Fernando Colombo

Fernando Colombo (em espanhol Hernando Colón), (Córdova, 15 de agosto de 1488Sevilha, 12 de julho de 1539) foi um escritor espanhol e segundo filho de Cristóvão Colombo.

Fernando Colombo
Nascimento 15 de agosto de 1488
Córdova
Morte 12 de julho de 1539 (50 anos)
Sevilha
Sepultamento Catedral de Sevilha
Cidadania Espanha
Progenitores
Irmão(s) Diogo Colombo
Ocupação explorador, bibliotecário, biógrafo, pintor
Assinatura
Hernando Colón signature.jpg

Durante 30 anos Fernando viajou pelo mundo com o propósito de construir a maior biblioteca do mundo. Comprou livros impressos de todo o mundo e formou a primeira biblioteca privada da Europa. Atualmente a sua biblioteca está na Instituição Colombina, em Sevilha.[1]

Livros publicadosEditar

  • "Historie del signor don Fernando Colombo nelle quale s'ha particolare e vera relatione della vita, e de' fatti dell' Amiraglio D. Christoforo Colombo, su padre, et dello scoprimento ch' egli fece dell'indie occidentali delle mondo nuovo hora possedute del sereniss. Re Catolico." (1571)

Referências

  1. Flood, Alison (11 de maio de 2018). «How Christopher Columbus's son built 'the world's first search engine'». the Guardian (em inglês). Consultado em 15 de maio de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.