Abrir menu principal
Filé a JK.

Filé a JK é um prato típico da cidade brasileira de Franca (estado de São Paulo) e foi batizado em homenagem ao presidente Juscelino Kubitschek (1902-1976).

Descrição e HistóriaEditar

O prato consiste de filé mignon recheado com queijo muçarela e presunto (e fritos à milanesa), acompanhado de batata frita, banana à milanesa e arroz (com gemas pasteurizadas, ervilhas, cebolinha e manteiga). [1][2][3]

A história alimentada pelos moradores de Franca e que impulsionou a fama do prato é de que Juscelino Kubitschek visitou a região e se hospedou em um hotel em Araxá, onde teria preparado o prato. A receita chegou a Franca quando um dos cozinheiros do hotel de Araxá começou a trabalhar num restaurante da cidade no fim dos anos 1950. Outra versão é de que esse cozinheiro preparou o prato a pedido do presidente.[4]

O prato se popularizou e pode ser encontrado em restaurantes espalhados pelo Brasil.[5]

Em 2013 o prato foi tombado como patrimônio histórico e cultural do município de Franca.[6]

Referências

  1. Rodolfo Tiengo (17 de junho de 2012). «Garçom ensina receita que encantou JK e virou tradição em Franca, SP». G1. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  2. «SP será o penúltimo Estado a receber a Tocha Olímpica». Portal Brasil. 29 de abril de 2012. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  3. «Receita de Filé a JK». Folha de São Paulo. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  4. «Lenda sobre prato criado por JK é mania gastronômica em Franca». Folha de São Paulo. 19 de dezembro de 2010. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  5. Gabriela de Almeida (19 de abril de 2016). «Mercado 153 homenageia Juscelino Kubitschek em novo prato». Metrópoles. Consultado em 3 de dezembro de 2017 
  6. Jépy Pereira (25 de novembro de 2013). «LEI Nº 7.960, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2013: Dispõe sobre o tombamento imaterial do Prato "Filé a JK" como patrimônio histórico e cultural do Município.». Câmara Municipal de Franca. Consultado em 3 de dezembro de 2017