Abrir menu principal

Fernanda Young

Escritora, roteirista e atriz brasileira

BiografiaEditar

Sua formação literária foi em parte constituída durante a travessia da baía de Guanabara em barcas ou ônibus.[1] Dedicou-se aos livros na busca de aperfeiçoamento, influências e distração. Interrompeu os estudos após a conclusão do ensino fundamental, posteriormente concluindo o médio por meio de um supletivo de seis meses. Frequentou a faculdade de Letras da Universidade Federal Fluminense, sem chegar a se formar. Ainda viria a cursar Jornalismo na Faculdade Hélio Alonso e, depois de mudar-se para São Paulo e iniciar sua carreira de escritora, virar aluna de Rádio & Televisão na FAAP, mas não terminaria nenhum dos cursos. Fernanda teria jurado nunca mais pisar em um campus universitário após as experiências, mas atualmente estava cursando Artes Plásticas na FAAP.[2]

CarreiraEditar

Em 1995 estreou como autora no seriado A Comédia da Vida Privada, da Rede Globo. No ano seguinte, Fernanda lançou seu primeiro romance, Vergonha dos Pés, que já tem mais de 15 edições. No ano seguinte, lançou À Sombra de Vossas Asas, que conta a história de amor, obsessão e vingança entre o fotógrafo Rigel (que reaparece no livro Aritmética) e da aspirante-a-top-model Catarina, que teve os direitos comprados por uma produtora de Hollywood interessada em fazer um filme da história. A princípio, os livros de Fernanda conseguiram boa exposição na mídia devido à sua persona peculiar, suas declarações controversas, sua obsessão com cultura pop e seu visual, construído por cabelos geralmente curtos, grandes tatuagens e, por algum tempo, ostensivas pulseiras de baquelite das décadas de 1920 a 1950.

 
Fernanda em entrevista na cidade de Belém, durante a edição de 2010 da Feira do Livro.

Em 1998 lançou o romance Carta para Alguém Bem Perto, seguido pelo criticado As Pessoas dos Livros (2000). Em 2001, após o lançamento de seu quarto romance, O Efeito Urano, Fernanda retomou a carreira de roteirista de televisão, com Os Normais. O seriado seria exibido durante dois anos na Rede Globo e culminaria em um longa-metragem, lançado em 2003. Fernanda também participaria dos roteiros do quadro Supersincero (2005), no programa Fantástico, e do seriado Minha Nada Mole Vida, em 2006. Entre 2002 e 2003, Young coapresentou, ao lado de Rita Lee, Mônica Waldvogel e Marisa Orth, o programa feminino Saia Justa no canal a cabo GNT. Seus próximos livros, o romance Aritmética e a coletânea poética Dor do Amor Romântico, sairiam, respectivamente, em 2004 e 2005. Escreveu uma coluna mensal na revista Claudia.

Apresentou no canal GNT o programa Irritando Fernanda Young, programa de entrevistas com celebridades entre 2006 a 2010. Em maio de 2012, estreia no GNT o programa Confissões do Apocalipse, seguindo a linha de entrevistas com pessoas conhecidas, porém tendo como pano de fundo a previsão maia acerca do fim do mundo, em 21 de dezembro de 2012, data de sua última exibição. Em 2013, escreveu e atuou como uma das protagonistas da série Surtadas na Yoga, com 13 episódios na primeira temporada. A série conta a história de três mulheres que fazem ioga para não surtar. As "surtadas" Jessica (Fernanda Young), Ana Maria (Flávia Garrafa) e Marion (Anna Sophia Folch) não estão em busca de sexo e de homens. São solitárias, sim, gostariam de encontrar alguém, sim, mas estão mais preocupadas em sobreviver à loucura do mundo – e à loucura própria – com independência e a consciência tranquila.[3] Devido ao sucesso e crescimento de 115% na audiência do GNT[4] em abril de 2014, a segunda temporada entrava no ar com mais 13 episódios.[5][6]

Foi duas vezes indicada ao Emmy Internacional de melhor comédia, pelos seriados Separação?! (Rede Globo, 2010) e Como Aproveitar o Fim do Mundo (Rede Globo, 2012). Fernanda Young posou nua para a edição brasileira da revista Playboy, lançada em novembro de 2009.[7] Em maio de 2015, lançou seu 11º livro e o 2º de poesias de sua carreira, intitulado "A Mão Esquerda de Vênus", pela Editora Globo. O lançamento aconteceu na Galeria Vermelho em São Paulo.[8] Também escreveu a nova versão do TV Mulher em 2016 para o Canal Viva.[9] Lançou sua última obra literária, "Estragos", em outubro de 2016. O livro, que oferece dezoito contos inéditos da artista, escritos entre 1987 e 1995, época de seus dezesseis a vinte e poucos anos de idade, convida a conhecer o ícone ainda jovem, procurando seu caminho em meio as palavras, afinando a escritora que hoje conhecemos.

Fernanda Young iria estrear uma nova peça, Ainda Nada de Novo, programada para o próximo dia 12 de setembro, no Centro Cultural São Paulo. A peça tem temática homoafetiva, e seria estrelada por ela e sua xará, a atriz Fernanda Nobre. Pouco antes de Fernanda Young morrer, uma matéria foi publicada pela Veja SP anunciando o evento.[10]

Vida pessoalEditar

Em 1990, iniciou um namoro com o roteirista e escritor Alexandre de Carvalho Machado. Ambos casaram-se em 1993. Nascida Fernanda Maria Leite Young, passou a assinar Fernanda Maria Young de Carvalho Machado. Juntos, eles tiveram as gêmeas Cecília Madonna e Estela May, nascidas em 07 de Agosto de 2000, via cesariana, no Rio de Janeiro. Em 2007, grávida de uma menina, sofreu um aborto espontâneo aos quatro meses de gestação. Muito abalada emocionalmente com o episódio, decidiu, em comum acordo com seu marido, entrar na fila de adoção, paralelamente a um tratamento de fertilização, mas que não obteve êxito. Em 2010 conseguiu adotar seus dois filhos: Catarina Lakshimi, nascida em 10 de novembro de 2008, e John Gopala, nascido em 21 de julho de 2009.

Em entrevistas revelou ter sido uma criança bastante deprimida, mas sem nenhuma causa que a fizesse constantemente estar triste. Aos dez anos de idade cortou os pulsos, mas só iniciou tratamento psicoterápico aos treze anos, quando descobriu possuir dislexia. Também revelou que foi violentada aos dezesseis anos por seu primeiro namorado, e isto constituiu um trauma que a fez abandonar a escola e isolar-se. Só aos vinte e quatro anos voltou a estudar e terminou o ensino médio, na mesma época em que foi diagnosticada com depressão, e iniciou tratamento com antidepressivos e ansiolíticos, remédios que tomou por mais de dez anos, mas decidiu manter uma vida saudável, sem medicamentos, tendo voltado para a terapia, passando a praticar exercício físico e meditação, o que atenuou os sintomas de sua depressão. Católica desde o nascimento, em 1996 converteu-se ao hinduísmo.

Em 2012, o escritor e jornalista Rômulo Zanotto publicou o romance "Quero ser Fernanda Young", uma obra intertextual e antropofágica em homenagem à Fernanda, em que dialoga com a obra literária e audiovisual da autora.[11]

MorteEditar

Fernanda era portadora de asma desde sua infância, sempre fazendo tratamento, mas devido a uma crise asmática intensa e repentina, faleceu no dia 25 de agosto de 2019, aos 49 anos. A artista estava hospedada no sítio de sua família, em Gonçalves, Minas Gerais, onde sempre ia para visitá-los e descansar em meio a natureza. Após passar mal e desmaiar no quarto, foi chamada a ambulância, que a levou para o hospital mais próximo, localizado na cidade de Paraisópolis, tendo morrido vítima de uma parada respiratória, que causou uma parada cardíaca, durante a madrugada, pouco mais de uma hora depois de sua internação na UTI. A escritora foi sepultada no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, cidade onde vivia há quinze anos.[12]

BibliografiaEditar

  • 1996 - Vergonha dos Pés - Ed. Objetiva
  • 1997 - A Sombra das Vossas Asas - Ed. Objetiva
  • 1998 - Cartas para Alguém Bem Perto - Ed. Objetiva
  • 2000 - As Pessoas dos Livros - Ed. Objetiva
  • 2001 - O Efeito Urano - Ed. Objetiva
  • 2004 - Aritmética - Ed. Ediouro
  • 2005 - Dores do Amor Romântico (poesias) - Ed. Ediouro
  • 2005 - Melhores Momentos de Os Normais Ed. Objetiva
  • 2007 - Tudo que Você Não Soube - Ed. Ediouro
  • 2009 - O Pau - Ed. Rocco
  • 2012 - A Louca Debaixo Do Branco - Ed. Rocco
  • 2016 - A Mão Esquerda de Vênus - Ed. Globo
  • 2016 - Estragos - Ed. Globo
  • 2018 - Pos-F - Ed. LeYa

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Como roteiristaEditar

Ano Trabalho Emissora Escalação Parceiros titulares Notas
1995–1997 A Comédia da Vida Privada Rede Globo Colaboradora Guel Arraes
Jorge Furtado
1998–1999 Vida ao Vivo Show Luís Fernando Guimarães
Pedro Cardoso
2001 Sai de Baixo Daniel Filho Temporada 6
2001–2003 Os Normais Autora principal Alexandre Machado
2004 Os Aspones
2006–2010 O Super Sincero
2006–2007 Minha Nada Mole Vida
2007 O Sistema
2008 Nada Fofa Especial de fim de ano
2010 Separação?!
2011 Macho Man
2012 Como Aproveitar o Fim do Mundo
2013 O Dentista Mascarado
2013–2014 Surtadas na Yoga[13] GNT
2015 Odeio Segundas
2017 Vade Retro Rede Globo
2017 Edifício Paraíso GNT
2019 Shippados Globoplay

Como atriz e apresentadoraEditar

Ano Título Cargo / Personagem Notas
1982 Iaiá Garcia Linda
1991 O Dono do Mundo Jurema
2001 Os Normais Moça na fila da boate Episódio: "Um Sábado Normal"
2002–04 Saia Justa Apresentadora
2006–10 Irritando Fernanda Young Apresentadora
2011 Macho Man Modernosa do 45 Episódio: "Conquista"
2011 Duas Histéricas Apresentadora
2012 Saturday Night Live Brasil Apresentadora especial Episódio: "3 de junho"
2012 Confissões do Apocalipse Apresentadora
2013–14 Surtadas na Yoga Jéssica Santini
2014 (Des)encontros Adriana Episódio: "André e Júlia"
2015 Odeio Segundas Narradora (A Segunda-feira)
2016 TV Mulher Colunista
2017 Edifício Paraíso Vera Albuquerque

CinemaEditar

Como roteiristaEditar

Ano Trabalho
2000 Bossa Nova
2003 Os Normais - O Filme
2006 Muito Gelo e Dois Dedos d'Água
2009 Os Normais 2 - A Noite Mais Maluca de Todas

Como atrizEditar

Ano Título Personagem Notas
2012 A História da Noiva Fantasma[14] Noiva Curta-metragem

Referências

  1. Marília Gabriela entrevista Fernanda Young - GNT, 27 de março de 2011.
  2. Aos 45, Fernanda Young passa em oitavo lugar em seu quarto vestibular
  3. «Fernanda Young estreia nova série no GNT, 'Surtadas na Yoga'». Surtadas na Yoga - GNT. 5 de abril de 2013. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  4. Ficção nacional eleva audiência do GNT no horário nobre. Tela Viva. 13 de junho de 2013.
  5. Patrícia Kogut (11 de outubro de 2014). «GNT cancela 'Surtadas na yoga'». O Globo. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  6. «Após três temporadas, 'Surtadas na Yoga' não será renovada». F5 - televisão. O Globo. 11 de outubro de 2014. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  7. Fernanda Young confirma que posará para a Playboy - Terra, 12 de setembro de 2009.
  8. Conheça "A Mão Esquerda de Vênus", novo livro de Fernanda Young - Folha, 28 de abril de 2016.
  9. TV Mulher chega ao Viva de cara nova - Meio e Mensagem, 28 de maio de 2016.
  10. «Fernanda Young e Fernanda Nobre duelam na peça "Ainda Nada de Novo" | Na Plateia». VEJA SÃO PAULO. Consultado em 25 de agosto de 2019 
  11. «Rômulo Zanotto autografa seu livro na Endossa». Gazeta do Povo. Consultado em 26 de agosto de 2019 
  12. OFuxico. «Velório da atriz Fernanda Young é marcado pela emoção». www.ofuxico.com.br. Consultado em 25 de agosto de 2019 
  13. «Sobre o programa». Surtadas na Yoga - GNT. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  14. «A HISTÓRIA DA NOIVA FANTASMA, COM FERNANDA YOUNG, DIRIGIDO POR RODRIGO BERNARDO». Juicy Santos. Consultado em 22 de setembro de 2019 

Ligações externasEditar