Festa da Independência da Bahia

festa cívica brasileira e feriado estadual no estado brasileiro da Bahia
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de dois de julho, veja Dois de julho.

A Festa da Independência da Bahia ou Desfile do Dois de Julho como é chamado pelos soteropolitanos, é uma festa de caráter cívico, comemorativa da independência do Brasil em terras baianas.

Pavilhão Dois de Julho, onde se encontra a imagem do Caboclo, símbolo da independência da Bahia.

O cortejo acontece todos os anos no dia 2 de julho na cidade de Salvador, Bahia, tendo seu início no Largo da Lapinha no Pavilhão Dois de Julho ao lado da Paróquia da Lapinha, onde se encontra a imagem do caboclo, símbolo da independência da Bahia. Com um grande desfile popular juntamente com as imagens do caboclo e da cabocla, reverenciando a força nativa sobre as tropas lusitanas derrotadas em 1823, percorre por várias ruas históricas até o seu apogeu no largo do Campo Grande ou praça Dois de Julho. O retorno das imagens ocorre dia 5 do mesmo mês com outra grande fanfarra, geralmente à noite e regido por grandes orquestras, estudantes, músicos, instituições, charanga e batucadas.

O Cortejo do Dois de Julho foi tombado como bem cultural pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) em 2006, através do processo de número 0100060038559/2006.[1]

FeriadoEditar

Dois de Julho
 
Desfile de Dois de Julho de 1866. A cena se passa na descida da Ladeira da Soledade, vendo-se parte da lateral Convento. Esse é um trecho do início do Desfile, que sai do Largo da Lapinha e logo desce a Soledade (L'Illustration: journal universel, Vol. XLVIII, nº 1.243, 22/12/1866).
Nome oficial Independência da Bahia
Celebrado por Brasil
Tipo Histórico/cultural
Data 2 de julho

O Dia da Independência da Bahia ou Dois de Julho é um feriado estadual baiano celebrado no dia 2 de julho de cada ano. A data comemora a vitória sobre as forças coloniais na guerra de independência, expulsando os portugueses de Salvador no dia 2 de julho de 1823. [2] O dia é a data magna do estado e é estabelecida como feriado pela própria constituição baiana.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «IPAC». Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia. Consultado em 1º de agosto de 2021 
  2. Bahia!. «Independência». Consultado em 1 de Setembro de 2014 
  3. BAHIA. Constituição do Estado da Bahia. Art. 6º, § 3º. Acesso em 21 fev. 2012.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Festa da Independência da Bahia