Abrir menu principal

Felipe Pérez Roque

político cubano
Felipe Pérez Roque
Pérez Roque em setembro de 2006.
Ministro de Relações Exteriores de Cuba
Período 28 de maio de 1999
a 2 de março de 2009
Antecessor Roberto Robaina
Sucessor Bruno Rodríguez Parrilla
Dados pessoais
Nome completo Felipe Ramón Pérez Roque
Nascimento 28 de março de 1965 (54 anos)
Havana, Cuba
Nacionalidade cubano
Partido Partido Comunista de Cuba

Felipe Ramón Pérez Roque (Havana, 28 de março de 1965) é um político cubano.

Carreira políticaEditar

A carreira política de Pérez Roque (apelidado pelos cubanos el Perro) começou no tempo da universidade, onde se formou em engenharia eletrônica, com a participação de estudantes de organizações ligadas ao movimento castrista. O jovem se juntou ao pessoal de Fidel Castro, trabalhou no Conselho de Estado, e foi inserido no comitê central do Partido Comunista de Cuba.

Em 1999, foi escolhido como ministro de relações exteriores, no lugar de Roberto Robaina: no momento de sua nomeação, foi o ministro cubano mais jovem e o único que nasceu depois de 1959, ano do triunfo da Revolução Cubana.

Nesta capacidade, não poupou críticas à administração Bush, acusado de ter apertado ainda mais o embargo a Cuba. Além disso, Pérez Roque é o principal responsável para a aproximação entre Cuba e China, e tornou-se o promotor de uma aliança militar entre dois países, assinado em 2001.

Pérez Roque foi demitido como ministro de relações exteriores em 2 de março de 2009 pelo presidente Raúl Castro por ter traído a revolução e foi substituído por Bruno Rodriguez, que anteriormente era seu vice.[1]

Referências

  1. «Cuba, Raul rimpasta o esquema Via o homem forte Perez Roque» (em italiano). la Repubblica.it. 2 de março de 2009. Consultado em 19 de setembro de 2018 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Felipe Pérez Roque
Precedido por
Roberto Robaina
Ministro de Relações Exteriores de Cuba
1999-2009
Sucedido por
Bruno Rodríguez Parrilla