Abrir menu principal

O Festival Amazonas de Ópera (FAO) é um festival de ópera brasileiro realizado no município de Manaus, capital do estado do Amazonas, tendo o Teatro Amazonas como sua sede principal.

Atualmente está sob direção artística do renomado regente brasileiro Luiz Fernando Malheiro, que é também regente titular da Amazonas Filarmônica, o festival realiza-se anualmente entre abril e maio, desde 1997, com realização da Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas.[1]

O FAO merece destaque por ter apresentado óperas inéditas no Brasil como Lulu, de Alban Berg; Magdalena, de Heitor Villa-Lobos; além de títulos tradicionais como Madame Butterfly, de Giacomo Puccini e mais recentemente, Diálogos das Carmelitas, de Francis Poulenc; Médée, de Luigi Cherubini; e Tannhäuser, de Richard Wagner; além de Parsifal, também de Wagner, e de Carmen, de Georges Bizet, e de La Traviata, de Giuseppe Verdi. No Festival, também foi apresentado o ciclo completo do Anel do Nibelungo, de Wagner, que era até então inédito no Brasil.

Referências

  1. «Folha de S.Paulo - Ópera é sucesso em Manaus e enche teatro Amazonas - 16/4/1997». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 17 de julho de 2018