Abrir menu principal

Wikipédia β

Festival Eurovisão da Canção 1980

Festival Eurovisão da Canção 1980
Países Baixos no Festival Eurovisão da Canção Países Baixos
Statenhal Sebas Veldhuisen.jpg
Congresgebouw, sede da edição.
Edição
25.ª edição
Datas
Final 19 de abril de 1980
Anfitrião
Local Congresgebouw, Haia
Apresentador(es) Países Baixos Marlous Fluitsma
Países Baixos Hans von Willigenburg (green room)
Diretor Países Baixos Theo Ordeman
Maestro Países Baixos Rogier van Otterloo
Supervisor executivo Suíça Frank Naef
Transmissão NOS logo.svg NOS
Atuações
Atuações nos intervalos The Dutch Rhythm Steel and Show Band
Participantes
Número de entradas 19 países
Países estreantes Marrocos Marrocos
Países de regresso Turquia no Festival Eurovisão da Canção Turquia
Países de saída Israel no Festival Eurovisão da Canção Israel
Mónaco no Festival Eurovisão da Canção Mónaco
Mapa dos países participantes
Predefinição:Info/Eurovisão/Festival Eurovisão da Canção 1980

     Países que já escolheram o seu artista e/ou canção     Países que não se classificaram para a final     Países que participaram no passado mas não em 1980

Votação
Sistema de
voto
A votação baseou-se num júri por país que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto às suas 10 canções favoritas, por ordem de preferência.
Vencedor(a) Irlanda no Festival Eurovisão da Canção Irlanda
Johnny Logan
"What's Another Year"
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png  1979 Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg 1981  Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O Festival Eurovisão da Canção 1980 (em inglês: Eurovision Song Contest 1980, em francês: Concours Eurovision de la chanson 1980 e em holandês: Eurovisiesongfestival 1980) foi o 25º Festival Eurovisão da Canção e realizou-se em 19 de abril de 1980 em Haia. A apresentadora do festival foi Marlous Fluitsma, que foi ganho por Johnny Logan com a canção, What's Another Year, uma balada romântica, que recebeu o troféu do grande prémio de Marcel Bezençon, fundador do concurso.

Neste festival, as canções foram apresentadas por apresentadores de cada dum dos países participantes na respetiva língua nacional.

Índice

LocalEditar

 Mais sobre a cidade anfitriã: Haia

O Festival Eurovisão da Canção 1980 ocorreu em Haia, nos Países Baixos. Haia é a terceira mais populosa cidade dos Países Baixos (depois de Amesterdão e Roterdão), com uma população de 489 375 (2010) (população da área metropolitana: 600 000) e com uma área aproximada de 100 quilômetros quadrados. Está localizada no oeste do país, na província da Holanda do Sul, da qual também é capital. A cidade da Haia, assim como Amesterdão, Roterdão e Utrecht, é parte do conglomerado urbano de Randstad, com uma população cerca de 7,6 milhões habitantes. A Haia é a sede de facto do governo do país: todavia, oficialmente, não é a capital dos Países Baixos, pois, de acordo com a constituição, a capital é Amesterdão. A Haia é a sede do Eerste Kamer (primeira câmara) e da Tweede Kamer (segunda câmara), respetivamente as câmaras alta e baixa, que formam o Staten Generaal (literalmente, os "Estados Gerais"). O rei Guilherme Alexandre dos Países Baixos vive e trabalha na Haia. Todas as embaixadas e ministérios estão localizados na cidade, assim como a Hoge Raad der Nederlanden (A Suprema Corte), o Raad van State (Conselho do Estado) e muitas organizações lobistas.

O festival em si realizou-se no Congresgebouw, é um local de concertos e centro de convenções em Haia, Países Baixos, perto dos edifícios do Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia, da Organização para a Proibição de Armas Químicas e um dos escritórios administrativos do Bacharelado Internacional. Foi inaugurado em 1969 e foi projetado no estilo funcionalismo holandês pelo arquiteto Jacobus Johannes Pieter Oud. O seu filho, Hans Oud, completou a construção após a morte de seu pai em 1963. Em 2006, uma parte do centro de convenções, incluindo o Statenhal, foi demolida para dar lugar ao edifício da Europol. Muitos concertos e festivais foram realizados lá antes, como o Festival de Jazz do Mar do Norte, e os Festivais Eurovisão da Canção de 1976 e 1980.

FormatoEditar

Israel, que venceu o festival em 1979, renunciou ao direito de sediar o evento, no dia 21 de agosto do mesmo ano. A IBA alegou que não poderia financiar outra produção internacional num curto espaço de tempo. Além disso, naquele ano, o governo israelita tinha cortado o orçamento do canal. Para piorar, a data marcada pela União Europeia de Radiodifusão coincidiu com o Yom Hazikaron que é o dia em memória as vitimas de guerra no país. Assim, Israel foi forçado a desistir do festival nesse ano.[1] Assim, a organização foi oferecida à BBC, como foi feito em algumas edições anteriores. Sem embargo, a BBC também renunciou ao evento, da mesma forma que a TVE, também renunciou —— apesar de que a Secretária de Turismo da Costa del Sol já estar a trabalhar com a possibilidade do evento ser realizado no Palácio de Congresos de Torremolinos em Málaga[2]. Após isso, o evento foi oferecido para todas as emissoras que participaram do ano anterior até que a televisão nacional dos Países Baixos, a NOS, decidiu assumir a organização do evento com um prazo apertado e em escala reduzida. De acordo com Yair Lapid, filho de Tommy Lapid que era o diretor geral da IBA a época, Lapid conseguiu convencer a Televisão dos Países Baixos, a assumir a ingrata missão de organizar evento de forma inesperada, quando ele percebeu que a realização consecutiva do evento poderia quebrar a emissora.[3].

O local que sediou o 1976, o Centro de Congresos dos Países Baixos, foi escolhido. Além disso, a mesma equipe de produção chefiada pelo design Roland de Groot foi contratada. A organização holandesa optou por reciclar diversas partes do video de abertura e também do cenário de 1976. Como nos festivais de 1977 e 1978, não houve vídeos pré-gravados para a apresentação dos participantes, sendo que a NOS optou por usar apresentadores vindos de cada país participante. Apesar disso, a apresentadora Marlous Fluitsma apresentou o certame na sua maioria em holandês. A NOS conseguiu gastar apenas US$ 725 mil, um valor muito abaixo dos valores gastos pelas emissoras que organizaram o festival nos anos anteriores.

Para comemorar a 25ª edição do Festival Eurovisão da Canção, a UER e a NOS decidiram que cada música seria introduzida na língua oficial desse país por um apresentador que variava consoante o país.[4]

IntrodutoresEditar

Neste ano não houve os famosos postcards. Mas para marcar os vinte e cinco anos da competição, os organizadores pediram a um membro de cada delegação para apresentar a música do seu país. Os introdutores dirigiram-se aos telespectadores na sua própria língua nacional. A introdução da Irlanda foi feita em gaélico e foi o único a usar um idioma diferente da música do seu país, que era em inglês. Dinamarca, Finlândia, Portugal, Suécia e Turquia recorreram aos seus próprios comentadores, tendo os outros países recorrido a outros.[5]

Enquanto as músicas iam sendo introduzidas, as fotos dos seus autores, compositores e artistas participantes passavam no canto inferior direito da tela. Essas fotos foram tiradas durante várias viagens nos Países Baixos.

País Introdutor
  Áustria Chris Lohner
  Turquia Şebnem Savaşçı
  Grécia Kelly Sakakou
  Luxemburgo Michèle Etzel
  Marrocos Mohammed Bouzidi
  Itália Beatrice Cori
  Dinamarca Jørgen de Mylius
  Suécia Ulf Elfving
  Suíça Lyliam Stambac
  Finlândia Heikki Harma
  Noruega Åse Kleveland
  Alemanha Carolin Reiber
  Reino Unido Noel Edmonds
  Portugal Eládio Clímaco[5]
  Países Baixos Marlous Fluitsma (também apresentadora da edição)
  França Évelyne Dhéliat
  Irlanda Thelma Mansfield
  Espanha Mari Cruz Soriano
  Bélgica Arlette Vincent

VisualEditar

O vídeo introdutório começou com uma cena numa praia holandesa. Um violinista apareceu a tocar Te Deum por Marc-Antoine Charpentier. Das ondas, em seguida, emerge a sigla "25", lembrando o jubileu de prata do concurso que se comemorava naquele ano. Em seguida, o vídeo introdutório mostrado em 1976 foi mostrado.

A orquestra, dirigida por Rogier van Otterloo, estava novamente ao pé do palco e cercada por um recinto luminoso. O espaço dos introdutores, decorado com duas tulipas estilizadas, estava localizado à esquerda do palco; o quadro de votação e a mesa do supervisor, à direita. O palco, da autoria de Roland de Groot, foi emoldurado por um frontão à maneira dos templos gregos. O espaço era ocupado por um pódio de dois níveis, uma escada recuada de cinco degraus e três faixas horizontais curvas. Acima do palco havia móveis suspensos: seis meias elipses (duas das quais decoradas com um quarto de círculo vermelho) e dois trapézios. Todos esses elementos eram de cor neutra e revestidos de faixas claras. Eles mudavam, de acordo com as atuações, para cores creme, cinza, azul, rosa ou lilás.

A apresentadora foi Marlous Fluitsma[6], que falou aos espectadores em holandês, tendo usado o inglês e o francês apenas na votação.

Neste ano não houve os famosos postcards. Mas para marcar os vinte e cinco anos da competição, os organizadores pediram a um membro de cada delegação para apresentar a música do seu país. Os introdutores dirigiram-se aos telespectadores na sua própria língua nacional. A introdução da Irlanda foi feita em gaélico e foi o único a usar um idioma diferente da música do seu país, que era em inglês. Dinamarca, Finlândia, Portugal, Suécia e Turquia recorreram aos seus próprios comentadores, tendo os outros países recorrido a outros.[5]

Enquanto as músicas iam sendo introduzidas, as fotos dos seus autores, compositores e artistas participantes passavam no canto inferior direito da tela. Essas fotos foram tiradas durante várias viagens nos Países Baixos.

O intervalo foi ocupado pelos holandeses The Dutch Swing College Band, um grupo cujos membros eram do Suriname e das Antilhas Holandesas. Eles interpretaram seu título de "San Fernando", acompanhado pelos Dançarinos de Lee Jackson, enquanto atrás deles, os motivos do cenário permaneceram em movimento.[7]

Pela segunda vez na história do concurso, os artistas foram entrevistados nos bastidores. Durante o intervalo, o apresentador Hans von Willigenburg falou com Katja Ebstein, Sophie & Magaly, o grupo Prima Donna, Johnny Logan, Sverre Kjelsberg eMaggie MacNeal, perguntando se já sabiam o nome do vencedor da noite. Todos responderam que não.

VotaçãoEditar

Cada país tinha um júri composto por 11 elementos, que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 pontos às dez canções mais votadas.Esta foi a primeira vez que se anunciaram os resultados por ordem crescente (1,2,3...)

O supervisor executivo da EBU foi Frank Naef, que teve que intervir três vezes para corrigir erros cometidos por Marlous Fluitsma.

Como um aceno às primeiras edições do concurso, a produção comunicou Marlous Fluitsma e os porta-vozes por meio de telefones, um diferente para cada país.

Durante a votação, a câmera fez vários close-ups dos artistas. Em particular, Maggie MacNeal, Katja Ebstein e Johnny Logan apareceram.

ParticipaçõesEditar

 
  Países participantes
País Título original da Canção Artista Processo Data da Selecção
Tradução em Português Idiomas de Interpretação
  Alemanha "Theater" Katja Ebstein Ein lied für Den Haag 1980 20 de março de 1980
Teatro Alemão
  Áustria "Du bist Musik" Blue Danube Seleção Interna -
Tu és música Alemão
  Bélgica "Euro-Vision" Telex Éliminatoires belges du Grand-Prix Eurovision de la Chanson 1980 24 de fevereiro de 1980
Eurovisão Francês
  Dinamarca "Tænker altid på dig" Bamses Venner Dansk Melodi Grand-Prix 1980 29 de março de 1980
Sempre a pensar em ti Dinamarquês
  Espanha "Quédate esta noche" Trigo Limpio Seleção Interna -
Fica esta noite Castelhano
  Finlândia "Huilumies" Vesa-Matti Loiri Euroviisut 1980 8 de março de 1980
Um flautista Finlandês
  França "Hé, hé M'sieurs dames" Profil Concours de la Chanson Française pour l'Eurovision 1980 23 de março de 1980
Olá, Olá Senhores e Senhoras Francês
  Grécia "Autostop" (Ωτοστόπ) Anna Vissi & Epikouri Ellinikoú Telikoú tis Diagonismós Tragoudioú Eurovision 1980 10 de março de 1980
Boleia Grego
  Irlanda "What's Another Year" Johnny Logan Irish Final 1980 9 de março de 1980
Mais outro ano Inglês
  Itália "Non so che darei" Alan Sorrenti Seleção interna -
Não sei que te dar Italiano
  Luxemburgo "Papa Pingouin" Sophie & Magaly Seleção interna -
Papá Pinguim Francês
  Marrocos "Bitaqat Khub" (بطاقة حب) Samira Bensaïd Seleção interna -
Mensagem de amor Árabe
  Noruega "Sámiid ædnan" Sverre Kjelsberg & Mattis Hætta Melodi Grand Prix 1980 22 de março de 1980
Povo lapão Norueguêsa
  Países Baixos "Amsterdam" Maggie MacNeal Seleção interna -
Amesterdão Holandês
  Portugal "Um grande, grande amor" José Cid Festival RTP da Canção 1980 7 de março de 1980
Um grande, grande amor Português
  Reino Unido "Love Enough for Two" Prima Donna A song for Europe 1980 26 de março de 1980
Amor suficiente para dois Inglês
  Suécia "Just nu!" Tomas Ledin Melodifestivalen 1980 8 de março de 1980
Agora Mesmo! Sueco
  Suíça "Cinéma" Paola Seleção Interna -
Cinema Francês
  Turquia "Pet'r Oil" Ajda Pekkan Eurovision Şarkı Yarışması Türkiye Finali 1980 24 de fevereiro de 1980
Petróleo Turco

FestivalEditar

# País Idioma[8] Artista Canção Tradução para Português Lugar Pontuação
  Áustria Alemão Blue Danube "Du bist Musik" Tu és música 64
  Turquia Turco Ajda Pekkan "Pet'r Oil" Petróleo 15º 23
  Grécia Grego Anna Vissi & Epikouri "Autostop" (Ωτοστόπ) Boleia 13º 30
  Luxemburgo Francês Sophie & Magaly "Papa Pingouin" Papá Pinguim 56
  Marrocos Árabe Samira Bensaïd "Bitaqat Khub" (بطاقة حب) Mensagem de amor 18º 7
  Itália Italiano Alan Sorrenti "Non so che darei" Não sei que te dar 87
  Dinamarca Dinamarquês Bamses Venner "Tænker altid på dig" Sempre a pensar em ti 14º 25
  Suécia Sueco Tomas Ledin "Just nu!" Agora Mesmo! 10º 47
  Suíça Francês Paola "Cinéma" Cinema 104
10º   Finlândia Finlandês Vesa-Matti Loiri "Huilumies" Um flautista 19º 6
11º   Noruega Norueguêsa Sverre Kjelsberg & Mattis Hætta "Sámiid ædnan" Povo lapão 16º 15
12º   Alemanha Alemão Katja Ebstein "Theater" Teatro 128
13   Reino Unido Inglês Prima Donna "Love Enough for Two" Amor suficiente para dois 106
14º   Portugal Português José Cid[5] "Um grande, grande amor"[5] Um grande, grande amor 71
15º   Países Baixos Holandês Maggie MacNeal "Amsterdam" Amesterdão 93
16º   França Francês Profil "Hé, hé M'sieurs dames" Olá, Olá Senhores e Senhoras 11º 45
17º   Irlanda Inglês Johnny Logan "What's Another Year" Mais outro ano 143
18º   Espanha Castelhano Trigo Limpio "Quédate esta noche" Fica esta noite 12º 38
19º   Bélgica Francês Telex "Euro-Vision" Eurovisão 17º 14

Notas

a. Apesar da canção ter sido interpretada inteiramente em Norueguês, o título está numa língua lapônica setentrional das línguas lapônicas.

GaleriaEditar

ResultadosEditar

A ordem de votação no Festival Eurovisão da Canção 1980, foi a seguinte:[9]

 
  Vencedor
  2º classificado
  3º classificado
Países Votantes Países Pontuados
                                     
  Áustria 3 5 1 2 6 8 7 12 10 4
  Turquia 1 6 8 2 10 5 4 12 3 7
  Grécia 1 2 4 10 5 6 7 12 8 3
  Luxemburgo 1 10 5 3 8 4 12 2 7 6
  Marrocos 3 12 2 6 7 4 10 8 1 5
  Itália 4 8 2 7 5 3 12 10 1 6
  Dinamarca 5 2 4 3 8 7 10 6 1 12
  Suécia 1 6 10 2 5 12 8 3 4 7
  Suíça 4 8 6 5 7 10 2 3 1 12
  Finlândia 5 3 6 7 12 2 4 1 10 8
  Noruega 6 4 7 2 1 10 5 8 3 12
  Alemanha 4 7 5 2 10 6 3 1 8 12
  Reino Unido 6 3 8 4 7 10 2 5 12 1
  Portugal 3 1 12 6 8 7 4 5 2 10
  Países Baixos 3 8 1 10 2 12 7 5 4 6
  França 4 7 2 1 3 10 5 6 12 8
  Irlanda 10 4 8 2 12 5 6 7 1 3
  Espanha 4 3 10 1 2 12 8 5 6 7
  Bélgica 1 8 10 2 7 6 4 3 5 12
Total 64 23 30 56 7 87 25 47 104 6 15 128 106 71 93 45 143 38 14
Lugar 15º 13º 18º 14º 10º 19º 16º 11º 12º 17º
Países Votantes                                      
Países Pontuados

12 pontosEditar

Os países que receberam 12 pontos foram os seguintes:

# Países Pontuados Países Votantes
7   Irlanda Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Grécia, Noruega, Reino Unido, Suíça
4   Países Baixos Áustria, França, Luxemburgo, Turquia
3   Alemanha Espanha, Itália, Países Baixos
2   Suíça Finlândia, Irlanda
1   Itália Portugal
  Reino Unido Suécia
  Turquia Marrocos

MaestrosEditar

Em baixo encontra-se a lista de maestros que conduziram a orquestra, na respectiva actuação de cada país concorrente.

País Maestro
  Áustria Richard Österreicher
  Turquia Atilla Özdemiroğlu
  Grécia Jick Nacassian
  Luxemburgo Norbert Daum
  Marrocos Jean Claudric
  Itália Del Newman
  Dinamarca Allan Botschinsky
  Suécia Anders Berglund
  Suíça Peter Reber
  Finlândia Ossi Runne
  Noruega Sigurd Jansen
  Alemanha Wolfgang Rödelberger
  Reino Unido John Coleman
  Portugal Jorge Machado
  Países Baixos Rogier van Otterloo
  França Sylvano Santorio
  Irlanda Noel Kelehan
  Espanha Javier Iturralde
  Bélgica Nenhum

Artistas repetentesEditar

Em 1980, os repetentes foram:

País (1980) Foto Artista Ano Anterior País Representado Canção Tradução Pontuação Classificação
  Alemanha   Katja Ebstein ESC 1970 Alemanha "Wunder gibt es immer wieder" Os milagres se sucedem outra vez e outra vez 12
ESC 1971 Alemanha "Diese Welt" Este mundo 100
  Países Baixos   Maggie MacNeal ESC 1974 (como parte do grupo Mouth & MacNeal) Países Baixos "I See a Star" Vejo uma estrela 15
  Suíça   Paola del Medico ESC 1969 Suíça "Bonjour, Bonjour" Bom dia, Bom dia 13

Referências

  1. «El consejo director». El País. 22 de agosto de 1979. Consultado em 23 de mayo de 2018.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «El Patronato». El País. 24 de agosto de 1979. Consultado em 23 de mayo de 2018.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. Yair Lapid, "Memoires After my Death", Keter Books, Jerusalem 2010 (ISBN 978-965-07-1792-6), p. 239 (in Hebrew)
  4. https://eurovision.tv/event/the-hague-1980
  5. a b c d e DIAS, Patrícia Costa (2011). A Vida com um Sorriso - Histórias, experiências, gargalhadas, reflexões de Isabel Wolmar. Lisboa: Ésquilo. p. 86, 100. ISBN 978-989-8092-97-7 
  6. https://eurovision.tv/event/the-hague-1980
  7. https://eurovision.tv/event/the-hague-1980
  8. «Eurovision Song Contest 1980». The Diggiloo Thrush. Consultado em 4 de março de 2012. 
  9. A ordem de votação foi efectuada através da visualização de vídeos da edição do festival, à semelhança de outras secções deste artigo

NotasEditar

  • Os mapas presentes neste artigo, respeitam as fronteiras geográficas estabelecidas na altura em que o festival ocorreu.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outras mídias sobre Festival Eurovisão da Canção 1980