Fenda interglútea

A fenda interglútea (crena analis, crena ani, crena interglutealis, sulcus glutealis em latim[1][2]) é a fenda que separa as duas nádegas formadas pelos músculos glúteos máximos, formando um arco mediano que segue a curvatura do sacro e do cóccix, entre o períneo e a alta região do sacro.

Fenda interglútea

Este sulco pode sofrer várias patologias, entre elas psoríase invertida,[3][4] síndrome de regressão caudal,[5] e cisto pilonidal.

Ver tambémEditar

Referências

  1. FMA Broawer. «intergluteal cleft». Consultado em 13 de junho de 2021 
  2. OncoFisio. «O QUE É ASSOALHO PÉLVICO?». Consultado em 13 de junho de 2021 
  3. James, William (2005). Andrews' Diseases of the Skin:Clinical Dermatology. [S.l.]: Saunders. pp. 193. ISBN 0-7216-2921-0 
  4. Tosti, Antonella; Piraccini, Bianca M (1 de janeiro de 2005), Scher, Richard K; Tosti, Antonella; Elewski, Boni E; Daniel, C Ralph, eds., «Chapter 11 - Dermatological Diseases», ISBN 978-1-4160-2356-2, Edinburgh: W.B. Saunders, Nails (Third Edition) (em inglês), pp. 105–121, doi:10.1016/b978-141602356-2.50017-7, consultado em 3 de novembro de 2020 
  5. «Surgical Correction of Spinopelvic Instability in Children With Caudal Regression Syndrome». PMC 6542167 . doi:10.1177/2192568218779984 
  Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.