Abrir menu principal

Festival Eurovisão da Canção 2009

Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Festival Eurovisão da Canção 2009
"Firebird"
 Rússia
Edição
54.ª edição
Datas
1.ª semifinal 12 de Maio de 2009
2.ª semifinal 12 de Maio de 2009
Final 16 de Maio de 2009
Anfitrião
Local Olimpiisky Indoor Arena, Moscovo,Rússia
Apresentador(es) semifinais
Andrey Malakhov
Natalia Vodyanova
Final
Alsou Abramova
Ivan Urgant
Green Room
Dmitry Shepelev
Diretor Alexander Zhukov & Yury Aksyuta[1][2]
Estação anfitriã Rússia C1R (Channel One)
Atuações
Atuações de abertura Final
Actuação do Cirque du Soleil, Dima Bilan com o patinador de gelo Evgeni Plushenko, interpretando "Believe"
1.ª Semifinal
Tolmachevy Sisters (vencedoras da Eurovisão Júnior 2006), pássaro gigante a sobrevoar a arena
2.ª Semifinal
Terem Quartet (Orquestra Folk) que tocou músicas Eurovisivas: "Nel Blu Dipinto Di Blu", "Waterloo", "Ding a dong", "Diva", "Believe"
Participantes
Número de entradas 42[3] (18 na 1.ª semifinal e 19 na 2.ª, de onde passaram 10 de cada semifinal para a final, onde concorreram 25 países) países
Países de regresso  Eslováquia
Países de saída  San Marino
 Geórgia
Mapa dos países participantes
Portugal no Festival Eurovisão da CançãoEspanha no Festival Eurovisão da CançãoSan Marino no Festival Eurovisão da CançãoFrança no Festival Eurovisão da CançãoReino Unido no Festival Eurovisão da CançãoIrlanda no Festival Eurovisão da CançãoIslândia no Festival Eurovisão da CançãoBélgica no Festival Eurovisão da CançãoPaíses Baixos no Festival Eurovisão da CançãoSuíça no Festival Eurovisão da CançãoAlemanha no Festival Eurovisão da CançãoDinamarca no Festival Eurovisão da CançãoMalta no Festival Eurovisão da CançãoItália no Festival Eurovisão da CançãoNoruega no Festival Eurovisão da CançãoSuécia no Festival Eurovisão da CançãoFinlândia no Festival Eurovisão da CançãoEstónia no Festival Eurovisão da CançãoLetónia no Festival Eurovisão da CançãoLituânia no Festival Eurovisão da CançãoEslováquia no Festival Eurovisão da CançãoÁustria no Festival Eurovisão da CançãoEslovénia no Festival Eurovisão da CançãoHungria no Festival Eurovisão da CançãoCroácia no Festival Eurovisão da CançãoBósnia e Herzegovina no Festival Eurovisão da CançãoMontenegro no Festival Eurovisão da CançãoSérvia no Festival Eurovisão da CançãoAlbânia no Festival Eurovisão da CançãoMacedónia no Festival Eurovisão da CançãoGrécia no Festival Eurovisão da CançãoBulgária no Festival Eurovisão da CançãoRoménia no Festival Eurovisão da CançãoMoldávia no Festival Eurovisão da CançãoUcrânia no Festival Eurovisão da CançãoBielorrússia no Festival Eurovisão da CançãoRússia no Festival Eurovisão da CançãoGeórgia no Festival Eurovisão da CançãoAzerbaijão no Festival Eurovisão da CançãoTurquia no Festival Eurovisão da CançãoChipre no Festival Eurovisão da CançãoIsrael no Festival Eurovisão da CançãoArménia no Festival Eurovisão da CançãoMarrocos no Festival Eurovisão da CançãoLiechtenstein no Festival Eurovisão da CançãoAndorra no Festival Eurovisão da CançãoMónaco no Festival Eurovisão da CançãoPolónia no Festival Eurovisão da CançãoRepública Checa no Festival Eurovisão da CançãoLuxemburgo no Festival Eurovisão da CançãoLíbano no Festival Eurovisão da CançãoTunísia no Festival Eurovisão da CançãoArgélia no Festival Eurovisão da CançãoUm mapa colorido dos países da Europa
Sobre esta imagem
Votação
Sistema de
voto
A votação é efectuada por televoto, onde cada país vota nas suas dez canções preferidas, numa pontuação que vai de 1 a 7, e 8, 10 e 12. A votação por televoto, será efectuada em ambas as semifinais e na final, porém na final será acrescentado um júri, que valerá metade do voto, sendo assim, a votação da final será de 50% televoto e 50% júri. Nas semifinais, os júris escolheram um país que passará directamente para a final.
Votos nulos  República Checa: Gipsy.cz, "Aven Romale" (1.ª Semifinal)
Canção vencedora Final
 Noruega: Alexander Rybak, "Fairytale", 387 pontos (margem: 169 pontos)
1.ª Semifinal
 Islândia: Yohanna, "Is It True?", 174 pontos (margem: 2 pontos)
2.ª Semifinal
 Noruega: Alexander Rybak, "Fairytale", 201 pontos (margem: 21 pontos)
Cronologia
Fleche-defaut-gauche-gris-32.png   2008     Wiki Eurovision Heart (Infobox).svg     2010   Fleche-defaut-droite-gris-32.png

O Festival Eurovisão da Canção 2009 (em inglês: Eurovision Song Contest 2009 , em francês: Concours Eurovision de la chanson 2009 e em russo: Конкурс песни Евровидение-2009) foi a 54.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, que é recebida pela cidade de Moscovo, na Rússia. Em 2008, com a canção "Believe", de Dima Bilan, a Rússia ganhou o Festival, e com isso os direitos de realizar o evento que decorreu de 12 de Maio, com a 1.ª semifinal, até 16 de Maio de 2009, com a final. Pelo meio, em 14 de Maio, foi realizada a 2.ª semifinal, no Olimpiisky Indoor Arena.[4][5][6][7]

O grande vencedor foi Alexander Rybak, com a música "Fairytale", dando assim a oportunidade de a Noruega organizar o Festival Eurovisão da Canção 2010. Alexander Rybak bateu o recorde de pontos obtidos na Festival, com 387, e ao mesmo tempo, venceu com a maior margem de diferença para o segundo classificado.[8] Antes do grande vencedor da final, o vencedor da 1.ª semifinal, foi a representante da Islândia, Yohanna, com a canção "Is It True?", e o vencedor da 2.ª semifinal foi o representante da Noruega, Alexander Rybak, com a música "Fairytale".

Mudanças no sistema de votação reintroduziram o sistema de júris, que possui 50% da votação final (os outros 50%, são efectuados por todo e qualquer cidadão que esteja nos países que concorrem ao Festival). Confirmaram a sua entrada e participaram no concurso 42 países. Com a saída da Geórgia, que viu a sua música desqualificada e não quis seleccionar outra, o Festival acabou por ficar reduzido. A Eslováquia anunciou que regressaria ao Festival, enquanto que São Marino desistiu, devido a dificuldades financeiras.

Outros países que pareciam querer regressar no edição de 2009 eram a Itália[9] e Marrocos.[10] A Geórgia e a Letónia, afirmaram primeiramente um boicote ao concurso, devido ao conflito no Cáucaso mas, mais tarde, a European Broadcasting Union (EBU) veio confirmar que ambos os países participariam na edição de 2009.[11]

Pela primeira vez na História de todos os Festival, existiram apresentadores diferentes para as semifinais e para a Final. Para apresentar as semifinais, foram escolhidos o apresentador de televisão, Andrey Malakhov e a modelo Natalia Vodyanova, que vive actualmente em Londres.[12] A Grande Final de 16 de Maio, foi apresentada pela personalidade mediática (conhecida por já ter feito anúncios televisivos, etc.) Ivan Urgant, juntamente com Alsou, que representou a Rússia no Eurofestival de 2000, em Estocolmo, acabando em 2º lugar com a canção "Solo", segundo lugar este que foi o melhor resultado do país até aquela altura.[13][14][15] Os quatro apresentadores foram apresentados no dia 7 de Maio de 2009.[16]

O Festival Eurovisão da Canção de 2009, ficou ainda marcado pela tentativa da entrada do Kosovo,[17] porém, devido ao não reconhecimento de alguns países participantes no Festival, a entrada do Kosovo tornou-se mais difícil, tendo mesmo a Sérvia afirmado que, caso o Kosovo entrasse no concurso, se retiraria do certame.

Outros países que demonstraram interesse em participar no Festival foram o Cazaquistão,[18] o Líbano[19] e a Escócia.[20] Pela primeira vez esteve também em cima da mesa a possibilidade de extinguir os Big 4 (Reino Unido, França, Espanha e Alemanha), obrigando-os a ter que passar por uma das semifinais, tal como todos os outros países concorrentes, à excepção do país anfitrião. Porém, tal não aconteceu, e os quatro países continuam a ter a passagem directa para a final.

A 30 de Janeiro de 2009 realizou-se o sorteio para determinar em qual das semifinais cada país teria que concorrer, assim como o sorteio para determinar qual a Semifinal a transmitir por cada um dos cinco países que passam directamente na final (para além da transmissão, estes também poderão votar nessa mesma Semifinal). Posteriormente, a 16 de Março, realizou-se o sorteio para decidir em que posição cada país actuaria nas semifinais, e na Final, assim como a ordem para as votações.

Pela primeira vez desde a sua introdução em 2007, não houve o já famoso "Eurovision winner's tour", que consistia em o vencedor do Festival andar a viajar durante quase um ano, pela Europa, a divulgar a sua música vencedora. O facto de este tour ter acabado deve-se às altas despesas que o mesmo acarreta para a EBU (patrocinadora de todo o tour), que garante não ter os lucros necessários para continuar com a iniciativa.[21]

Com a conclusão de todas as infraestruturas necessárias para a realização do evento, a 2 de Maio de 2009, os primeiros eventos na cidade de Moscovo iniciaram-se também no dia 2 de Maio de 2009, a partir das 8h30 (hora de Moscovo).[22] A abertura da época eurovisiva deu-se oficialmente no dia 2 de Maio de 2009, como já se esperava.[23] Os primeiros ensaios ocorreram na arena, no mesmo dia, com uma grande cobertura mediática, e expectativa por parte de fãs de todo o Mundo,[24] porém estes ensaios eram os das aberturas e intervalos dos três espetáculos, as delegações começaram a fazer os seus ensaios no dia 3 de Maio de 2009.[25]

A famosa Eurovision Song Contest Opening Ceremony (Cerimónia de Abertura do Festival Eurovisão da Canção) deu-se a 10 de Maio, um dia antes do início dos ensaios finais, nos quais já houve audiência no local. Para o espectáculo que antecede a semana mais importante de toda a Eurovisão, estiveram presentes vários artistas de edições anteriores, assim como a presença dos responsáveis pelo Festival em Moscovo, da EBU, etc..[26]

Índice

FormatoEditar

A discussão sobre o formato do Festival Eurovisão da Canção 2009, ocorreu em Atenas, Grécia, em Junho de 2008. Foi feita então uma proposta, que faria com que os países do Big 4 (França, Alemanha, Espanha e o Reino Unido) perdessem o seu lugar automático na final do concurso.[27] Contudo, acabou por ser confirmado que os países do Big 4, continuariam a estar na Final do Festival 2009.[28]

Em 30 de Janeiro de 2009 teve lugar o sorteio dos países que iriam participar na 1.ª ou 2.ª Semifinal. De acordo com o sistema do Festival de 2008, todos os países são separados em seis potes individuais baseados nas votações efectuadas por cada um dos Festivais anteriores. O sorteio foi criado para assegurar que os países que têm uma maior probabilidade de dar pontos a outros na competição, não participem na mesma Semifinal (onde só podem votar os países que participam na mesma). Depois do sorteio, foram então conhecidos os países que iriam participar em cada Semifinal. Mais tarde foi também feito outro sorteio, para determinar em que Semifinal e em que países iriam votar o grupo dos Big 4 (Reino Unido, Espanha, Alemanha e França) e o país anfitrião (Rússia). Os Big 4 e o país anfitrião já estão automaticamente qualificados para a Final do concurso.[29] O sorteio para a ordem de actuação nas semifinais e na Final, assim como o sorteio para a ordem na qual cada país, através de um porta-voz apresenta as suas pontuações atribuídas, ocorreram em Março de 2009.[11]

Em 2009, pela terceira vez consecutiva desde 2007, a pequena produção realizada pela EBU, em conjunto com a emissora anfitriã do concurso, intitulada de Eurovision Countdown, foi para o ar, em três episódios de meia hora cada. Em cada episódio, foram apresentados todos os concorrentes, assim como reveladas algumas das surpresas guardadas até ao último momento. Os apresentadores do programa foram Yana Churikova, que também apresentou os dois sorteios Eurovisivos de 2009, e que também apresentou a Final nacional russa para escolher o seu representante, juntamente com Jovan Radomir, que apresentou o Festival russo de 2008.[30]

Pela primeira vez, também o You Tube, um dos sites mais visitados do mundo, aderiu ao espírito eurovisivo, transformando o seu logotipo, com símbolos da Eurovisão 2009.[31] O canal da Eurovisão no You Tube, teve mais de 20 milhões de visitas apenas em cinco dias, tornando-o assim o segundo canal mais visitado do mundo.[32]

Também pela primeira vez na história do festival, o evento foi ligado em directo com a Estação Espacial Internacional, onde os astronautas agradeceram o maravilhoso espetáculo, e deram a ordem para a Europa começar a votar.

Tema e visualEditar

 
Alexander Rybak, vencedor de Festival Eurovisão da Canção 2009.

Durante o sorteio para a divisão dos países pelas duas semifinais e Final, a televisão anfitriã, o Channel One Russia apresentou o sub-logo e o tema do Festival 2009.[33] O sub-logo é baseado numa espécie de "Fantasy Bird", que pode ser utilizado com muitas cores. Tal como nos anos anteriores, o sub-logo será apresentado durante e ao lado da apresentação do logótipo genérico.[33] O sub-logo foi desenhado pela The Red Square Company. Esta foi a primeira vez, que não houve um slogan para o concurso, desde 2001.

O palco foi desenhado pelo famoso designer nova-iorquino John Casey, e é baseado à volta do tema contemporâneo da vanguarda russa. Casey, que desenhou anteriormente o palco para o Festival Eurovisão da Canção 1997 em Dublin, na Irlanda, esteve também envolvido nos trabalhos para as edições de 1994 e 1995. Ele explicou que "mesmo antes dele ter trabalhado com os Russos nos TEFI Awards em Moscovo em 1998 ele foi inspirado pela e desenhou para a arte através do período vanguardista russo, especialmente os construtivistas… Ele tentou desenhar o palco com um design teatral para o concurso, que incorpora a arte vanguardista russa numa mistura com a contemporânea, quase inteiramente feito com diferentes tipos de ecrãs LED."[34] Casey explicou que juntos, os vários painéis de LED formam o produto final. Para além disso, grandes secções do palco têm a habilidade e a capacidade de se moverem, incluindo o portão circular central feito de ecrãs LED curvados, que pode ser movido a fim de dar um efeito e um toque especial/sentimento para cada uma das 42 músicas a concurso. A construção do palco iniciou-se a 31 de Março, estando pronta a 2 de Maio, um dia antes dos primeiros ensaios ocorrerem na arena.[35]

Há cerca de cem anos, o químico russo Dmitri Mendeleiev criou a tabela periódica, que é utilizada por todo o Mundo. Como tal, os organizadores do Festival Eurovisão da Canção 2009, não quiseram deixar escapar uma das maiores invenções do seu país e criaram uma tabela periódica, com todos os 42 concorrentes deste ano, baseando-se no seu número de participações e de vitórias ao longo da história, por mais de cinquenta anos. Também é através desta tabela periódica que os designers da famosa Green Room se inspiraram para decorar e iluminar a mesma, através das cores a que cada país corresponde (tal como os elementos quimícos têm uma cor na tabela periódica).[36]

Pela primeira vez no Festival a introdução do país a actuar não foi feita através de um postal onde se mostram imagens de cada país a concurso, do país anfitrião (ou da cidade), nem através de mensagens ou actos artísticos (como em Belgrado, no último ano). Os cartões postais contaram com imagens feitas a computador, que representaram vários símbolos nacionais de cada país, porém através de objectos (predominantemente musicais). Exemplo disso, é o Arco do Triunfo, em Paris, que aparecerá recriado por um sistema de colunas de som. Para além desta nova forma de apresentar cada país, a Rússia também inseriu nestes cartões postais, com uma duração de aproximadamente 30 segundos, a modelo e Miss Mundo 2008 (e anteriormente Miss Rússia 2007), Ksenia Sukhinova, que aparecerá nos ecrãs de todo o Mundo, com as cores da bandeira de cada país, e 42 penteados e estilos diferentes.[37]

Os famosos postcards, foram então constituidos por:

  • Aparição da Miss Mundo 2008, Ksenia Sukhinova;
  • Um grupo de famosos edifícios, monumentos e paisagens do país correspondente apareceram, como se fossem página de um livro em 3D;
  • Sukhinova volta a aparecer, com um chapéu na cabeça, com todos os edifícios que apareceram no postal e uma t-shirt com as cores da bandeira do país em questão. Do lado direito aparecia o logotipo do ESC09 e o nome do país;
  • No final, aparecia no ecrã, uma palavra em russo, com a respectiva tradução para inglês. (Por exemplo: "Spasibo" = Thank You (Obrigado))

Também do lado de fora do pavilhão foram colocados vários "objectos" alusivos ao evento. Várias flores (e relva) foram colocadas no exterior da arena, formando a palavra Eurovision, e dando assim um ar mais verde e ecológico no exterior. À volta de todo o edifício da arena, foram colocados vários painéis gigantes, que circundam todo o estádio, e formam um gigantesco anel, com as imagens da Miss Mundo, com as cores representativas de cada país (imagens essas que também aparecem nos cartões postais).[38]

Pela televisão russa passou também um anúncio televisivo, com uma duração de cerca de 30 segundos, alusivo ao Festival, indicando as datas das semifinais e da Final, e os principais patrocinadores do evento. A principal imagem foi a modelo que "vestiu" as 42 nações, que aparece apenas "vestida" com a Rússia.[39] Também por toda a cidade foram colocados painéis publicitários, cada um com a Miss Mundo caracterizada de cada nação, com a bandeira da mesma por detrás.[40]

LocalEditar

O Festival Eurovisão da Canção 2009 será realizado na Rússia, depois da sua vitória no Festival Eurovisão da Canção 2008 em Belgrado, Sérvia, com a canção de Dima Bilan, "Believe".[6] Vladimir Putin, Primeiro Ministro da Rússia, constatou que o Festival seria realizado na capital russa, Moscovo, e foi proposto pela televisão responsável pelo concurso, o Channel One Russia, que o Festival se realizasse no Olimpiisky Indoor Arena, o antigo pavilhão Olímpico de Moscovo).[7][41] Esta proposta foi avaliada pela European Broadcasting Union (EBU), e confirmada a 13 de Setembro de 2008.[7] O responsável pelo edifício, Vladimir Churilin, veio a público refutar rumores de que era necessária uma reconstrução urgente da infra-estrutura, dizendo que: "It will not be required for the Eurovision Song Contest. We now can take up to 25 thousand spectators" ("Não será exigido para o Festival Eurovisão da Canção. Neste momento nós podemos acomodar 25 mil espectadores").[42] No entanto, o estádio recebeu obras de melhoramento, num valor aproximado de 10 milhões de euros, [carece de fontes?] tendo uma capacidade para cerca de 25 000 espectadores, e entre 3 mil a 5 mil lugares, exclusivos para jornalistas de todo o Mundo, perfazendo assim um total de 28 a 30 mil lugares para o Festival de 2009. Esta é, ao mesmo tempo, a segunda maior arena do Festival na história, tendo sido apenas ultrapassada em 2001, pelo Parken Stadium, onde cerca de de 40 mil espectadores assistiram ao concurso ao vivo.[43] No fim, a remodelação do pavilhão, levou à substituição total de todos os assentos do mesmo, à criação de 24 novas salas de maquilhagem, uma nova sala vip, uma Green Room completamente remodelada e uma nova sala de conferências, com trezentos computadores, instalados em cento e sessenta secretárias.

A construção do palco e de todas as infra-estruturas relacionadas com o Festival, iniciou-se cinquenta dias antes da realização do mesmo. A 31 de Março de 2009, os primeiros camiões chegaram ao Olimpiisky Indoor Arena, onde a construção começou de imediato. O final das obras aconteceu a 2 de Maio de 2009, perto do início dos ensaios por parte dos quarenta e dois países no próprio palco. Enquanto a construção decorreu, vários engenheiros e peritos informáticos criaram os mais de quarenta efeitos de luz, som, pirotecnia, etc., para que tudo estivesse pronto até ao Festival. Em 2 de Maio a última peça do palco para o Festival Eurovisão da Canção 2009 foi colocada, e no dia seguinte começaram os ensaios.

Para além do Olimpiisky Indoor Arena, a organização do Festival utilizou a Praça Vermelha como local ao ar livre para comemoração do Festival (como já vem sendo hábito), assim como um grande edifício ao lado da mesma, onde ficou instalado o Euroclub e se realizaram concertos e festas. Esse grande edifício, situado ao lado da mais famosa praça russa, conhecida por Manege de Moscovo, foi inaugurado como Euroclub a 6 de Maio de 2009. Este é o maior espaço onde o evento já foi realizado. O espaço esteve aberto das 18h00 até às 03h00 do dia seguinte, e por vezes o horário era prolongado até às 06h00. Pelo espaço passaram vários artistas que já participaram na Eurovisão, e realizaram-se várias conferências de imprensa, festas, etc..[44][45]

SegurançaEditar

O Ministério do Interior Russo, representado pelo deputado chefe do ministério do departamento de segurança, Major General Nikolai Trifonov anunciou a 28 de Abril de 2009, que mais de 8500 polícias e seguranças, circularão pela Cidade de Moscovo, durante o tempo do festival. A segurança será reforçada principalmente junto ao Olimpiisky Indoor Arena, e ao pé dos principais hotéis (onze) onde ficarão instaladas as claques de apoio, assim como as próprias comitivas dos países (que podem ultrapassar as 20 pessoas apenas num país). No comunicado também foi expresso que o Ministério não espera nenhum ataque terrorista, mas que prefere não correr o risco de um ataque vir a ocorrer durante o festival, assim como algum protesto que ponha em causa o evento. A segurança também foi reforçada, devido às datas do festival coincidirem com dois dos principais feriados da Rússia, o Dia da Primavera e do Trabalhador a 1 de Maio, e o Dia da Vitória, a 9 de Maio. Ambos os feriados atraem gigantescos números de pessoas à cidade, assim como um acréscimmo nas manifestações e protestos.[46] Para além do grande reforço policial, na entrada da arena/pavilhão onde se realiza o festival, existirão vários detectores de metais, e pela primeira vez serão feitos testes ao nível de álcool no sangue. Qualquer tipo de bebida alcoólica é proibida no local do festival, mesmo em que reduzidas quantidades.[47] Outra das muitas medidas de segurança tomadas pelas autoridades russas, é o corte do trânsito ao pé da arena, nas ruas Samarskaya, Durova e Shchepkina, desde o dia 11 de Maio até ao dia 16 do mesmo mês. Estas ruas sã conhecidas pelos seus grandes engarrafamentos, e a fim de evitar atrasos e possíveis problemas em nível de segurança, as autoridades resolveram cortar o trânsito por seis dias (o que não é muito normal em Moscovo.[48]

TerrorismoEditar

As equipas especiais russas evitaram um ataque terrorista, durante a primeira semifinal do Festival Eurovisão da Canção 2009. A notícia foi avançada a 14 de Maio de 2009, pela site da mídia russa Life.ru. Empregados da Agência Federal de Segurança Russa descobriram no interior do estádio olímpico, onde o festival estava a decorrer, um esconderijo onde se encontrava um pacote com seis balas de 9 mm. A descoberta ocorreu horas antes de a semifinal ser posta no "ar", para milhões de telespectadores. Os agentes federais disseram ainda que consideravam que as balas eram destinadas a ser utilizadas num atentado contra a vida de um dos intérpretes de um dos 42 países a concurso (18 naquele dia).[49] O artista apontado foi o representante da Bulgária, porém ainda não foi dito por fontes oficiais a quem era dirigido o ataque.

TransporteEditar

A cidade de Moscovo dispõem de um gigantesco sistema de metropolitano. O Metropolitano de Moscovo chega a quase todas as partes da cidade. Nos três dias do festival, o horário do metropolitano será alargado até às 3h30m da manhã, o que acarreta um custo de 10 milhões de rublos para o sistema de transportes moscovita. O Metropolitano de Moscovo foi inaugurado em 1935, sendo o maior do mundo por densidade de passageiros, transportando por volta de 3340 milhões de pessoas por ano e cerca de 9,2 milhões de pessoas por dia. A sua rede é composta por 173 estações, distribuídas por 12 linhas através de 282,4 km (sendo assim o sexto mais extenso do mundo). Apesar do metropolitano ser bastante utilizado, os fãs eurovisivos foram aconselhados a não utilizar o mesmo, por este ser grande e confuso, onde uma pessoa facilmente se perde. Para facilitar uma pouco a "vida" de todos os visitantes, a Câmara de Moscovo, colocou em todas as ruas da capital, placas com os nomes das ruas no alfabeto latino, assim como o sistema de metropolitano fez no nome das estações.

Vários autocarros foram alugados e postos ao serviço do festival. Depois de terem "sofrido" uma pequena remodelação no seu exterior, colocando-se assim imagens elucidativas ao festival, os autocarros estão ao serviço de todos, com rotas desde o Olimpiisky Indoor Arena até ao Euro Club, passando por todos os hotéis oficiais e reconhecidos pela organização do concurso.

Para transportar os artistas e as suas delegações a organização do Festival Eurovisão da Canção 2009, alugou várias camionetas, carros, etc, tudo com os símbolo do festival a percorrer todo o seu comprimento. Sempre que uma delegação executa uma viagem terá sempre polícia a acompanhá-la, de modo a evitar problemas de maior.

VotaçãoEditar

 
Países Europeus e respectivas bandeiras (é possível avaliar os votos vizinhos).

Em resposta a algumas televisões responsáveis pela divulgação do concurso nos países europeus, que continuavam a queixar-se do voto político, vizinho e diáspora, a EBU avaliou o sistema de votação usado no concurso, com a possibilidade de fazer uma alteração no sistema de votação, já para o Festival Eurovisão da Canção 2009. Os organizadores do festival enviaram então, um questionário sobre o sistema de votação às televisões difusoras, e um grupo de referência incorporou as respostas dos questionários numa sugestão para a alteração do sistema de votação no próximo ano.[50] A Telewizja Polska (TVP), da Polónia, propôs que se adicionasse o júri internacional, similar ao que foi usado no Festival Eurovisão da Dança 2008 no Festival Eurovisão da Canção, para reduzir o impacto do chamado block voting e avaliar a qualidade do artista e da sua música.[51] Desde então, foi confirmado que o voto seria feito através do sistema 50 por 50, em que metade dos votos seria atribuído pelo televoto e outra metade pelo júri nacional.[52] O método de selecção dos países da semifinal para a final, será o mesmo, contudo, apenas nove países passarão à próxima fase através de televoto, dado que o décimo finalista será escolhido através de um sistema de jurados.[53][54] Pormenores sobre o método ficaram combinados após reunião do "Reference Group" em Dezembro de 2008.[55] Os júris nacionais, foram originalmente implantados no Festival Eurovisão da Canção, em 1997. Porém, apenas seis anos depois, em 2003, a votação passou a ser realizada através de 100% televoto.

Edgar Böhm, director de entretenimento do canal público Österreichischer Rundfunk (ORF), da Áustria, constatou que o formato de 2008, com duas semifinais "continuaria a incorporar uma mistura de países que iriam certamente ser politicamente favorecidos no sistema de votação", e "que, a menos que um guia de instruções simples e claro sobre como estão organizadas as semifinais feitas pela EBU, a Áustria não participará no Festival de Moscovo 2009".[56][57] Apesar da inclusão de um júri na final, a Áustria não participará no festival, mas emitirá o mesmo no seu país, tal como em 2008.[58]

As novas regras de votação para o Festival Eurovisão da Canção, são as seguintes:[59][60]

* Cada júri será constituído por 5 elementos relacionados com a área musical, sendo um deles Presidente de Júri. As estações participantes terão que tornar a composição do Júri pública até ou durante a final;
* Os elementos do júri votarão de acordo com o visionamento do 2º Ensaio Geral usando o sistema eurovisivo (1 a 8, 10 e 12 pontos), depois, todos os 5 boletins de votação serão juntos e daí sairá a votação de cada júri nacional;
* Em caso de empate entre 2 ou mais canções, o júri deve chegar a acordo quanto à ordem relativa entre esses temas;
* A votação do júri será escrutinada por um auditor e será tornada pública no site oficial do evento;
* O televoto decorrerá após a audição de todas as canções e por um período de 15 minutos (tal como nas edições anteriores);
* O televoto poderá ser via SMS e/ou telefonema;
* A votação final de cada país será obtida pela conjugação do voto público e do voto do júri, pesando cada um 50%;
* Em caso de empate na conjugação das 2 pontuações, será melhor pontuada a(s) que tiverem obtido maior pontuação pelo televoto.

Para assegurar que as regras são cumpridas, a EBU enviará para cada país, um auditor externo, que monitorizará tudo o que ocorrer em relação ao festival.

No fim, depois da votação do público e dos júris, os 12 países com mais votos, passam a ter uma pontuação de 1 a 12 respeitando os votos anteriores. No fim soma-se ambos os valores que vão de 1 a 12 nas pontuações, e volta-se a pôr por ordem de pontuações determinando assim o grande vencedor. Para se ter uma ideia melhor de como será o sistema de votação, tomem-se os exemplos em baixo:

Votação do Público Votação dos Júris Combinação/Resultado final
País Votos Pontos
País A 140.000 12
País B 130.000 10
País C 100.000 8
País D 90.000 7
País E 85.000 6
País F 70.000 5
País G 60.000 4
País H 58.000 3
País I 50.000 2
País J 40.000 1
País K 30.000 0
País L 1.000 0
País 1 2 3 4 5 Total Pontos
País L 12 8 12 6 6 44 12
País B 6 2 10 10 12 40 10
País C 7 8 12 8 35 8
País J 10 12 2 1 5 30 7
País E 2 10 7 8 2 29 6
País A 8 3 5 7 3 26 5
País H 4 5 3 10 22 4
País F 7 6 5 18 3
País G 5 1 3 4 13 2
País K 1 6 4 1 12 1
País D 3 1 7 11 0
País I 4 4 2 10 0
País Público Júri Total Pontos
País B 10 10 20 12
País A 12 5 17 10
País C 8 8 16 8
País E 6 6 12 7
País L 0 12 12 6
País F 5 3 8 5
País J 1 7 8 4
País D 7 0 7 3
País H 3 4 7 2
País G 4 2 6 1
País I 2 0 2 0
País K 0 1 1 0

Em caso de dois ou mais países terem igual número de pontos no resultado definitivo, tanto na final como na semifinal, utiliza-se como regra de desempate o número de votos entregues com o máximo de pontuação. Se dois ou mais países tiverem igual o número de votos com 12 pontos, então analisa-se o número de votos com 10 pontos, e assim sucessivamente até acabar com o empate.

Nota

JúrisEditar

A edição de 2009, terá pela primeira vez desde 2002, um grupo de jurados, no entanto, desta vez o grupo de jurados será o maior de sempre. Um total de 210 jurados irão julgar as entradas do Festival Eurovisão da Canção 2009 (5 jurados por país). Os júris devem consistir na maior variedade possível de profissões relacionadas com o mundo do espetáculo (cantores, produtores, etc), e deverá ser diversificado em género, sexo, idade, estatuto social, etc. Todos os membros dos júris têm que ser cidadãos do país em que são os júris, e não podem estar ligados de qualquer forma aos representantes do seu país. Caso contrário, o seu voto pode ser anulado.

Porta-vozes dos jurados e televotoEditar

Tal como em todos os anos, desde que o festival se rege por um sistema de televoto, cada televisão anfitriã nacional, terá que escolher um porta-voz, que divulgará os votos do júri e do televoto do seu país. As pontuações de 1 a 7 apareceram automaticamente no quadro de votações, e posteriormente, o porta voz anunciará os países que receberam os 8, 10 e 12 pontos do seu país. Os resultados do Festival Eurovisão da Canção, serão posteriormente colocados no site oficial, pelo Executivo Superior da EBU. Os resultados serão dados a conhecer apenas com as pontuações do público, do júri, e no fim dos dois juntos. A lista das pessoas que transmitiram os pontos atribuídos pelo seu país e pelo júri, aos outros países participantes no Festival Eurovisão da Canção 2009, de cada país, pode ser observada na ligação no início desta secção (porta-vozes dos júris e televoto).

Países classificados para a finalEditar

Big 4Editar

A possibilidade dos quatro países (França, Reino Unido, Espanha e Alemanha) passarem directamente para a final foi questionada tendo mesmo sido notificado a obrigatoriedade destes países passar por uma das semifinais,[61] porém a 14 de Setembro de 2008, os altos comissários da EBU, vieram a público dar a conhecer a sua decisão na sua última reunião: que os Big 4 (Reino Unido, Espanha, França e Alemanha), não perderiam o seu privilégio de não passarem por uma das semifinais, mas sim diretamente para a final.[62]

Participações individuaisEditar

Durante cerca de dez meses, todos os países elegeram os seus representantes, assim como as músicas que os mesmos viriam a interpretar em Moscovo. Para realizar tal selecção, cada país utilizou o seu próprio processo de selecção. Alguns optaram pela selecção interna, que consiste em a televisão organizadora daquele país, é quem faz a escolha; no entanto, por vezes apenas o artista é seleccionado internamente, e a música não. Outros países (a maioria), utiliza um programa de televisão para seleccionar a sua entrada. Quartos de final, semifinais, second-chances e finais, foram realizadas durante dez meses na maioria dos países europeus, cada um com o seu processo próprio (também a internet foi utilizada na fase de escolhas). No conjunto de artigos em baixo, é possível ler mais ao pomenor o tipo de processo que cada país utilizou, assim como os resultados e reacções.


ParticipantesEditar

 
  Países que participam nas semifinais
  Países directamente seleccionados para a final
  Países que regressam, participação na semifinal
  Países que saem
  Países que participaram em edições anteriores, mas não nesta

Seguindo a publicação da lista de todos os países participantes pela EBU, quarenta e três países confirmaram a sua participação no Festival Eurovisão da Canção, incluindo a Eslováquia, que regressa ao concurso, após onze anos consecutivos de ausência. Mais tarde o número de concorrentes baixou para os quarenta e dois.[11][63] A Geórgia anunciou originalmente que não participaria no festival, como consequência da Guerra na Ossétia do Sul, em protesto contra os polícias estrangeiros da Rússia,[64][65][66] mas desde o fim da guerra, a Geórgia resolveu não "faltar" ao festival, decisão que também foi inspirada com a sua vistória no Festival Eurovisão da Canção Júnior 2008, e onde a Rússia também atribuíu 12 pontos respectivamente à Geórgia (a pontuação mais alta que um país pode dar a outro).[67][68] Svante Stockselius, o fiscal da EBU para a Eurovisão, disse que um número recorde de países estaria a concorrer em Moscovo, em 2009, dizendo que 44 ou mais países entrariam no concurso, no entanto isto acabou por não ocorrer, e o número de entradas no Festival Eurovisão da Canção 2009, é igual ao número de entradas do festival de 2008.[69]

Surgiram rumores acerca da participação e do retorno de São Marino e do Mónaco. A Télé Monte Carlo (TMC), a televisão oficial do Mónaco, confirmou mesmo que estariam a decorrer conversações entre eles e a EBU, para o regresso do Mónaco ao festival em 2009.[70] Ao mesmo tempo, surgiram rumores de que São Marino, ou melhor, a sua televisão oficial, a Radiotelevisione della Repubblica di San Marino (SMRTV), iria retirar-se do festival em 2009, face ao mau resultado no último ano.[71] No fim, depois de ter confirmado a sua intenção de participar em Moscovo, a SMRTV foi forçada a desistir do evento, devido a dificuldades financeiras que puseram em causa uma segunda participação.[72][73]

Durante este período também se falou da possibilidade do ingresso de novos países. Depois de vários anos sem uma cadeia de radiodifusão própria, a 1FLTV foi criada no Liechtenstein, a qual está qualificada para entrar na EBU, requisito fundamental para se poder participar na Eurovisão, algo que já tinha causado intenções no pequeno principado mais do que uma vez durante vários anos.[74]

A televisão oficial da Letónia, a Latvijas Televizija (LTV), a 17 de Dezembro de 2008, afirmou a sua retirada do Festival Eurovisão da Canção, três dias depois da participação final estar deliniada. Isso aconteceu devido a cortes orçamentais de mais de 2 milhões de Lats no orçamento da LTV, prejudicando assim, a sua capacidade de pagar as propinas para a participação no concurso.[75] A LTV confirmou que havia informado a EBU da sua intenção de desistir, baseada apenas em dificuldades financeiras. A LTV esteve em discussão com a EBU numa reunião, para encontrar então uma solução para manter o país no Festival Eurovisão da Canção.[76][77] A 20 de Dezembro de 2008, a LTV anunciou por fim, a sua retirada oficial do festival, e que tanto a EBU como o Channel One, concordaram em não forçar uma penalização mais tarde pela sua desistência como televisão emissora do festival de 2009. A LTV, aproveitou também, para expressar a sua intenção de participar no Festival Eurovisão da Canção 2010.[78][79] Contudo, a 12 de Janeiro de 2009 foi confirmado que a Letónia participaria no festival de 2009.[11] A 9 de Março de 2009, a EBU resolveu desqualificar a música georgiana, dando a hipótese à Geórgia de escolher outra, no entanto oo país não aceitou isso, e resolveu boicotar a edição de 2009, a 11 de Março de 2009, onde faria a sua terceira aparição no festival.

 
O Melodifestivalen 2009 foi o processo utilizado pela Suécia, um dos festivais musicais mais importantes a nível europeu.

.

O primeiro artista seleccionado para participar no festival foi Sakis Rouvas, eleito pela cadeia televisiva ERT como representante da Grécia, no dia 15 de Julho de 2008.[80] O cantor, que obteve o terceiro lugar na Eurovisão 2004 apresentou a música "This is our night" para a Eurovisão, a ser eleita por populares entre mais outras duas músicas. Dentro dos artistas seleccionados, destaca-se a participação de grandes figuras de diversos meios sociais e incluindo alguns artistas já de renome europeu, especialmente entre os países da Europa Ocidental, que nos últimos anos tinham tido artistas de curta trajectória. É neste grupo que se encontram casos como o de Sakis Rouvas, a belga de origem turca Hadise, a francesa Patricia Kaas e o grupo holandês De Toppers, para além de estrelas originárias de reality shows como a espanhola Soraya Arnelas e a ucraniana Anastasiya Prykhodko, representando esta última o país anfitrião. Novos talentos surgiram durante os processos de selecção, como o cantor norueguês Alexander Rybak que conseguiu seis vezes mais votos que o adversário que ficou em segundo lugar, durante o famoso Melodi Grand Prix. Alexander Rybak é dado, desde que foi eleito para representar a Notuega, como o grande vencedor de 2009, estando sempre em primeiro na grande maioria das votações organizadas por vários sites; ou ainda o caso de Jade Ewen, representante do Reino Unido. Outras figuras com grande reconhecimento a nível internacional na música, participaram (de forma indirecta), como Sir Andrew Lloyd Webber, que organizou todo o processo de selecção no Reino Unido e compôs a canção para o país, intitulada de "My time"; Ronan Keating que escreveu a letra de "Believe again" (interpretada por Niels Brinck, proveniente da Dinamarca) e o sueco-iraniano Arash, que cantará junto à estreante Aysel Teymurzadeh o tema representante do Azerbaijão. A selecção do duo isrealita composto por Noa e Mira Awad no meio do conflito da Faixa de Gaza gerou grande impacto mediático devido à origem árabe de Awad, que é a primeira representante israelita na Eurovisão proveniente da dita comunidade.[81]

Na tabela em baixo, é possível observar (por ordem alfabética), as participações de cada país (a sua música, artista, evento de selecção do representante e data do mesmo). Para mais informações sobre cada país no Festival Eurovisão da Canção 2009, basta seguir a ligação efectuada pelo nome dos países na tabela, ou na secção de participações individuais mais acima neste artigo.

País Título original da Canção Artista Processo Data da Selecção
Tradução em Português Idiomas de Interpretação
  Albânia [82] "Më merr në ëndërr" [83][84] Kejsi Tola[83][84] Festivali i Këngës 2009 21 de Dezembro de 2008[85]
Leva-me para os teus sonhos Albanês & Inglês [86]
  Andorra[87][88] "La teva decisió"[89][90] Susanne Georgi[89][90] Final Nacional de 2009 4 de Fevereiro de 2009[91]
A Tua Decisão Catalão & Inglês[92][93]
  Arménia [94] "Nor Par" (Նոր Պար)[95][96] Inga & Anush Arshakyanner[95][96][97] Final Nacional de 2009 14 de Fevereiro de 2009[98]
Nova Dança Armeniano & Inglês[95][96]
  Alemanha "Miss Kiss Kiss Bang" [99][100] Alex C. & Oscar Loya[101] Eleição Interna de 2009 9 de Fevereiro de 2009[102][103]
Senhora Beijo Beijo Bang Inglês[104]
  Azerbaijão [105] "Always"[106][107] Aysel Teymurzadeh & Arash[108][109][110] Eleição Interna 2009 Artista: 17 de Janeiro de 2009
Música: 6 de Fevereiro de 2009
Sempre Inglês[111]
  Bélgica [112] ""Copycat""[113][114] Patrick Ouchène[115][113][114] Eleição Interna de 2009[116] Escolha: 16 de Fevereiro de 2009 [117]
Oficial: 10 de Março de 2009 [118][119]
Copycat Inglês
  Bielorrússia [120] "Eyes That Never Lie" [121][122] Petr Elfimov[121][122] Eurofest 2009[123] 20 de Janeiro de 2009
Olhos que nunca mentem Inglês[121]
  Bósnia e Herzegovina [carece de fontes?] "Bistra Voda"[124][125] Regina [126][124][125] BH Eurosong 2009 12 de Janeiro de 2009 [carece de fontes?]
Água Cristalina Bósnio, Croata & Sérvio[127]
  Bulgária[128] "Illusion"[129][130] Krassimir Avramov[129][130] Be A Star 2009 [131] 21 de Fevereiro de 2009[131]
Ilusão Inglês[129][130]
  Chipre [132] "Firefly"[133] Christina Metaxa[133] Final Nacional de 2009 7 de Fevereiro de 2009[134]
Pirilampo Inglês[135]
  Croácia [136][137] "Lijepa Tena"[138] Igor Cukrov & Andrea[138] Dora 2009 28 de Fevereiro de 2009[139]
Linda Tena Croata[138]
  Dinamarca [140] "Believe Again "[141][142] Niels Brinck[141][142] Dansk Melodi Grand Prix 2009[140] 31 de Janeiro de 2009[140][143]
Acreditar Outra Vez Inglês[141][142]
  Eslováquia [144] "Let' tmou" Kamil Mikulcík & Nela Pocisková‎ Final Nacional de 2009 8 de Março de 2009[145]
Voar Através da Escuridão Eslovaco[146]
  Eslovénia [147] "Love Symphony"[148][149][150] Quartissimo & Martina Majerle[148][149][150] EMA 2009[147] 1 de Fevereiro de 2009[151]
Sínfonia de Amor Inglês[148][149][150]
  Espanha [152][153] "La noche es para mí" Soraya Arnelas Eurovisión 2009: El Retorno[154] 28 de Fevereiro de 2009 [155][156]
A Noite É Para Mim Espanhol & Inglês
  Estónia [157] "Rändajad" Urban Symphony Eesti Laul 2009[158] 7 de Março de 2009
Viajantes Estónio
  França [159] "Et s'il fallait le faire"[160] Patricia Kaas[161][162][163] L'Eurovision 2009 Artista: 11 de Janeiro de 2009
Música: Fevereiro de 2009[164]
E Se Tivesse De Ser Feito Francês [165]
  Finlândia[166] "Lose Control"[167][168][169] Waldo's People[167][168][169] Euroviisut 2009 31 de Janeiro de 2009 [170]
Perder o Controlo Inglês[167][168][169]
  Geórgia "We Don't Wanna Put In" Stefane & 3G Final Nacional de 2009 18 de Fevereiro de 2009
Nós Não Queremos Pôr Em Cima Inglês
  Grécia [171] "This Is Our Night"[172][173][174] Sakis Rouvas[175][176][177] Escolha Interna de 2009 Artista: 15 de Julho de 2008
Música: 18 de Fevereiro de 2009[178]
Esta É A Nossa Noite Inglês[179]
  Hungria[180] "Dance With Me"[181][182] Zoli Ádok[181][182] Eleição Interna de 2009 [183] 3/4/23 de Fevereiro de 2009[181]
Dança Comigo Inglês[181][182]
  Irlanda [184] "Et Cetera"[185][186] Sinéad Mulvey & Black Daisy[185][186] The Late Late Show Eurosong Special 2009[187][188] 20 de Fevereiro de 2009[189]
E Outros Inglês[190]
  Islândia[191] "Is It True?"[192][193][194][194] Jóhanna Guðrún Jónsdóttir[192][193][194] Söngvakeppni Sjónvarpsins 2009[195] 14 de Fevereiro de 2009 [195]
É Verdade? Inglês[192][193][194]
  Israel [196] "Einaiych" Noa & Mira Awad[197][198] Kdam Eurovision 2009 Apenas para a canção Artista: 11 de Janeiro de 2009
Música: 2 de Março de 2009 [199]
Deve Haver Uma Maneira Melhor Inglês, Hebraico & Árabe[200]
Letónia [201] "Sastrēgums"[202] Intars Busulis[202] Eirodziesma 2009 28 de Fevereiro de 2009 [203][204]
Engarrafamento Letónio[202]
  Lituânia [205] "Pasiklydes žmogus"[206][207][208] Sasha Son[206][207][208] Lietuvos Dainu Dana 2009[209] 14 de Fevereiro de 2009
O Homem Perdido Lituânio[206][207][208]
  Macedónia do Norte [210][211] "Nešto što kje ostane"(Њешто што ќе остане)[212] Next time[212][211] Skopje Fest 2009[213] 21 de Fevereiro de 2009
Algo Que Permanecerá Macedónio[212][211]
Malta [214] "What If We?"[215][216][217] Chiara[215][216] EuroSong 2009/Euro Showbox[218] 7 de Fevereiro de 2009[219]
E se nós? Inglês[215][216]
  Moldávia [220] "Hora din Moldova"[221][222][223] Nelly Ciobanu[221][222][223] Final Nacional de 2009[224] 14 de Fevereiro de 2009[225]
Dança da Moldávia Moldavo[221][222][223]
  Montenegro [226] "Just Get Out of My Life"[227][228][229] Andrea Demirović[227][228][229] Selecção Interna de 2009[230] 23 de Janeiro de 2009
Apenas sai da minha vida Inglês[227][228][229]
  Noruega [231] "Fairytale"[232][233] Alexander Rybak[232][233] Melodi Grand Prix 2009[234] 21 de Fevereiro de 2009 [235][236]
Conto de Fadas Inglês[232][233]
  Polónia [237][238] "I Don't Wanna Leave"[239][240][241] Lidia Kopania[239][240][241] Piosenka dla Europy 2009 14 de Fevereiro de 2009[242]
Eu Não Te Quero Deixar Inglês[239][240][241]
  Portugal [243] " Todas as Ruas do Amor" Flor-de-Lis Festival RTP da Canção 2009[244][245] 28 de Fevereiro de 2009[246]
Todas as Ruas do Amor Português[247]
  Países Baixos [248] "Shine"[249][250][251] De Toppers[252][253][254] Nationaal Songfestival 2009[252][253][255] Artista: 19 de Janeiro de 2009
Música: 1 de Fevereiro de 2009
Brilhar Inglês[249][250][251]
  República Checa[256] "Aven Romale" Gipsy.cz[257][258][259] Escolha Interna de 2009 Artista: 30 de Janeiro de 2009
Música: 21 de Março de 2009
Venham Gypsies Inglês
  Roménia [260] "The Balkan Girls Elena Gheorghe[261] Final Nacional de 2009 31 de Janeiro de 2009[262]
As Raparigas Balcãs Inglês
  Rússia [263] "Mamo" Anastasia Prikhodko Final Nacional de 2009[264] 7 de Março de 2009
Mãe Inglês & Russo
  Reino Unido [265] "My Time"[266] Jade Ewen[267][268][269][270] Your Country Needs You 2009[271][272][273] Artista: 31 de Janeiro de 2009
Música: 24 de Janeiro de 2009
A Minha Vez Inglês[274][275]
  Sérvia [276] "Cipela" Marko Kon & Milan Nikolić Beovizija 2009 8 de Março de 2009[277]
Sapato Sérvio[278][279][280]
  Suíça [281][282] "The Highest Heights"[283][284] Lovebugs[285][286][287] Escolha Interna de 2009[288][289][290] Artista: 19 de Janeiro de 2009
Música: 25 de Janeiro de 2009
As alturas mais altas Inglês
  Suécia[291] "La voix" Malena Ernman Melodifestivalen 2009[292] 14 de Março de 2009[293]
A Voz Inglês & Francês
  Turquia [294] "Düm tek tek "[295][296] Hadise [297][298][299] Escolha Interna de 2009 Artista: Outubro de 2008
Música: 1 de Janeiro de 2009 [300]
Boom Bang Bang [301] Inglês & Turco [302]
  Ucrânia [303] "Be My Valentine" Svetlana Loboda Final Nacional de 2009 8 de Março de 2009[304][305][306][307]
Sê o Meu Valentino Inglês

NotasEditar

  • Todas as entradas ficaram escolhidas a 14 de Março de 2009, mas oficialmente só a dia 21 do mesmo mês.
  • A música da Turquia, Düm tek tek transmite a ideia de que representa uma explosão, daí a tradução. para Boom Bang Bang, no entanto existe uma tradução para inglês, que é Crazy For You, que em português significa Doida Por Ti
  • A música do Reino Unido, My Time, traduzido à letra, é O Meu Tempo, no entanto, o que a música quer dizer, é que É a Minha Vez. A música pode ser apresentada com ou sem It's no início.
  • A Hungria havia escolhido o cantor Márk Zentai, com a canção "Vigyen a szél, no entanto foi detectada uma fraude na mesma. A canção já havia sido apresentada no Big Brother da Suécia, em 2004.[308]
  • Após a eliminação do cantor Márk Zentai, Kátya Tompos foi escolhida com a música "Magányos csónak" para representar a Hungria, no entanto a mesma desistiu de participar a 10 de Fevereiro de 2009.[309][310][311] A 23 de Fevereiro, a Hungria escolheu pela terceira vez neste ano, o seu representante.
  • A música da Bélgica, ""Copycat"", não tem uma tradução própria para português, no entanto Copycat pode ser definido por algo que imita aproximadamente outra coisa.
  • A canção da Lituânia será interpretada com o título Love, no entanto o nome da música ficará na língua do país.
  • Apesar da música Irlandesa ser interpretada em inglês, o seu título é dado em latim. Para uma ideia mais profunda do que significa o título, deverá ver o artigo Et cetera.
  • A música de Israel, em vez de ser escrita no seu nome orginal, também pode ser escrita em inglês, com a frase que aparece durante a música Ther must be another way.
  • A canção da República Checa está em inglês excepto "Aven Romale" que está em checo com a significação de "Venham Gipsies".
  • A música da Eslováquia, para além de se poder traduzir por Voar Através da Escuridão, também se pode traduzir Voar Através das Trevas e pode-se ainda trocar o através por pela(s).
  • Geórgia: Inicialmente a Geórgia mostrou-se hesitante em participar na edição deste ano, no entanto resolveu participar. Ao escolher a sua música, a mesma foi interpretada como uma provocação e sátira (directa) ao primeiro ministro russo, Vladimir Putin. Como consequência, a 9 de Março de 2009, a EBU resolveu desqualificar a música, pondo à Geórgia as opções de modificar profundamente a música, ou escolher outra. No entanto a Geórgia preferiu desistir do concurso, e não participar na edição que ocorrerá em Moscovo, Rússia. Todo este conflito deveu-se à invãsão da Geórgia por parte da Rússia em 2008.
  • 31/32 temas são interpretados/cantodos, pelo menos numa parte, em inglês, o que corresponde a cerca de 74% do festival em si. As restantes músicas, no geral são interpretadas na língua oficial (ou mais falada), no país de origem de onde provém.
  • Sakis Rouvas participa pela segunda vez no festival, pois este já havia representado o seu país em 2004, e posteriormente foi o apresentador do Festival Eurovisão da Canção 2006, após a vitória de Helena Paparizou, em 2005. A representande de Malta, Chiara realiza a sua terceira participação no concurso, após em 1998 (ficando em terceiro) e em 2005 (ficando em segundo, atrás da Grécia). Martina Majerle, cantora do grupo esloveno Quartissimo, participa pela quarta vez, depois de ter feito parte dos coiros da Croácia em 2003, da Eslovénia em 2007 e de Montenegro em 2008. Outro cantor que realiza uma nova participação no festival, é o cantor bielorruso, Petr Elfimov que cantou nos coiros de Alexandra e Konstantin em Istambul, em 2004. Também a representação da Islândia conta com a participação de Friðrik Ómar, integrante da banda Eurobandið, que representou o país no Festival Eurovisão da Canção 2008.

OrganizaçãoEditar

Sorteio das semifinaisEditar

A 30 de Janeiro de 2009, o sorteio para decidir que países participariam na primeira ou na segunda semifinal, teve lugar no Hotel Marriott de Moscovo, em Moscovo, Rússia. O sorteio esteve a cargo da apresentadora russa Yana Churikova. Baseando-se no mesmo sistema de eventos do ano passado, todos os países (trinta e oito ao todo) foram separados em seis potes individuais baseados no seu historial de votação de concursos anteriores e na sua localização geográfica. O sorteio foi implementado (ou criado), para garantir que os países que estão dispostos a dar a sua pontuação uns aos outros na competição, não participem na mesma semifinal. Destes seis potes, saíram então as listas dos países que participariam na primeira e na segunda semifinal respectivamente, ficando assim todos os países divididos em dois grupos, da maneira mais justa possível.[29] Ficou também determinado que a Alemanha, Espanha e o Reino Unido transmitiriam e votariam na primeira semifinal, enquanto que a França e a Rússia, transmitiriam e votariam na segunda semifinal. Para tal distribuição de transmissões e de votos, foi criado um sétimo pote, apenas com estes cinco países, e apenas com o intuito de definir que semifinal é que teriam que transmitir, e poderiam votar.

Uma das regras, que também ficou estabelecida, desde a criação de duas semifinais, é que cada país é obrigado a transmitir a final em que ficou colocado, e pode se quiser, transmitir, e apenas isso, a outra semifinal.[312] O sorteio para a ordem de actuação nas semifinais e na final, e ainda a ordem de votação de cada país, apenas acontecerá em Março de 2009.[11] Em baixo estão todos os seis potes, com os respectivos países que integraram cada um, para o sorteio da distribuição das semifinais:

Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4 Pote 5 Pote 6

Participantes nas semifinaisEditar

Após o sorteio das semifinais, a 30 de Janeiro de 2009, foi possível efectuar a divisão de trinta e oito países em duas semifinais. Em baixo, encontra-se uma tabela, onde estão todos os países que foram a sorteio, e encontram-se ao mesmo tempo, pela ordem de que saíram dos potes onde foram divididos posteriormente. Por baixo ainda, encontram-se os cinco países com passaporte directo para a final, que terão que transmitir, e poderão votar numa das semifinais. A sua ordem, está colocada, pela forma como "sairam" dos potes, no sorteio das semifinais. A 28 de Abril a EBU aceitou/aprovou o pedido que a Espanha tinha feito, que consistia na troca da transmissão e votação da semifinal. Assim, e ao contrário do que inicialmente estava definido, a Espanha transmitiu a segunda semifinal, e votou na mesma, tendo assim mais tempo para promover o próprio festival em si (o que a EBU achou por bem)[313] Tal troca deveu-se ao facto de a Espanha se encontrar a transmitir vários espetáculos relacionados com a Eurovisão, e esses mesmos espetáculos têm a grande final agendada para o dia da 1.ª semifinal, para além disso, desta forma a Espanha ganha mais algum tempo para promover a sua música. No entanto, também foi afirmado de que a Espanha teria pedido para trocar o dia de transmissão, devido ao debate anual que se realiza no Parlamento Espanhol todos os anos, debate o qual, a TVE é a responsável por emitir para toda a Espanha. Passados dois dias da aprovação por parte da EBU, vários países criticaram tal acção, principalmente Andorra, que diz ser bastante prejudicada sem a Espanha a votar na semifinal em qual o país entra, porém a representante de Andorra diz-se confiante, e afirma mesmo que o país avançará para a grande final[314]

 
  Países na 1.ª Semifinal
  Países que votam na 1.ª Semifinal
  Países na 2.ª Semifinal
  Países que votam na 2.ª Semifinal
1.ª Semifinal
12 de Maio de 2008
2.ª Semifinal
14 de Maio de 2008
Predefinição:Country data B&H
Predefinição:Country data SUÉ
  Israel
  Bélgica
  Andorra
  República Checa
  Montenegro
  Islândia
  Geórgia
  Arménia
  Bulgária
  Portugal
  Suíça
  Macau
  Finlândia
Predefinição:Country data BIE
  Turquia
  Roménia
Predefinição:Country data MAL
  Eslovénia
  Dinamarca
  Azerbaijão
  Países Baixos
Letónia
  Hungria
  Sérvia
  Noruega
Predefinição:Country data UCR
  Grécia
  Lituânia
  Polónia
  Croácia
  Estónia
  Moldávia
  Chile
  Irlanda
  Eslováquia
  Albânia
Só Votação:

  Alemanha
  Reino Unido
  Espanha
Só Votação:

  França
  Rússia
  Espanha

Ordem de entradaEditar

A ordem de entrada de cada país apenas foi conhecida depois da divisão dos países pelas duas semifinais, o sorteio para a ordem de entrada dos países, foi efectuado a 16 de Março de 2009. O segundo sorteio eurovisivo esteve a cargo da apresentadora russa Yana Churikova, de um famoso comediante russo e do vencedor da última edição do festival, Dima Bilan. Os resultados podem ser vistos nas tabelas das semifinais e das finais. Para determinar a ordem das actuações na final, foram levados a cabo mais dois sorteios, logo após cada uma das semifinais, com os dez países que avançam para a final.

EnsaiosEditar

Com a conclusão da construção do palco para o Festival Eurovisão da Canção 2009, a 2 de Maio de 2009, no dia a seguir, dia 3 de Maio, a época Eurovisiva foi inaugurada na cidade de Moscovo.[315] Cada país teve a oportunidade de ensaiar três vezes, e os que passaram à final ensaiaram mais uma vez, desta vez para a final. Os ensaios iniciaram-se logo no mesmo dia, sendo os primeiros países a ensaiar, Montenegro, República Checa, Bélgica, Bielorrússia, Suécia, Arménia, Andorra, Suíça e Turquia (aqui dados pela ordem de actuação/ensaio).[316] Ao todo, foram nove os países que realizaram o seu primeiro ensaio e a sua primeira conferência de imprensa. Com o final do primeiro dia, todos os fãs por toda a Europa e por todo o Mundo, puderam ver e rever como seria a actuação de cada um dos nove países, incluindo o cenário que cada concorrente terá em palco no próprio festival. No segundo dia de ensaios foram outros nove os países que pisaram o palco moscovita. Israel, Bulgária, Islândia, Macedónia, Roménia, Finlândia, Portugal, Malta e Bósnia & Herzegovina, foram os países que ensaiaram no dia 4 de Maio, e também no mesmo dia deram as suas primeiras entrevistas.[317] No terceiro dia, começaram os ensaios dos países que concorreriam na segunda semifinal, Croácia, Irlanda, Letónia, Sérvia, Polónia, Noruega, Chipre, Eslováquia e Dinamarca foram os países que realizaram o primeiro ensaio para cada um.[318] O terceiro dia também foi o que mais atenção suscitou um pouco por todo o lado, devido ao ensaio da Noruega, país este que desde a escolha do seu representante é tido vencedor da Eurovisão 2009. No dia seguinte, 6 de Maio de 2009, foi a vez da Eslovénia, Hungria, Azerbaijão, Grécia, Lituânia, Moldávia, Albânia, Ucrânia, Estónia e Holanda realizarem o seu ensaio.[319] Com o fim do quarto dia de ensaios, concluiram-se todos os primeiros ensaios de todos os países que actuarão na primeira semifinal. Durante os ensaios, vários sites (oiktimes, estoday, eurovision.tv, etc), realizaram vários arrtigos que acompanharam os ensaios hora a hora, e realizando sempre ao fim do dia um apanhado geral do que aconteceu na arena onde se realizará o evento. Nos 5.º, 6.º, 7.º e 8.º dias de ensaios, todos os países voltaram a ensaiar pela segunda vez no palco, já com as suas indicações para o melhoramento de erros encontrados no primeiro ensaio. No 5.º dia foi a vez dos seguintes países ensaiarem pela segunda vez: Montenegro, República Checa, Bélgica, Bielorrússia, Suécia, Eslováquia, Andorra, Suíça, Turquia, Israel, Bulgária, Islândia e Macedónia.[320] No 6º dia de ensaios, dia 8 de Maio, foi a vez de os últimos sete países da 1.ª semifinal e os seis primeiros da segunda ensaiarem. Ao todo, os treze países são: Roménia, Finlândia, Portugal, Malta, Bósnia e Herzegovina, Croácia, Irlanda, Letónia, Sérvia, Polónia, Noruega, Chipre e a Arménia.[321]

 
Lys Assia e Dima Bilan, numa conferência de imprensa durante os ensaios em Moscovo.

Para o sétimo dia, ficaram guardados alguns dos restantes treze países a concurso na semifinal, e pela primeira vez, os cinco países que estão directamente na final, ensaiaram. Dinamarca, Eslovénia, Hungria, Azerbaijão, Grécia, França, Rússia, Alemanha, Reino Unido e Espanha, são os dez países que ensaiaram no dia 9 de Maio.[322] O dia 9 de Maio, sétimo dia de ensaios, fica ainda marcado, pela visita inesperada do Primeiro Ministro Russo, Vladimir Putin. Putin esteve na arena durante pouco tempo, no entanto assistiu ao ensaio do Azerbaijão, no qual os representantes do país ficaram supreendidos. Depois de ver a entrada Azerbaijã, Putin deu as boas-vindas a Sir Andrew Lloyd Webber, compositor da música representante do Reino Unido, e assegurou-lhe que iria votar na sua música. Putin dirigiu-se ao Olympiyski Arena, juntamente com Konstantin Ernst, Director Geral do Channel One Russia (o canal anfitrião). Ambos foram recebidos pelo Executivo Supervisor do Festival Eurovisão da Canção Svante Stockselius, que mais tarde em entrevista ao eurovision.tv (site oficial do ESC), disse que "He (Vladimir Putin) was very much interested in the technical details, and wanted to know if there were any challenges or problems," (Ele (Vladimir Putin) estava muito interessado nos detalhes técnicos, e queria saber se havia alguma hipótese de algo correr mal).[323][324][325] O 8º dia marca o fim dos ensaios primários. No dia 11 de Maio, nono dia de ensaios, começam os ensaios gerais (incluindo o guarda-roupa completo utilizado no próprio festival). Este é também o último dia em que os ensaios serão à porta fechada, pois a partir do 9º dia, já existirá audiência na arena, com bilhetes pagos. Para o 8º dia, os últimos países que restam para ensaiar são: Lituânia, Moldávia, Albânia, Ucrânia, Estónia e Holanda (da segunda semifinal), e os restantes cinco países da final: França, Rússia, Alemanha, Reino Unido e Espanha[326] No mesmo dia deu-se a Cerimónia de Abertura do Festival Eurovisão da Canção, no Euro Club situado na Manege de Moscovo. Foi uma das maiores cerimónias de abertura de sempre.[327] No dia 11 de Maio de 2009, oficialmente o 9.º dia, começou a semana eurovisiva. Neste dia foram levados a cabo dois ensaios gerais (incluindo guarda-roupa). Os ensaios foram divididos em dois, um ao 12:00 CET e outro às 20:00 do mesmo fuso horário.[328] Na primeira parte, ensaiaram todos os dezoito países a concurso da primeira semifinal Montenegro, República Checa, Bélgica, Bielorrússia, Suécia, Arménia, Andorra, Suíça, Turquia, Israel, Bulgária, Islândia, Macedónia, Roménia, Finlândia, Portugal, Malta e Bósnia e Herzegovina.[329] Na segunda parte do dia, todos os países voltaram a ensaiar, havendo dois intervalos nos ensaios, um para mostrar os artistas a chegar a Moscovo e outro para os representantes conhecerem a Green Room.[330][331] Também no mesmo dia, o Channel One da Rússia (C1R), também deu uma conferência de imprensa revelando os últimos pormenores para os três espetáculos, incluindo alguns postcards que são utilizados antes da entrada de cada páis.[332] No 10.º dia, dia 12 de Maio de 2009, dia da 1.ª Semifinal do Festival Eurovisão da Canção 2009,[333] todos os países a concorrer nesta semifinal voltaram a ensaiar pela última vez antes do espetáculo, às 17:00 CET. Mais tarde, às 21h (CET) deu-se a 1.ª semifinal. Posteriormente à final, os vencedores da semifinal deram a sua conferência de imprensa, e o sorteio para as posições dos países na final, foi levado a cabo.[334] Ao 11.º dia, foi a vez dos países concorrentes na 2º semifinal realizarem os seus dois ensaios gerais do dia. Croácia, Irlanda, Letónia, Sérvia, Polónia, Noruega, Chipre, Eslováquia, Dinamarca, Eslovénia, Hungria, Azerbaijão, Grécia, Lituânia, Moldávia, Albânia, Ucrânia, Estónia e Holanda, foram os dezanove países a ensaiar, da primeira vez às 12:00 CET e outro às 20:00 CET.[335][336] No dia 14 de Maio de 2009, deu-se a 2º semifinal do Festival Eurovisão da Canção 2009 (21:00 CET), onde houve mais um ensaio antes da semifinal, às 17:00 CET. No dia a seguir à 2ª semifinal, todos os vinte e cinco países concorrentes na final, ensaiaram duas vezes (às 14:00 e 21:00 CET).[337] No dia 16 de Maio de 2009, o 14º dia de Eurovisão, deu-se a grande Final do Festival Eurovisão da Canção 2009, onde todos os países tiveram a oportunidade de pisar o palco mais uma vez antes do grande momento às 14:00 CET (7 horas antes da final). De lembrar que durante todos os nove ensaios gerais, também os actos das aberturas, dos intervalos e os próprios apresentadores foram ensaiados.[338][339]

FestivalEditar

 
  Países participantes
  Países que não passaram à final
  Países que não participaram em 2009

Com quarenta e dois participantes no total, trinta e sete dos mesmo tiveram de passar por uma das duas semifinais, dezoito na primeira e dezanove na segunda. Os cinco países restantes (os Big4 e a Rússia), tiveram acesso directo à final. Com a conclusão da construção do palco para o festival, no dia 2 de Maio de 2009, depois de um mês de construção dia e noite, os ensaios começaram, na capital russa no dia 3 de maio de 2009. Todas as cooperativas de cada país viajaram para Moscovo, assim como vários repórteres e jornalistas de todo o Mundo, entre os dias 1, 2 e 3 de Maio. As boas-vindas serão oficialmente dadas, no Centro de Imprensa e no Centro de Acreditação, que será inaugurado no dia 2 de Maio, às 8:30, hora local.[340][341] A Rússia (o C1R), país anfitrião, em conferência de imprensa contou que o país não queria ganhar esta edição, nem ansiava ganhar outra tão cedo. O canal explicou que durante quinze anos a Rússia concorreu para que pudesse vencer e organizar o evento em Moscovo, como acontece neste ano, e explicou ainda que o país não está no festival para competir com outros países no número de vitórias.[342][343] Anteriormente também o Reino Unido havia dito que um segundo lugar seria o mesmo que ganhar o concurso, visto que os custos da organização do mesmo são muito elevados para o país suportar numa altura de crise como se vive. Os resultados de ambas as semifinais só serão dados a conhecer ao público, juntamente com os resultados da final, através do site oficial da eurovisão.[344]

Semi-FinaisEditar

1ª Semi-finalEditar

  • A primeira semifinal ocorreu a 12 de Maio de 2009
  • Os nove países que receberam mais pontos do televoto, ficaram automaticamente qualificados para a final a 16 de Maio
  • Uma décima entrada foi escolhida pelo júri
  • O Reino Unido e a Alemanha têm o direito de votar nesta semifinal
  • Os intervalos comerciais ocorreram após a música 6 e a música número 15.[345]
# País Idioma Artista Canção Tradução para Português Pontuação Lugar
1   Montenegro Inglês Andrea Demirović "Just Get Out of My Life" Sai da Minha Vida 44 11º
2   República Checa Inglês Gipsy.cz "Aven Romale" Venham Gypsies 0 18º
3   Bélgica Inglês Patrick Ouchène "Copycat" Copycat 1 17º
4   Bielorrússia Inglês Petr Elfimov "Eyes That Never Lie" Olhos que Nunca Mentem 25 13º
5   Suécia Francês, Inglês Malena Ernman "La voix" A Voz 105
6   Arménia Arménio, Inglês Inga & Anush Arshakyanner "Nor Par (Jan Jan)" Nova Dança (Meu Querido) 99
7   Andorra Catalão, Inglês Susanne Georgi "La teva decisió" A Tua Decisão 8 15º
8   Suíça Inglês Lovebugs "The Highest Heights" As alturas mais altas 15 14º
9   Turquia Inglês Hadise "Düm Tek Tek" Boom Bang Bang 172
10   Israel Inglês, Hebraico, Árabe Noa & Mira Awad Einaiych Deve Haver Uma Maneira Melhor 75
11   Bulgária Inglês Krassimir Avramov "Illusion" Ilusão 7 16º
12   Islândia Inglês Jóhanna Guðrún Jónsdóttir "Is It True?" É Verdade? 174
13   Macedónia do Norte Macedónio Next time "Nešto što kje ostane"(Њешто што ќе остане) Algo Que Permanecerá 45 10º
14   Roménia Inglês Elena Gheorghe "The Balkan Girls" As Raparigas Balcãs 67
15   Finlândia Inglês Waldo's People "Lose Control" Perde o Controlo 42 12º
16   Portugal Português Flor-de-Lis "Todas as Ruas do Amor" Todas as Ruas do Amor 70
17   Malta Inglês Chiara "What If We" E Se Nós 86
18   Bósnia e Herzegovina Bósnio Regina "Bistra voda" Água Limpa 125
-
  Geórgia Inglês Stefane & 3G "We Don't Wanna Put In" Nós Não Queremos Pôr
-
-
Tabela de votaçõesEditar
# Países
Pontuados
Países Votantes Classificação Situação
  ALE   AND   ARM  BEL   BIE   BOS   BUL   FIN   ISL   ISR   MAC   MAL   MON   POR   GBR   CZE   ROM   SUE   SUI   TUR Total Lugar Passou  
Não Passou  
7   AND 3 4 1 8 15º  
6   ARM 10 10 10 1 8 1 2 10 2 4 5 12 8 5 1 10 99  
3  BEL 1 1 17º  
4   BIE 4 1 1 1 4 6 4 2 1 1 25 13º  
18   BOS 8 6 5 5 7 8 3 3 10 7 12 7 3 8 5 8 8 12 125  
11   BUL 5 2 7 16º  
15   FIN 3 1 12 5 3 3 4 1 10 42 12º  
12   ISL 6 10 12 7 12 7 6 12 12 4 12 7 12 8 10 10 12 7 8 174  
10   ISR 5 8 7 3 4 4 6 6 1 4 5 1 4 3 6 5 3 75  
13   MAC 8 10 10 3 2 6 6 45 10º  
17   MAL 3 6 3 8 8 5 3 3 5 5 1 6 10 7 6 4 3 86  
1   MON 2 1 5 3 10 1 8 6 1 2 5 44 11º  
16   POR 7 12 6 3 2 2 8 2 6 2 7 3 10 70  
2   CZE 0 18º  
14   ROM 1 4 2 2 1 6 5 4 8 7 2 6 10 2 7 67  
5   SUE 4 7 8 4 7 4 1 10 7 3 8 8 7 6 4 4 4 105  
8   SUI 2 2 2 5 2 2 15 14º  
9   TUR 12 5 10 12 6 12 12 7 7 6 12 10 8 5 12 5 12 7 12 172  
# Países
Pontuados
  ALE   AND   ARM  BEL   BIE   BOS   BUL   FIN   ISL   ISR   MAC   MAL   MON   POR   GBR   CZE   ROM   SUE   SUI   TUR Total Lugar Passou  
Não Passou  
Países Votantes Classificação Situação
     Vencedor
     2.º lugar
     3.º lugar
     Regra de um país não poder votar em si próprio
     0 (zero) pontos
     Passou à final
     Apurado pelo júri para a final
     Passaria/ganharia à final só com televoto
     Passaria à final/ganharia só com júri
     Não passaria à final/não ganharia só com televoto
     Não passaria à final/não ganharia só com júri
     Pontuação nula ("null points")
Negrito + itálico Pontuação dos países apurados/dos três primeiros na final
Negrito Pontuação mais alta do parcial júri ou televoto (e a pontuação individual 12)




2ª Semi-finalEditar

  • A segunda semifinal foi em 14 de Maio de 2009
  • Os nove países que receberem mais pontos do televoto ficaram automaticamente qualificados para a final
  • Uma décima entrada foi escolhida pelo júri
  • A França, a Rússia e a Espanha têm o direito de votar nesta semifinal
  • Os intervalos comerciais ocorreram após as músicas 6 e 15.[346]
# País Idioma Artista Canção Tradução para português Pontuação Lugar
1   Croácia Croata Igor Cukrov & Andrea "Lijepa Tena" Linda Tena 33 13º
2   Irlanda inglês Sinéad Mulvey & Black Daisy "Et Cetera" E Outros 52 11º
3   Letónia Russo Intars Busulis "Probka" Engarrafamento 7 19º
4   Sérvia Sérvio Marko Kon & Milan Nikolić "Cipela" Sapato 60 10º
5   Polónia inglês Lidia Kopania "I Don't Wanna Leave" Eu não quero deixar 43 12º
6   Noruega inglês Alexander Rybak "Fairytale" Conto de Fadas 201
7   Chipre inglês Christina Metaxa "Firefly" Justamente 32
8   Eslováquia Eslovaco Kamil Mikulcík & Nela Pocisková "Let' tmou" Voar Através da Escuridão 8 18º
9   Dinamarca Inglês Niels Brinck "Believe Again" Acredita Outra Vez 69
10   Eslovénia Inglês Quartissimo & Martina Majerle "Love Symphony" Sinfonia de Amor 14 16º
11   Hungria inglês Zoli Ádok "Dance With Me" Dança Comigo 16 15º
12   Azerbaijão inglês Aysel Teymurzadeh & Arash "Always" Sempre 180
13   Grécia inglês Sakis Rouvas "This Is Our Night" Esta É A Nossa Noite 110
14   Lituânia Lituânio Sasha Son "Pasiklydes žmogus" O Homem Perdido 66
15   Moldávia Romeno Nelly Ciobanu "Hora din Moldova" Dança da Moldávia 106
16   Albânia Inglês Kejsi Tola "Më merr në ëndërr" Tira-me dos Teus Sonhos 73
17   Ucrânia inglês Svetlana Loboda "Be My Valentine" Sê o Meu Namorado 80
18   Estónia Estónio Urban Symphony "Rändajad" Viajantes 115
19   Países Baixos inglês De Toppers "Shine" Brilhar 11 17º
Tabela de votaçõesEditar
# Países
Pontuados
Países Votantes Classificação Situação
  ALB   AZE   CYP   CRO   DEN   SVK   ESL   ESP   EST   FRA   GRE   HOL   HUN   IRL   LET   LIT   MOL   NOR   POL   RUS   SRB   UCR Total Lugar Passou  
Não Passou  
16   ALB 5 10 6 4 7 5 10 1 4 5 5 6 2 3 73  
12   AZE 10 6 8 12 6 7 10 10 7 8 12 6 8 10 12 6 12 12 6 12 180  
7   CYP 7 1 6 12 2 1 1 2 32 14º  
1   CRO 1 2 10 1 3 3 12 1 33 13º  
9   DEN 5 2 3 2 5 4 8 2 7 3 7 3 5 12 1 69  
8   SVK 4 1 1 2 8 18º  
10   ESL 2 7 5 14 16º  
18   EST 3 5 4 4 8 1 2 8 4 5 7 4 12 8 7 8 8 6 4 7 115  
13   GRE 12 4 12 3 2 5 4 6 5 6 10 6 4 4 6 1 2 4 10 4 110  
19   HOL 10 1 11 17º  
11   HUN 3 8 2 3 16 15º  
2   IRL 7 1 10 2 4 1 3 5 7 2 4 3 3 52 11º  
3   LET 1 6 7 19º  
14   LIT 6 1 5 1 7 2 12 7 4 7 4 5 5 66  
15   MOL 7 7 5 7 3 8 2 7 6 4 5 5 2 10 5 8 7 8 106  
6   NOR 8 12 8 8 12 10 8 12 12 3 8 12 10 8 10 12 10 10 10 8 10 201  
5   POL 6 1 3 3 4 1 2 10 3 1 3 6 43 12º  
4   SRB 4 12 12 5 12 5 6 2 2 60 10º  
17   UCR 10 6 6 10 3 3 8 3 6 2 8 7 7 1 80  
# Países
Pontuados
  ALB   AZE   CYP   CRO   DEN   SVK   ESL   ESP   EST   FRA   GRE   HOL   HUN   IRL   LET   LIT   MOL   NOR   POL   RUS   SRB   UCR Total Lugar Passou  
Não Passou  
Países Votantes Classificação Situação
     Vencedor
     2.º lugar
     3.º lugar
     Regra de um país não poder votar em si próprio
     0 (zero) pontos
     Passou à final
     Apurado pelo júri para a final
     Passaria/ganharia à final só com televoto
     Passaria à final/ganharia só com júri
     Não passaria à final/não ganharia só com televoto
     Não passaria à final/não ganharia só com júri
     Pontuação nula ("null points")
Negrito + itálico Pontuação dos países apurados/dos três primeiros na final
Negrito Pontuação mais alta do parcial júri ou televoto (e a pontuação individual 12)




Final - participantes e resultadosEditar

A final do Festival Eurovisão da Canção 2009 realizou-se a 16 de Maio de 2009. Os finalistas serão:

  • Os Big4 (França, Alemanha, Espanha e o Reino Unido)
  • O país anfitrião (vencedor da última edição), Rússia
  • Os nove países que receberam mais televotos em cada uma das semifinais
  • A escolha dos júris de cada uma semifinal (dois países)
  • Para a ordem das actuações ser determinada, serão realizados dois sorteios, logo após cada uma das semifinais
  • Os intervalos comerciais ocorrerão após a música número 12.[347]
# País Idioma Artista Canção Tradução para português Pontuação Lugar
1   Lituânia Lituânio Sasha Son "Pasiklydes žmogus" O Homem Perdido 23 23º
2   Israel Inglês, Hebraico, Árabe Noa & Mira Awad Einaiych Deve Haver Uma Maneira Melhor 53 16º
3   França Francês Patricia Kaas "Et s'il fallait le faire" E Se Tivesse De Ser Feito 107
4   Suécia Francês, Inglês Malena Ernman "La voix" A Voz 33 21º
5   Croácia Croata Igor Cukrov & Andrea "Lijepa Tena" Linda Tena 45 18º
6   Portugal Português Flor-de-Lis "Todas as Ruas do Amor" Todas as Ruas do Amor 57 15º
7   Islândia Inglês Jóhanna Guðrún Jónsdóttir "Is It True?" É Verdade? 218
8   Grécia Inglês Sakis Rouvas "This Is Our Night" Esta É A Nossa Noite 120
9   Arménia Arménio, Inglês Inga & Anush Arshakyanner "Nor Par (Jan Jan)" Nova Dança (Meu Querido) 92 10º
10   Rússia Inglês, Russo Anastasia Prikhodko "Mamo" Mãe 91 11º
11   Azerbaijão Inglês Aysel Teymurzadeh & Arash "Always" Sempre 207
12   Bósnia e Herzegovina Bósnio Regina "Bistra voda" Água Limpa 106
13   Moldávia Romeno Nelly Ciobanu "Hora din Moldova" Dança da Moldávia 68 14º
14   Malta Inglês Chiara "What If We" E Se Nós 31 22º
15   Estónia Estónio Urban Symphony "Rändajad" Viajantes 129
16   Dinamarca Inglês Niels Brinck "Believe Again" Acredita Outra Vez 74 13º
17   Alemanha Inglês Alex C. & Oscar Loya "Miss Kiss Kiss Bang" Senhora Beijo Beijo Bang 35 20º
18   Turquia Inglês Hadise "Düm Tek Tek" Boom Bang Bang 177
19   Albânia Inglês Kejsi Tola "Më merr në ëndërr" Tira-me dos Teus Sonhos 48 17º
20   Noruega Inglês Alexander Rybak "Fairytale" Conto de Fadas 387
21   Ucrânia Inglês Svetlana Loboda "Be My Valentine" Sê o Meu Namorado 76 12º
22   Roménia Inglês Elena Gheorghe "The Balkan Girls" As Raparigas Balcãs 40 19º
23   Reino Unido Inglês Jade Ewen "My Time" A Minha Vez 173
24   Finlândia Inglês Waldo's People "Lose Control" Perde o Controlo 22 25º
25   Espanha Espanhol, Inglês Soraya Arnelas "La noche es para mí" A Noite É Para Mim 23 24º

Tabela de votaçõesEditar

# Países Votantes Países Pontuados
  ALB   ALE   ARM   AZE   BOS   CRO   DEN   ESP   EST   FIN   FRA   GRE   ISL   ISR   LIT   MAL   MOL   NOR   POR   GBR   ROM   RUS   SUE   TUR   UCR
19   ALB 3 4 5 2 12 6 7 8 1 10
-   AND 5 12 3 8 7 1 10 6 4 2
17   ALE 2 1 3 6 7 4 12 8 5 10
9   ARM 1 6 10 5 2 8 7 12 4 3
11   AZE 2 5 4 1 7 8 3 6 12 10
-  BEL 2 7 3 1 5 8 4 10 6 12
-   BIE 1 10 4 7 5 2 12 3 8 6
-   BUL 6 8 4 3 12 5 1 2 6 10
12   BOS 2 3 12 6 5 8 10 1 4 7
-   CYP 4 8 6 3 12 5 10 7 2 1
5   CRO 5 10 12 6 7 2 3 8 4 1
16   DEN 7 8 5 2 10 1 12 3 4 6
-   SVK 3 4 8 12 6 5 10 2 7 1
-   ESL 2 1 10 6 8 7 4 5 12 3
25   ESP 4 3 1 5 12 8 10 7 2 6
15   EST 1 7 4 8 5 2 12 3 10 6
24   FIN 1 2 6 12 4 10 3 8 7 5
3   FRA 3 6 1 5 10 8 7 4 2 12
8   GRE 7 8 2 1 5 6 4 10 12 3
-   HOL 2 5 10 4 6 1 7 12 3 8
-   HUN 2 10 3 6 4 7 12 1 5 8
# Países Votantes Países Pontuados
  ALB   ALE   ARM   AZE   BOS   CRO   DEN   ESP   EST   FIN   FRA   GRE   ISL   ISR   LIT   MAL   MOL   NOR   POR   GBR   ROM   RUS   SUE   TUR   UCR
Países Pontuados
-   IRL 1 4 6 3 12 7 5 8 10 2
7   ISL 5 2 1 4 10 8 6 12 7 3
2   ISR 8 6 5 10 1 12 4 7 3 2
-   LET 4 3 10 5 8 7 1 12 2 6
1   LIT 5 2 10 6 8 1 12 3 7 4
-   MAC 7 1 3 10 4 2 8 6 5 12
14   MAL 1 6 3 7 12 8 10 4 5 2
13   MOL 10 2 5 7 3 8 1 12 6 4
-   MON 7 6 12 8 1 2 5 4 10 3
20   NOR 6 10 8 1 12 3 2 4 7 5
-   POL 2 6 7 8 1 5 12 4 3 10
6   POR 1 4 7 8 12 5 10 2 3 6
-   CZE 12 10 2 4 3 7 6 8 1 5
22   GBR 7 3 1 5 8 4 6 10 12 2
23   ROM 7 4 2 1 8 10 3 12 5 6
10   RUS 5 7 8 10 4 3 1 12 6 2
-   SRB 4 12 5 1 3 6 7 10 8 2
4   SUE 1 3 8 5 7 4 2 10 12 6
-   SUI 6 4 3 7 2 5 1 8 10 12
18   TUR 10 1 6 12 8 2 7 3 5 4
21   UCR 2T J 6Tv. 10T
10J
8Tv.
2J 5T
8J
4T
7Tv.
3T
4J
3Tv.
1J
4Tv.
1T
6J
3J
1Tv.
7T
5J
5Tv.
12T
12J
10Tv.
6T
7J
2T
8T J
12Tv.
Resultados Parciais - Júri [348] Pontuação: 50% Júri 26 73 71 112 90 58 120 9 124 12 164 93 260 107 31 87 93 312 64 223 31 67 27 114 68
Lugar só com votação do Júri 23º 14º 15º 12º 19º 25º 24º 10º 20º 13º 11º 18º 21º 17º 22º 16º
Resultados Parciais - Televoto [349] Pontuação: 50% Televoto 81 18 111 253 124 55 40 38 129 30 54 151 173 15 38 18 66 378 45 105 64 118 59 203 70
Lugar só com Televoto 11º 23º 16º 19º 21º 22º 17º 25º 20º 24º 13º 18º 10º 14º 15º 12º
Totais Pontos Totais (Júri + Televoto) 48 35 92 207 106 45 74 35 129 22 107 120 218 53 23 31 68 387 57 173 40 91 33 177 76
Lugar 17º 20º 10º 18º 13º 24º 25º 16º 23º 22º 14º 15º 19º 11º 21º 12º
# Países Votantes   ALB   ALE   ARM   AZE   BOS   CRO   DEN   ESP   EST   FIN   FRA   GRE   ISL   ISR   LIT   MAL   MOL   NOR   POR   GBR   ROM   RUS   SUE   TUR   UCR
Países Pontuados
     Vencedor
     2.º lugar
     3.º lugar
     Regra de um país não poder votar em si próprio
     0 (zero) pontos
     Passou à final
     Apurado pelo júri para a final
     Passaria/ganharia à final só com televoto
     Passaria à final/ganharia só com júri
     Não passaria à final/não ganharia só com televoto
     Não passaria à final/não ganharia só com júri
     Pontuação nula ("null points")
Negrito + itálico Pontuação dos países apurados/dos três primeiros na final
Negrito Pontuação mais alta do parcial júri ou televoto (e a pontuação individual 12)


Nota: As pontuações estão divididas em Total (T), Televoto (Tv.) e Júri (J).

NotasEditar

  • A participação à Final está condicionada pela classificação na Semi-Final, excepto para os Big Four - Alemanha, Espanha, França e Reino Unido - e para o vencedor de 2008 - a Rússia.
  • Quadrado a azul é de um país que não recebeu votos do próprio país, devido à regra de um país não poder atribuir pontos a si próprio.
  • Para uma consulta mais detalhada dos pontos atribuidos e recebidos por país, basta consultar as seguintes páginas de artigo de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 10, 12 pontos atribuidos na final do Festival Eurovisão da Canção 2009 e para consultar de uma forma mais aprunfundada os votos de Júri, deverá consultar Pontos dados pelo Júri na Final do Festival Eurovisão da Canção 2009
  • Todos os países utilizaram o sistema de votação definido para o concurso (júris mais televoto), no entanto a Hungria só utilizou os votos obtidos por SMS e os votos dados pelo júris do seu país, assim como a Noruega, que só utilizou os votos dos júris para votar na final
  • Até à data, ainda não foram divulgados os resultados com os votos do público em separado



Ordem de divulgação de votos na finalEditar

A ordem de divulgação dos votos, na final do Festival Eurovisão da Canção 2009, foi decidida através de um sorteio que se realizou no dia 16 de Março em Moscovo. Na noite da final, a 16 de Maio, depois dos 15 minutos de votação, e de mais 15 minutos de intervalo, a partir de Moscovo, da arena onde vai ser realizado o festival, vai ser realizada uma ligação em directo para cada país participante na edição de 2009 (incluindo os que não passaram à final). Geralmente as ligações são feitas para a capital do país em questão, que tem o seu porta-voz num estúdio, com um fundo que consiste numa fotografia ou numa imagem real do panorama da cidade de onde estão ligados. Assim, cada porta-voz tem cerca de dois minutos para divulgar as votações nacionais, o que demora mais de uma hora.

Ordem de Votação[350]
1.   Espanha
2.   Bélgica
3.   Bielorrússia
4.   Malta
5.   Alemanha
6.   República Checa
7.   Suécia
8.   Islândia
9.   França
10.   Israel
11.   Rússia
12. Letónia
13.   Montenegro
14.   Andorra
15.   Finlândia
16.   Suíça
17.   Azerbaijão
18.   Bulgária
19.   Lituânia
20.   Reino Unido
21.   Macedónia do Norte
22.   Eslováquia
23.   Grécia
24. Predefinição:Country data B&H
25.   Ucrânia
26.   Turquia
27.   Albânia
28.   Sérvia
29.   Chipre
30.   Polónia
31.   Países Baixos
32.   Estónia
33.   Croácia
34.   Portugal
35.   Roménia
36.   Irlanda
37.   Dinamarca
38.   Moldávia
39.   Eslovénia
40.   Arménia
41.   Hungria
42.   Noruega
Nota

  • Durante o evento, o Azerbaijão (42º votante) teve que trocar de lugar na lista com a Noruega (17º votante), pois este último estava com problemas no sistema de votação (usando a mistura do júri apenas com os votos do SMS)

Países que obtiveram 12 pontos na finalEditar

Como vem sendo hábito, e por ser a pontuação máxima, os 12 pontos tornaram-se um símbolo do Festival Eurovisão da Canção, sendo a votação que determina o favorito de um país, e que pode virar o resultado a qualquer momento, assim como desempatar países que estejam empatados. Em baixo, é possível ver uma tabela com o número de 12 pontos que cada país recebeu, e os respectivos países que deram a sua pontuação mais alta a determinado país.

# Países Pontuados Países Votantes
16   Noruega   Espanha,   Bielorrússia,   Alemanha,   Suécia,   Islândia,   Israel,   Rússia,   Letónia,   Lituânia,   Ucrânia,   Polónia,   Países Baixos,   Estónia,   Dinamarca,   Eslovénia,   Hungria
6   Turquia   Bélgica,   França,   Suíça,   Reino Unido,   Macedónia do Norte,   Azerbaijão
3   Bósnia e Herzegovina   Montenegro,   Sérvia,   Croácia
3   Grécia   Bulgária,   Albânia,   Chipre
3   Islândia   Malta,   Irlanda,   Noruega
2   Estónia   Finlândia,   Eslováquia
2   Moldávia   Portugal,   Roménia
1   Arménia   República Checa
1   Azerbaijão   Turquia
1   Croácia   Bósnia e Herzegovina
1   Espanha   Andorra
1   Reino Unido   Grécia
1   Roménia   Moldávia
1   Rússia   Arménia
0   Albânia -
0   Alemanha -
0   Dinamarca -
0   Finlândia -
0   França -
0   Israel -
0   Lituânia -
0   Malta -
0   Portugal -
0   Suécia -
0   Ucrânia -


Notas

  • Para ter melhor informação sobre as pontuações da Final do Festival Eurovisão da Canção 2009, consulte as páginas de artigo de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 10, 12 pontos atribuídos na final do Festival Eurovisão da Canção 2009.
  • Para ter informação das pontuações do Júri, consulte este artigo

Mapa de classificaçõesEditar

 
A vermelho, a Noruega, vencedora do festival; A cor de tijolo, 2º lugar, islândia; A cor de rosa claro, 3º lugar, Azerbaijão; a amarelo todos os países que participaram na final; creme, países que não passaram da semifinal.

Cobertura rádio-televisivaEditar

 
Mapa com todos os países que transmitiram o festival (verde);Nota: este mapa apenas inclui os países que transmitiram o festival e não aqueles que também o puderam ver(o que é todo o Mundo através das televisões internacionais de cada país).

O Festival Eurovisão da Canção, é o programa não-desportivo que consegue juntar o maior número de telespectadores ao mesmo tempo em todo o Mundo (para lá dos Jogos Olímpicos, e finais de Europeus e Mundiais de Futebol). Todos os anos, mais de 100 milhões de pessoas por toda a Europa vêem o espetáculo, traduzido em directo por um comentador escolhido pela sua televisão transmissora, membro da EBU. Porém, o festival para além de ser transmitido televisivamente, também o é transmitido através de estações de rádio, e mais recentemente em directo (e posteriormente em vídeo on-demand), no site oficial do festival, através da eurovision.tv. Todos os anos, cerca de 50 televisões, 12 rádios e um canal oficial de televisão on-line (eurovision.tv), transmitem o festival para mais de 100 milhões de pessoas, no entanto o número vem a aumentar todos os anos, principalmente por países que já não chegavam à final, chegarem lá, tal aconteceu em 2008, quando Portugal passou pela primeira vez à final, desde a implantação de uma semifinal. A RTP, televisão portuguesa que emite o festival, teve na final do concurso, mais de 3 milhões de telespectadores (num país com pouco mais de 10 milhões de pessoas). O mesmo aconteceu na Sérvia. Para 2009, é esperada uma audiência de 200 milhões de pessoas espalhadas por todo o Mundo, mas uma maioria na Europa. Nas secções em baixo, é possível ver que televisões emitem festival, e que eventos emite assim como se são em directo ou não. Também as televisões que transmitiram para todo o Mundo, encontram-se na lista. Assim que estiver disponível, também será editada uma lista com as emissoras de rádio.[351]

Cobertura televisiva das semifinais e finalEditar

Todas as televisões que enviam um representante para uma edição do Festival Eurovisão da Canção, são obrigados a transmitir pelo menos a semifinal em que entram e a final (à excepção dos Big4, que se quiserem podem apenas transmitir a final). No entanto, os países podem escolher também transmitir a semifinal onde não participam, o que é adoptado pela maioria, mesmo que por vezes a semifinal onde não participa, seja transmitida noutro horário. Como exemplo mais "aficcionado", temos a BBC do Reino Unido, que tranmitirá os três espetáculos em directo, e no dia a seguir aos mesmos em diferido (às 00:45 UGT). Em baixo está uma lista com as televisões membros da EBU, que têm os direitos e o dever de transmitir o Festival Eurovisão da Canção 2009: