Abrir menu principal

Fernando Clavijo

futebolista uruguaio

}} Fernando Caetano Clavijo Cedrés (Maldonado, 23 de janeiro de 1956 – Fort Lauderdale, 8 de fevereiro de 2019) foi um ex-futebolista e treinador de futebol estadunidense nascido no Uruguai.

Fernando Clavijo
Informações pessoais
Nome completo Fernando Caetano Clavijo Cedrés
Data de nasc. 23 de janeiro de 1956
Local de nasc. Maldonado, Uruguai
Nacionalidade uruguaio, norte-americano
Falecido em 8 de fevereiro de 2019 (63 anos)
Local da morte Fort Lauderdale, Estados Unidos
Altura 1,78 m
Informações profissionais
Posição Zagueiro / Volante
Função Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1972–1979
1979–1981
1981–1983
1983–1984
1984–1988
1988–1989
1989–1992
Atenas
NY Apollo/United
New York Arrows (indoor)
Golden Bay Earthquakes
San Diego Sockers (indoor)
Los Angeles Lazers (indoor)
St. Louis Storm (indoor)
Seleção nacional
1990–1994
1992
Estados Unidos
Estados Unidos (futsal)
0061 000(0)
0008 000(2)
Times/Equipas que treinou
1991
1995–1997
1998–1999
1998
1998
1998
1999
2000–2002
2003–2005
2005–2008
2009
St. Louis Storm (indoor)
Seattle SeaDogs (indoor)
Florida ThunderCats (indoor)
Nigéria (auxiliar-técnico)
Project 40 (auxiliar-técnico)
Estados Unidos (futsal)
MetroStars (auxiliar-técnico)
New England Revolution
Haiti
Colorado Rapids
Miami FC










Medalhas
Copa do Mundo de Futsal
Prata Copa do Mundo de Futsal Hong Kong - 1992

Carreira em clubesEditar

Iniciou a carreira no Atenas, em 1972, tendo jogado pela equipe até 1979, quando mudou-se para os Estados Unidos. Lá, defendeu NY Apollo/United, New York Arrows, Golden Bay Earthquakes (atual San José Earthquakes), San Diego Sockers, Los Angeles Lazers e St. Louis Storm (os três últimos no futebol indoor), onde pendurou as chuteiras em 1992.

Seleções de futebol e futsal dos EUAEditar

Pela Seleção dos EUA, Clavijo fez sua estreia em 1990, mas foi esquecido por Bob Gansler na convocação para a Copa de 1990. Participou da campanha vitoriosa da Copa Ouro da CONCACAF de 1991, da Copa Rei Fahd de 1992 (embrião da Copa das Confederações) e do vice-campeonato da Copa Ouro da CONCACAF de 1993.[1]

O último torneio como atleta foi a Copa de 1994, realizada em território norte-americano. Aos 38 anos, foi o jogador mais velho do elenco e o terceiro mais experiente da competição, atrás dos camaroneses Roger Milla e Joseph-Antoine Bell. Despediu-se da Seleção no jogo das oitavas-de-final contra o Brasil.

Em 1992, disputou 8 jogos pela Seleção de Futsal dos EUA, marcando 2 gols.

Carreira de treinadorEditar

Clavijo iniciou a carreira de treinador em 1991, comandando o St. Louis Storm, um ano antes de pendurar as chuteiras em nível clubístico.

Depois de trabalhar em outras equipes (com destaque para as seleções da Nigéria - onde foi auxiliar-técnico - e do Haiti, além do New England Revolution), foi em sua passagem pelo Colorado Rapids, entre 2005 e 2008, que - ex-jogador tornaria-se um dos melhores treinadores da história do time: foram 43 vitórias, juntamente com outras 55 derrotas e 26 empates.

Seu último trabalho como treinador foi no Miami FC (atual Fort Lauderdale Strikers), em 2009.

Faleceu aos 63 anos em 8 de fevereiro de 2019 em decorrência de um mieloma múltiplo.[2]

Referências

  1. «Elenco USA'92». Consultado em 20 de janeiro de 2018 [ligação inativa]
  2. «U.S. soccer world mourns Hall of Fame defender Clavijo» (em inglês). Sports Yahoo!. 9 de fevereiro de 2019. Consultado em 9 de fevereiro de 2019