Abrir menu principal

Festival Eurovisão da Canção 2003

Festival Eurovisão da Canção 2003
"Magical Rendez-vous"
 Letónia
Olimpiskā Skonto halle.jpg
Logo do Festival Eurovisão da Canção 2003
Edição
48.ª edição
Datas
Final 24 de maio de 2003
Anfitrião
Local Skonto Hall, Riga,Letónia
Apresentador(es) Letónia Marija Naumova
Letónia Renārs Kaupers
Diretor Suécia Sven Stojanovic
Supervisor executivo Reino Unido Sarah Yuen
Produtor executivo Letónia Brigita Rozenbrika
Estação anfitriã LTV Logo.png Latvijas Televīzija
Atuações
Atuações de abertura Marie N, vencedora da edição de 2002
Atuações nos intervalos Ilgi, Brainstorm, Marie N & Raimond Pauls
Participantes
Número de entradas 26 países
Países estreantes  Ucrânia
Países de regresso  Islândia
 Irlanda
 Noruega
 Países Baixos
 Polónia
 Portugal
Países de saída  Dinamarca
 Finlândia
 Lituânia
 Macedónia do Norte
 Suíça
Mapa dos países participantes
Portugal no Festival Eurovisão da CançãoEspanha no Festival Eurovisão da CançãoSan Marino no Festival Eurovisão da CançãoFrança no Festival Eurovisão da CançãoReino Unido no Festival Eurovisão da CançãoIrlanda no Festival Eurovisão da CançãoIslândia no Festival Eurovisão da CançãoBélgica no Festival Eurovisão da CançãoPaíses Baixos no Festival Eurovisão da CançãoSuíça no Festival Eurovisão da CançãoAlemanha no Festival Eurovisão da CançãoDinamarca no Festival Eurovisão da CançãoMalta no Festival Eurovisão da CançãoItália no Festival Eurovisão da CançãoNoruega no Festival Eurovisão da CançãoSuécia no Festival Eurovisão da CançãoFinlândia no Festival Eurovisão da CançãoEstónia no Festival Eurovisão da CançãoLetónia no Festival Eurovisão da CançãoLituânia no Festival Eurovisão da CançãoEslováquia no Festival Eurovisão da CançãoÁustria no Festival Eurovisão da CançãoEslovénia no Festival Eurovisão da CançãoHungria no Festival Eurovisão da CançãoCroácia no Festival Eurovisão da CançãoBósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoSérvia e Montenegro no Festival Eurovisão da CançãoAlbânia no Festival Eurovisão da CançãoMacedónia no Festival Eurovisão da CançãoGrécia no Festival Eurovisão da CançãoBulgária no Festival Eurovisão da CançãoRoménia no Festival Eurovisão da CançãoMoldávia no Festival Eurovisão da CançãoUcrânia no Festival Eurovisão da CançãoBielorrússia no Festival Eurovisão da CançãoRússia no Festival Eurovisão da CançãoGeórgia no Festival Eurovisão da CançãoAzerbaijão no Festival Eurovisão da CançãoTurquia no Festival Eurovisão da CançãoChipre no Festival Eurovisão da CançãoIsrael no Festival Eurovisão da CançãoArménia no Festival Eurovisão da CançãoMarrocos no Festival Eurovisão da CançãoLiechtenstein no Festival Eurovisão da CançãoAndorra no Festival Eurovisão da CançãoMónaco no Festival Eurovisão da CançãoPolónia no Festival Eurovisão da CançãoRepública Checa no Festival Eurovisão da CançãoLuxemburgo no Festival Eurovisão da CançãoLíbano no Festival Eurovisão da CançãoTunísia no Festival Eurovisão da CançãoArgélia no Festival Eurovisão da CançãoUm mapa colorido dos países da Europa
Sobre esta imagem

     Países confirmados que já escolheram o seu artista e/ou canção     Países que não se classificaram para a final     Países que participaram no passado mas não em 2003

Votação
Sistema de
voto
A votação baseou-se num júri por país que atribuiu 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1 ponto às suas 10 canções favoritas, por ordem de preferência.
Votos nulos  Reino Unido
Vencedor(a)  Turquia
Sertab Erener
"Everyway That I Can"
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png   2002     Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg     2004   Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O Festival Eurovisão da Canção 2003 (em inglês: Eurovision Song Contest 2003, em francês: Concours Eurovision de la chanson 2003 e em letão: Eirovīzijas dziesmu konkurss 2003) foi o 48º Festival Eurovisão da Canção e foi realizado pela televisão da Letónia, LTV, no Skonto Hall de Riga, na Letónia a 24 de maio de 2003. Os apresentadores foram Renars Kaupers e Marija Naumova. Participaram 26 países. A vencedora foi Sertab Erener que representou a Turquia com a canção "Everyway That I Can". Neste festival há a destacar a canção da Bélgica "Sanomi", cantada numa língua inventada e o facto de o Reino Unido pela primeira vez ter obtido 0 pontos. Muitos associaram os zero pontos não à qualidade da canção, mas à política: o primeiro-ministro Tony Blair (Reino Unido) apoiou George W. Bush na invasão do Iraque. Pela primeira vez Portugal enviou uma canção que tinha umas partes finais em inglês. A edição de 2003 foi a última a realizar-se numa única noite. A União Europeia de Radiodifusão (EBU) revelou que adicionaria uma semifinal à competição, a fim de acomodar o crescente número de países interessados que desejavam participar do concurso.[1] O concurso também marcou a primeira vez na história da competição, onde todos os participantes estavam participando pela primeira vez.

LocalEditar

 Mais sobre a cidade anfitriã: Riga

Em 22 de agosto de 2002, o organismo de televisão letão Latvijas Televīzija (LTV) anunciou que tinha escolhido o Skonto Hall, em Riga, como sede do concurso de 2003.[2]

Seleção da cidade anfitriãEditar

Cidade Local Capacidade
Jūrmala Dzintari Concert Hall 2 024
Riga Palco ao Ar Livre de Mežaparks ~70 000
Skonto Hall 6500
Centro Internacional de Exposições de Ķīpsala 3 500-6 500
Ventspils Centro Olímpico de Ventspils 4 500

Sendo assim, o Festival Eurovisão da Canção 2003 ocorreu em Riga, na Letónia. Riga é a capital e a maior cidade da Letónia. Está localizada na nordeste da Europa, sendo banhada pelo mar Báltico e situado-se no coração do golfo de Riga, na foz do rio Duína Ocidental. É a mais importante cidade da Letónia, principal centro político, cultural, populacional e económico do país. Segundo dados de 2013,[3] possuí uma população de 643 615 habitantes, ou aproximadamente 1/3 da população letã no mesmo período. É a mais populosa das capitais bálticas, e a segunda maior área metropolitana da região, depois da região metropolitana de Vilnius. Para fins administrativos, Riga é uma cidade independente e está localizada no distrito de Riga. O centro histórico de Riga foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, e a cidade é particularmente notável por sua arquitetura Art Nouveau (Jugendstil), comparável em importância a Viena, São Petersburgo e Barcelona.

O festival em si realizou-se no Skonto Hall uma arena multiusos usado principalmente para diferentes exposições. O Skonto Hall tem capacidade para 6 500 pessoas.

FormatoEditar

A EBU divulgou as regras para a edição de 2003 em novembro de 2002, que detalhava que 26 países participariam, tornando-se o maior número de participantes a participar do concurso até então.[4] As regras também modificaram os critérios de elegibilidade para inscrições, alterando a data limite de divulgação de canções de 1 de janeiro de 2003 para 1 de outubro de 2002.[5] Houve também uma mudança na regra de desempate, que declararia vencedor o país que tivesse sido votado por maior número de países.[5] O sorteio da ordem de atuação foi feita a 29 de novembro de 2002, em Riga, apresentado por Marie N e Renārs Kaupers.[6]

No dia do concurso, a Rússia era a grande favorita para vencer o concurso, juntamente com a Espanha.[7]

Uma coletânea oficial, com todas as 26 participações do concurso, foi lançada pela primeira vez com o selo EMI/CMC.[8]

O tema foi "Magical Rendez-vous".

Eurovision WeekEditar

Os preparativos completos para o concurso de 2003 começaram a 18 de maio de 2003, no Skonto Hall. Houve ensaios, entrevistas coletivas e participantes também participaram em conversas na internet.[9] Dois ensaios foram realizados no dia 23 de maio, diante de cerca de 12 000 pessoas. Os organizadores do concurso realizaram uma conferência de imprensa. Uma das questões levantadas foi a falta de convites para a pós-festa. O ensaio final foi realizado a 24 de maio, dia do concurso. Também foi realizada uma simulação do processo de votação, na qual os apresentadores se conectaram com todos os 26 países via satélite pela primeira vez.[9]

VotaçãoEditar

23 dos 26 países usaram o televoto, onde, às 10 canções mais votadas, eram atriuídos 12, 10, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 ponto, com um júri de salvaguarda, em caso de erros. Um júri nacional era usado em casos de força maior, em que não se pudesse utilizar o televoto. Os outros usaram o júri

A supervisora executiva da EBU foi Sarah Yuen.

Durante a votação, a câmera fez vários close-ups dos artistas. Em particular, Sertab Erener, os Urban Trad e as t.A.T.u. apareceram.

Participações individuaisEditar

 
  Países participantes
  Países que participaram antes, mas não em 2003

Durante cerca de 10 meses, todos os países elegeram os seus representantes, assim como as músicas que os mesmos viriam a interpretar em Riga. Para realizar tal selecção, cada país utilizou o seu próprio processo de selecção. Alguns optaram pela selecção interna, que consiste em a televisão organizadora daquele país, é quem faz a escolha; no entanto, por vezes apenas o artista é seleccionado internamente, e a música não. Outros países (a maioria), utiliza um programa de televisão para seleccionar a sua entrada. Quartos de final, semifinais, second-chances e finais, foram realizadas durante 10 meses na maioria dos países europeus, cada um com o seu processo próprio (também a internet foi utilizada na fase de escolhas). No conjunto de artigos em baixo, é possível ler mais ao pormenor o tipo de processo que cada país utilizou, assim como os resultados e reacções.

País Título original da Canção Artista Processo Data da Selecção
Tradução em Português Idiomas de Interpretação
  Alemanha "Let's Get Happy" Lou Countdown Grand Prix Eurovision 2003 7 de fevereiro de 2003
Vamos Ser Felizes Inglês
  Áustria "Weil der Mensch zählt" Alf Poier song.null.fünf 2003 14 de março de 2003
O homem é a medida de todas as coisas Bávaro meridional
  Bélgica "Sanomi" Urban Trad Selecção Interna -
Sanomi Imaginária
  Bósnia e Herzegovina "Ne Brini" Mija Martina BH Eurosong 2003 1 de março de 2003
Não Te Preocupes Croata & Inglês
  Chipre "Feeling Alive" Stelios Constantas Seleção interna 17 de fevereiro de 2003
Sentindo Vivo Inglês
  Croácia "Više nisam tvoja" Claudia Beni Dora 2003 9 de março de 2003
Jamais serei tua Croata & Inglês
  Eslovénia "Nanana" Karmen Stavec EMA 2003 15 de fevereiro de 2003
Nanana Inglês
  Espanha "Dime" Beth Operación Triunfo 2003 17 de fevereiro de 2003
Diz-me Castelhano
  Estónia "Eighties Coming Back" Ruffus Eurolaul 2003 8 de fevereiro de 2003
Os 80's voltaram Inglês
  França "Monts et merveilles" Louisa Baïleche Selecção interna -
Montes e maravilhas Francês
  Grécia "Never Let You Go" Mando Ellinikoú Telikoú tis Diagonismós Tragoudioú Eurovision 2003 26 de fevereiro de 2003
Nunca deixar-te ir Inglês
  Irlanda "We've Got The World" Mickey Harte You're A Star 2003 9 de março de 2003
Nós Temos o Mundo Inglês
  Islândia "Open Your Heart" Birgitta Íslenska Söngvakeppni Sjónvarpsins 2003 15 de Fevereiro de 2003
Abre o teu coração Inglês
  Israel "Words for Love" Lior Narkis Kdam Eurovision 2003 23 de janeiro de 2003
Palavras Para Amor Inglês & Hebraico
  Letónia "Hello From Mars" F.L.Y. Eirodziesma 2003 1 de fevereiro de 2003
Olá de Marte Inglês
  Malta "To Dream Again" Lynn Chircop Festival Tal-Kanzunetta Maltija 2003 8 de fevereiro de 2003
Sonhar outra vez Inglês
  Noruega "I'm Not Afraid To Move On" Jostein Hasselgård Melodi Grand Prix 2003 24 de fevereiro de 2003
Não estou com medo de ir Inglês
  Países Baixos "One More Night" Esther Hart Nationaal Songfestival 2003 1 de março de 2003
Mais uma noite Inglês
  Polónia "Keine Grenzen-Żadnych granic" Ich Troje Piosenka dla Europy 2003 25 de janeiro de 2003
Sem fronteiras Alemão, Polaco & Russo
  Portugal "Deixa-me Sonhar (só mais uma vez)" Rita Guerra Seleção interna 2 de março de 2003
Deixa-me Sonhar (só mais uma vez) Português & Inglês
  Reino Unido "Cry Baby" Jemini A song for Europe 2003 2 de março de 2003
Chora bebé Inglês
  Roménia "Don't Break My Heart" Nicola Selecţia Naţională 2003 1 de março de 2003
Não partas o meu coração Inglês
  Rússia "Ne Ver', Ne Boysia" (Не верь, не бойся) t.A.T.u. Seleção interna 19 de março de 2003
Não acredites, não temas Russo
  Suécia "Give Me Your Love" Fame Melodifestivalen 2003 15 de março de 2003
Dá-me o teu amor Inglês
  Turquia "Everyway That I Can" Athena Seleção interna -
De todas as maneiras que eu possa Inglês
  Ucrânia "Hasta La Vista" Oleksandr Ponomaryov Seleção interna -
Até à vista Inglês

FestivalEditar

A abertura da competição começou com um vídeo. A câmera viajou pelo espaço até entrar na Via Láctea e no sistema solar. Então apareceu um planeta de flores, simbolizando a Letónia. O concurso contou com convidados especiais que comunicaram com os anfitriões via satélite: Lys Assia, vencedora de 1956 saudou os anfitriões e espectadores desde Nicósia, Elton John falou com os apresentadores ao vivo do Life Ball, em Viena e um astronauta e um cosmonauta - Ed Lu e Yuri Malenchenko - deram as suas saudações desde a Estação Espacial Internacional.[10][11][12]

O palco, projetado por Ozoliņš Aigars foi inspirado no conceito Planeta Letónia,[13][14] que foi chamado de "mundo da música".

Os apresentadores foram Marie N e Renārs Kaupers,[15] que falaram aos espectadores em inglês e francês.

Os cartões postais, dirigidos por Ugis Brikmanis e contaram com a participação dos artistas que competiram no concurso interagindo com as várias paisagens da Letónia: florestas, rios, lagos e cidades.[16]

Durante o intervalo comercial, dois jornalistas, Ilze Jaunalksne e Dīvs Reiznīeks, falaram da green room. A primeira trocou algumas palavras com a representante islandesa, Birgitta Haukdal e o segundo, com o representante cipriota, Stelios Constantas. A atuação no final do desfile foi uma curta-metragem dirigido por Anna Viduleja que contou com uma sequência de atuações do grupo pós-folclore letão Iļģi, banda de Renārs Kaupers, Brainstorm, Marie N e o pianista Raimonds Pauls.

Uma nova funcionalidade chamada de "Green Room" (sala verde, em português), a sala onde os artistas são posicionados para ver as votações, era visível junto do público para descobrir o fundo do palco antes da votação.

# País Idioma Artista Canção Tradução para Português Lugar Pontuação
  Islândia Inglês Birgitta Haukdal "Open Your Heart" Abre o teu coração 81
  Áustria Bávaro meridional Alf Poier "Weil der Mensch zählt" O homem é a medida de todas as coisas 101
  Irlanda Inglês Mickey Harte "We've Got the World" Nós Temos o Mundo 11º 53
  Turquia Inglês Sertab Erener "Everyway That I Can" De todas as maneiras que eu possa 167
  Malta Inglês Lynn Chircop "To Dream Again" Sonhar outra vez 25º 4
  Bósnia e Herzegovina Inglês & Croata Mija Martina "Ne Brini" Não Te Preocupes 16º 27
  Portugal Português & Inglês Rita Guerra "Deixa-me Sonhar (só mais uma vez)" Deixa-me sonhar (só mais uma vez) 22º 13
  Croácia Inglês & Croata Claudia Beni "Više nisam tvoja" Jamais serei tua 15º 29
  Chipre Inglês Stelios Constantas "Feeling Alive" Sentindo Vivo 20º 15
10º   Alemanha Inglês Lou "Let's Get Happy" Vamos Ser Felizes 11º 53
11º   Rússia Russo t.A.T.u. "Ne Ver', Ne Boysia" (Не верь, не бойся) Não acredites, não temas 164
12º   Espanha Castelhano Beth "Dime" Diz-me 81
13   Israel Inglês & Hebraico Lior Narkis "Words for Love" Palavras Para Amor 19º 17
14º   Países Baixos Inglês Esther Hart "One More Night" Mais uma noite 13º 45
15º   Reino Unido Inglês Jemini "Cry Baby" Chora querido/querida 26º 0
16º   Ucrânia Inglês Olexandr Ponomariov "Hasta la Vista" Até à vista 14º 30
17º   Grécia Inglês Mando "Never Let You Go" Nunca deixar-te ir 17º 25
18º   Noruega Inglês Jostein Hasselgård "I'm Not Afraid to Move on" Não estou com medo de ir 123
19º   França Francês Louisa Baïleche "Monts et merveilles" Montes e maravilhas" 18º 19
20º   Polónia Alemão, Polaco & Russo Ich Troje "Keine Grenzen-Żadnych granic" Sem fronteiras-Sem fronteiras 90
21º   Letónia Inglês F.L.Y. "Hello from Mars" Olá de Marte 24º 5
22º   Bélgica Imaginária Urban Trad "Sanomi" Sanomi 165
23º   Estónia Inglês Ruffus "Eighties Coming Back" Os 80's voltaram 21º 14
24º   Roménia Inglês Nicoleta Alexandru "Don't Break My Heart" Não partas o meu coração 10º 73
25º   Suécia Inglês Fame "Give Me Your Love" Dá-me o teu amor 107
26º   Eslovénia Inglês Karmen Stavec "Nanana Nanana 23º 7

ResultadosEditar

A ordem de votação no Festival Eurovisão da Canção 2003, foi a seguinte:[17]

 
  Vencedor
  2º classificado
  3º classificado
Países Votantes Países Pontuados
                                                   
  Islândia 10 2 3 8 4 6 12 7 1 5
  Áustria 12 7 5 1 8 2 10 4 6 3
  Irlanda 7 3 2 6 4 5 1 12 10 8
  Turquia 8 6 5 12 3 10 2 4 7 1
  Malta 12 5 4 2 3 1 7 6 10 8
  Bósnia e Herzegovina 5 12 6 3 2 8 10 7 1 4
  Portugal 10 7 8 1 4 12 5 2 6 3
  Croácia 6 5 4 10 8 12 7 1 2 3
  Chipre 5 4 7 8 10 6 12 3 2 1
  Alemanha 1 2 10 8 5 7 12 6 4 3
  Rússia 7 6 5 10 8 1 4 3 2 12
  Espanha 8 3 2 4 6 1 5 12 10 7
  Israel 7 1 10 12 2 4 3 8 6 5
  Países Baixos 6 8 12 2 1 5 7 4 10 3
  Reino Unido 8 12 7 4 1 6 2 5 3 10
  Ucrânia 4 1 2 3 12 7 8 10 6 5
  Grécia 2 7 1 12 10 5 3 6 8 4
  Noruega 12 8 6 10 2 5 4 3 1 7
  França 1 10 6 7 8 3 5 12 4 2
  Polónia 1 2 5 4 10 6 3 12 8 7
  Letónia 3 4 1 2 12 5 7 8 10 6
  Bélgica 3 2 1 12 7 10 8 6 5 4
  Estónia 1 6 2 12 3 10 4 5 8 7
  Roménia 10 1 7 5 2 3 6 4 8 12
  Suécia 7 6 8 10 2 4 5 12 3 1
  Eslovénia 4 7 2 10 8 12 1 5 3 6
Total 81 101 53 167 4 27 13 29 15 53 164 81 17 45 0 30 25 123 19 90 5 165 14 73 107 7
Lugar 11º 25º 16º 22º 15º 20º 11º 19º 13º 26º 14º 17º 18º 24º 21º 10º 23º
Países Votantes                                                    
Países Pontuados
Resultados acumulados
Países Votantes Países Pontuados
                                                   
  Islândia 0 10 2 3 0 0 0 0 0 8 4 6 0 0 0 0 0 12 0 0 0 7 1 0 5 0
  Áustria 0 10 2 15 0 7 0 5 0 9 12 6 0 0 0 0 0 14 0 10 0 11 1 6 8 0
  Irlanda 7 10 2 15 3 7 2 11 0 13 12 6 0 5 0 0 1 26 0 10 0 21 9 6 8 0
  Turquia 15 16 7 15 3 19 2 14 0 13 22 8 0 5 0 0 5 26 0 10 0 28 9 7 8 0
  Malta 27 16 12 19 3 19 2 14 2 16 23 8 0 12 0 0 5 32 0 20 0 28 9 7 16 0
  Bósnia e Herzegovina 27 21 12 31 3 19 2 20 2 16 26 8 0 14 0 0 5 32 8 20 0 38 9 14 17 4
  Portugal 27 31 19 39 4 19 2 20 2 16 30 20 0 14 0 0 5 37 10 20 0 44 9 14 20 4
  Croácia 33 36 23 49 4 27 2 20 2 16 42 27 0 14 0 0 5 37 10 20 0 44 9 15 22 7
  Chipre 38 40 30 57 4 27 2 20 2 16 52 33 0 14 0 0 17 37 10 20 0 47 9 17 23 7
  Alemanha 39 42 30 67 4 27 2 20 2 16 60 33 0 14 0 0 22 44 10 32 0 53 9 21 26 7
  Rússia 39 42 30 67 4 27 2 20 2 23 60 39 5 24 0 8 23 48 10 32 0 56 11 33 26 7
  Espanha 39 50 30 70 4 27 4 20 2 27 66 39 6 24 0 8 23 48 10 37 0 68 11 43 33 7
  Israel 39 50 30 77 4 27 4 20 3 27 76 51 6 26 0 12 23 51 10 37 0 76 11 49 38 7
  Países Baixos 45 58 30 89 4 27 4 20 3 29 77 56 6 26 0 12 23 58 10 41 0 86 11 49 41 7
  Reino Unido 45 66 42 96 4 27 4 20 3 33 77 56 6 27 0 12 23 64 10 43 0 91 14 49 51 7
  Ucrânia 49 66 43 98 4 27 7 20 3 33 89 56 6 27 0 12 23 71 10 51 0 101 14 55 56 7
  Grécia 49 68 43 105 4 27 7 21 15 33 99 61 9 27 0 12 23 71 10 57 0 109 14 59 56 7
  Noruega 61 76 49 115 4 27 7 21 15 33 101 61 9 32 0 12 23 71 10 61 0 112 14 60 63 7
  França 62 76 49 125 4 27 13 21 15 33 108 61 17 32 0 12 23 74 10 66 0 124 14 64 65 7
  Polónia 63 76 49 127 4 27 13 21 15 38 112 61 17 32 0 22 23 80 13 66 0 136 14 72 72 7
  Letónia 66 80 50 127 4 27 13 21 15 40 124 61 17 32 0 27 23 87 13 74 0 146 14 72 78 7
  Bélgica 69 82 51 139 4 27 13 21 15 40 131 71 17 40 0 27 23 93 13 79 0 146 14 72 82 7
  Estónia 70 88 51 139 4 27 13 21 15 42 143 71 17 40 0 30 23 103 13 83 5 154 14 72 89 7
  Roménia 70 88 51 149 4 27 13 21 15 43 150 76 17 40 0 30 25 106 19 87 5 162 14 72 101 7
  Suécia 77 94 51 157 4 27 13 21 15 53 152 80 17 45 0 30 25 118 19 90 5 162 14 73 101 7
  Eslovénia 81 101 53 167 4 27 13 29 15 53 164 81 17 45 0 30 25 123 19 90 5 165 14 73 107 7
Lugar 11º 25º 16º 22º 15º 20º 11º 19º 13º 26º 14º 17º 18º 24º 21º 10º 23º
Países Votantes                                                    
Países Pontuados

12 pontosEditar

Os países que receberam 12 pontos foram os seguintes:

# Países Pontuados Países Votantes
5   Rússia Croácia, Eslovénia, Estónia, Letónia, Ucrânia
4   Turquia Áustria, Bélgica, Bósnia e Herzegovina, Países Baixos
3   Bélgica Espanha, França, Polónia
  Noruega Irlanda, Islândia, Suécia
2   Islândia Malta, Noruega
  Espanha Israel, Portugal
1   Bósnia e Herzegovina Turquia
  Chipre Grécia
  Grécia Chipre
  Irlanda Reino Unido
  Polónia Alemanha
  Roménia Rússia
  Suécia Roménia

Prémios Marcel BezençonEditar

Pela segunda vez, os Prémios Marcel Bezençon foram entregues às melhores músicas concorrentes na final. Fundada por Christer Björkman (participante do Festival Eurovisão da Canção de 1992 e o atual chefe da delegação sueca) e Richard Herrey (um integrante da banda Herreys, que foi a vencedora do Festival Eurovisão da Canção de 1984), em honra de Marcel Bezençon, um empresário e jornalista suíço responsável por elaborar o Festival Eurovisão da Canção. Os prémios são divididos em 3 categorias; Prémio de Imprensa; Prémio Artístico; e Prémio dos Fãs.

Categoria País Artista Canção Resultado final Pontos
Prémio Artístico   Países Baixos Esther Hart "One More Night" 13º 45
Prémio dos Fãs   Espanha Beth "Dime" 81
Prémio da Imprensa   Turquia Sertab Erener "Everyway That I Can" 167

Notícias (oficial)Editar

Referências

  1. Barak, Itamar (22 de maio de 2003). «EBU press conference about the contest's future». ESCToday.com. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  2. Mikheev, Andy (22 de agosto de 2002). «Archived news. Part 1.». Consultado em 27 de outubro de 2013 
  3. «Título ainda não informado (favor adicionar)». www.google.com.br 
  4. «RULES OF THE 2003 EUROVISION SONG CONTEST» (PDF). European Broadcasting Union. European Broadcasting Union. 20 de novembro de 2002. Consultado em 16 de novembro de 2013. Arquivado do original (PDF) em 14 de abril de 2003 
  5. a b Mikheev, Andy (20 de novembro de 2002). «Archived news. Part 4.». Consultado em 16 de novembro de 2013 
  6. Bakker, Sietse (28 de novembro de 2002). «Draw to be made public Friday 17:00 CET». ESCToday.com. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  7. Bakker, Sietse (24 de maio de 2003). «William Hill: update of the betting figures!». ESCToday.com. Consultado em 22 de março de 2008 
  8. «Eurovision Song Contest Riga 2003: CD available now». European Broadcasting Union. Consultado em 24 de março de 2008. Arquivado do original em 24 de junho de 2003 
  9. a b Event. Eurovision.tv. Retrieved on 22 March 2008.
  10. Bakker, Sietse (1 de dezembro de 2008). «Artists and fan sites campaign on World AIDS Day». Eurovision.tv. Consultado em 17 de novembro de 2013 
  11. Bakker, Sietse (21 de maio de 2008). «1956 winner Lys Assia: "It will go on!"». Eurovision.tv. Consultado em 17 de novembro de 2013 
  12. Tarm, Michael (2003). «Turks beat back Russia and Belgium to win; Baltics and Britain bomb.». City Paper. Consultado em 22 de março de 2008. Arquivado do original em 3 de março de 2007 
  13. Bakker, Sietse (27 de março de 2003). «Eurovision Song Contest 2003 on Planet Latvia». ESCToday.com. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  14. Barak, Itamar (7 de maio de 2003). «Magical encounter on the Eurovision stage». ESCToday.com. Consultado em 16 de novembro de 2013 
  15. https://eurovision.tv/event/riga-2003
  16. https://eurovision.tv/event/riga-2003
  17. A ordem de votação foi efectuada através da visualização de vídeos da edição do festival, à semelhança de outras secções deste artigo

NotasEditar

  • Os mapas presentes neste artigo, respeitam as fronteiras geográficas estabelecidas na altura em que o festival ocorreu.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Festival Eurovisão da Canção 2003