Felis manul

Como ler uma infocaixa de taxonomiaGato-de-pallas
Um gato-de-pallas.
Um gato-de-pallas.
Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Subfamília: Felinae
Género: Otocolobus
Espécie: O. manul
Nome binomial
Otocolobus manul
Pallas, 1776
Distribuição geográfica
Distribuição do gato-de-pallas
Distribuição do gato-de-pallas
Sinónimos
Otocolobus manul

O gato-de-pallas (Felis manul ou Otocolobus manul) também conhecido como manul, é um pequeno gato selvagem da Ásia Central e sul da Sibéria. [1] [2]

Três tipos de gatos são conhecidos no mundo: o gato-de-pallas siberiano, o gato-de-pallas da Ásia Central e o o gato-de-pallas tibetano. [3]

O seu nome vulgar é derivado do nome daquele que primeiro o descreveu, em 1776: Peter Simon Pallas. [3]

Eles não toleram bem a presença de humanos a não podem ser domesticados. [3] [4]

Tendem a viver cerca de 11 anos em cativeiro, um tempo mais curto que o do gato doméstico.

Origem e evoluçãoEditar

Estima-se que o gato-de-pallas apareceu na Terra como uma espécie única há cerca de 10-12 milhões de anos. Ele é um contemporâneo do tigre dente-de-sabre, ao qual pode ter sobrevivido sem sofrer nenhuma mudança evolutiva especial. Cientistas acreditam que o gato persa e o angorá descendem diretamente do manul. [3]

Classificação taxonômica resumidaEditar

Classe: Mammalia (mamíferos); família: Felidae (felídeos); espécie: Felis manul. [4]

MorforlogiaEditar

 
O manul tem o pelo "mais fofo" entre todos os filinos

Eles são mais ou menos do tamanho de um gato doméstico, medindo entre 50 a 62 cm, com uma cauda de 23 a 31 cm e peso de 2,5 a 4 kg. As orelhas são bem separadas, os olhos são amarelos e o focinho (nariz) é achatado. São baixos e atarracados, rechonchudos e têm pernas curtas. [3]

Sua pelagem é considerada a "mais fofa" entre os felinos, sendo que os pelos podem chegar a medir 7cm. O gato-de-pallas siberiano tem uma pelagem de cor cinza claro, o gato-de-pallas da Ásia Central tem um pelo mais avermelhada com listras avermelhadas e o gato-de-pallas tibetano apresenta uma pelagem de cor cinza mais escuro que fica prateada no inverno. [3]

Acasalam uma vez ao ano e a gestação dura cerca de 60 dias. Geralmente nascem de 2 a 6 gatinhos, mas podem também nascer mais, como aconteceu no zoo de Novosibirsk, onde uma gata-de-pallas teve 8 filhotes. [1]

Hábitos gerais e alimentaresEditar

Já aos 3-4 meses os bebês caçam sozinhos e aos 10 se tornam adultos e passam a viver isolados. [3]

São felinos solitários, de hábitos noturnos, que caçam, geralmente, pelo método da emboscada - esperam a presa aparecer perto de sua toca e então a agarram.

O manul alimenta-se de ratazanas, esquilos, hamsters, bem como de pequenas aves, incluindo perdizes. Às vezes apanha também marmotas e lebres tolai ainda jovens. [3]

HabitatEditar

O manul habita as estepes e planícies do Cáucaso, sul da Sibéria e Ásia Central, onde vive em fendas nas rochas, debaixo de pedras, pequenas cavernas e em velhas tocas de marmotas e outros bichos, locais dos quais sai geralmente ao entardecer ou amanhecer para, principalmente, caçar. [1] [2] [3]

  • o gato-de-pallas siberiano vive no território da Rússia (Sibéria, Krasnoyarsk, Transbaikalia, Tuva e Altai), Mongólia e na China;
  • o gato-de-pallas da Ásia Central é mais frequentemente encontrado no Afeganistão, Uzbequistão, Paquistão, Turcomenistão, Tadjiquistão, Irã e Cazaquistão;
  • o gato-de-pallas tibetano vive tipicamente no Tibete, Caxemira e Nepal.

Perigo de extinçãoEditar

O gato-de-pallas é uma espécie em grande perigo de extinção (Lista Vermelha na Rússia), pois era caçado para ser vendido como animal de estimação o para ter a pele comercializada, o que foi proibido há vários anos, exceto na Mongólia. Mesmo assim, muitos caçadores ilegais continuam desrespeitando a lei e vendendo peles de manuls. Ele também morre por atropelamento ou por consumir roedores que foram envenenados. [1]

No início dos anos 2000, a Rússia possuía apenas entre 3 mil e 3,6 mil exemplares da espécie. O Zoológico de Novosibirsk, um dos maiores do país, virou praticamente uma reserva para preservação do manul. [1]

Na Rússia, quem for preso por transgredir a lei de proteção ao animal pode ser condenado a 5 anos de trabalhos forçados ou até a 5 anos de prisão. [3]

Na imprensaEditar

Ligações externasEditar

  A Wikipédia possui o
Portal dos Felinos.
  1. a b c d e «Zoológico da Sibéria registra o nascimento de 16 filhotes de felino raro». G1. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  2. a b «Manul spotted in Armenia for the first time in 100 years». PanARMENIAN.Net. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  3. a b c d e f g h i j «Манул: особенности "вечно недовольной" дикой кошки». РИА Новости (em russo). 8 de dezembro de 2020. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  4. a b «Pallas's cat | mammal». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 2 de janeiro de 2021