setembro de 2010). Brasil estreia no Mundial de Judô e tenta apagar fiasco[ligação inativa], acesso em 2 de outubro de 2010
  2. UOL Esporte. (2 de outubro de 2010). Kitadai vence tricampeão olímpico e leva ouro na Copa do Mundo de judô, acesso em 2 de outubro de 2010
  3. Kitadai é ouro no Pan 2011
  4. Terra. (28 de julho de 2012). Kitadai supera italiano no desempate, conquista bronze e chora, acesso em 28 de julho de 2012
  5. Kitadai leva bronze no judô, primeira medalha do Brasil em Londres 2012
  6. «Kitadai leva ippon em poucos segundos e fica com a prata no Pan». Consultado em 14 de julho de 2015 

Ligações externasEditar