Filipe Emanuel de Lorena

Filipe Emanuel de Lorena (Nancy, 9 de setembro de 1558Nuremberga, 19 de fevereiro de 1602) foi duque de Mercœur e de Penthièvre, marquês de Nomeny, barão d'Ancenis e governador da Bretanha. Nasceu em Nomeny (Lorena) e morreu em Nuremberga.[1]

Filipe Emanuel de Lorena
Nascimento 9 de setembro de 1558
Nancy
Morte 19 de fevereiro de 1602 (43 anos)
Nuremberga
Cidadania França
Progenitores
Cônjuge Maria do Luxemburgo
Filho(s) Francisca de Lorena
Irmão(s) Charles de Lorraine, Henri de Lorraine-Chaligny, Éric de Lorraine, Luísa de Lorena-Vaudémont, Margarida da Lorena
Ocupação feudatário, militar
Prêmios
  • cavaleiro da Ordem do Espírito Santo
  • cavaleiro da Ordem de São Miguel
Título duque de Mercœur
Armoiries ducs de Mercœur.svg

Era filho do príncipe Nicolau de Lorena, Duque de Mercoeur e conde de Vaudémont, na época regente do ducado da Lorena e do de Bar em nome do seu sobrinho, o duque Carlos III da Lorena, e de Joana de Saboia-Nemours.[1]

Casamento e descendência [2]Editar

Filipe Emanuel casa, em Paris em 1576, Maria de Luxemburgo (1562-1623), duquesa de Penthièvre, filha de Sebastião do Luxemburgo, conde e depois duque de Penthièvre, e de Maria de Beaucaire. Desse casamento nasceram:

  • Francisco (François), morto jovem;
  • Luís (Louis), morto jovem;
  • Filipe Luís (Philippe Louis) (1589-1590);
  • Francisca (Françoise) (1592-1669), casou em 1609 com César de Bourbon (1594-1665), duque de Vendôme e de Étampes.

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b Este artigo incorpora texto (em inglês) da Encyclopædia Britannica (11.ª edição), publicação em domínio público.
  2. http://genealogy.euweb.cz/lorraine/lorraine4.html#PEM
  Este artigo sobre um nobre é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.