Fernando Roese

tenista brasileiro

Fernando Roese (Novo Hamburgo, 24 de agosto de 1965) é um tenista profissional brasileiro, que atualmente trabalha como treinador.[1]

Tenista Fernando Roese
País  Brasil
Data de nascimento 24 de agosto de 1965
Local de nasc. Novo Hamburgo, RS
Altura 1,80 m
Mão destro
Prize money $341 334
Simples
Vitórias-Derrotas 25–47
Títulos 0
Melhor ranking Nº 92 (27 de janeiro de 1992)
Torneios principais
Duplas
Melhor ranking Nº 81 (16 de abril de 1990)
Medalhas
Jogos Pan-Americanos
Ouro Indianápolis 1987 Simples
Bronze Indianápolis 1987 Dupla mistas

Foi tenista profissional de 1981 a 1996,[2] conquistando dois Challenger em simples e seis nas duplas.[3]

Trajetória esportivaEditar

Aos oito anos, Roese já jogava numa escolinha de tênis e, em 1980, aos 15 anos, Roese jogou seu primeiro torneio profissional em Campos do Jordão, perdendo nas quartas de final para o compatriota Carlos Kirmayr.

Entre 1982 e 1996 representou por treze vezes o Brasil na Copa Davis, obtendo um retrospecto de seis vitórias e nove derrotas. Em 1992, ajudou o Brasil a chegar à semifinal,[2] na melhor campanha do país na história da competição, formando a dupla com Cássio Motta, que derrotou a Alemanha de Boris Becker e a Itália.[3]

Conquistou a medalha de ouro em simples[2] e a medalha de bronze nas duplas mistas junto à curitibana Gisele Miró nos Jogos Pan-Americanos de 1987 em Indianápolis.

Sua melhor posição no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) ocorreu em 16 de abril de 1991, quando alcançou a 92° posição do ranking de simples,[2] estando entre 18 tenistas brasileiros que já conseguiram esta façanha. Em 1995 alcançou o sua melhor posição, o 81° lugar nas duplas.[2] No mesmo ano perdeu a final do [[Associação de ATP Chevrolet Classic para o austríaco Patrick Baur, pelas parciais de 2-6 e 3-6. No ano anterior, em dupla com Mauro Menezes, venceu sua única final, entre três disputadas, a do Torneio de Itaparica de Tênis, na Bahia, derrotando a dupla formada pelos espanhóis Tomás Carbonell e Marcos Górriz por 7-6 e 7-5. Ganhou ainda dois torneios da série Challenger em simples e seis nas duplas.

Em 1996 encerrou a carreira de tenista, e tornou-se treinador. Integrou o Instituto Gaúcho de Tênis (IGT)[3] e, atualmente, trabalha na Daher Tennis, em São José dos Campos, cidade onde reside.[2]

Fernando Roese já treinou nomes como André Sá, Ricardo Mello, Flavio Saretta, Bruno Soares e André Ghem.[2] Conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1999 em Winnipeg, como treinador da dupla Paulo Taicher e André Sá.

Nos últimos anos vem trabalhando com o tênis feminino, treinando a tenista Gabriela Cé.[2] Em 2015 viajou com as tenistas Paula Gonçalves e Beatriz Haddad Maia[2] em alguns torneios, inclusive no WTA de Bogotá, quando Bia Haddad e Paula Gonçalves foram campeãs de duplas e Teliana Pereira em simples.

No início de janeiro de 2016, Fernando Roese tornou-se capitão da equipe brasileira da Fed Cup - a versão feminina da Copa Davis.[2][3]

Referências

  1. «Fernando Roese - Que fim levou? - Terceiro Tempo». Terceiro Tempo. Consultado em 1 de maio de 2016 
  2. a b c d e f g h i j «Hamburguense Fernando Roese assume a equipe feminina de tênis do Brasil - Esportes - Diário de Canoas». Jornal DC. Consultado em 5 de janeiro de 2016 
  3. a b c d «TenisBrasil - Fernando Roese é novo capitão da Fed Cup». TenisBrasil, a cobertura completa do circuito do tênis está aqui. Consultado em 5 de janeiro de 2016