Filippino Lippi

pintor italiano

Filippino Lippi (Prato, 1457Florença, 18 de abril de 1504)[1], artista italiano, filho do famoso pintor renascentista Fra Filippo Lippi. Seu estilo agitado é um prenúncio do Maneirismo. Em seus primeiros trabalhos se aproxima à obra de Sandro Botticelli, com quem estudou em Florença, aprendendo a combinar graça, agilidade e liberdade, tanto do estilo do mestre como do seu pai.

Filippino Lippi
Lippi jak se zachytil na fresce v Santa Maria del Carmine
Nascimento 1457
Prato
Morte 18 de abril de 1504 (46–47 anos)
Florença
Residência Prato
Cidadania Itália
Progenitores
Ocupação pintor
Obras destacadas The Disputation with Simon Magus and the Crucifixion of Peter, Apparition of the Virgin to St Bernard, Three Angels and Young Tobias
Movimento estético Renascença italiana

Seu amadurecimento começa a se revelar com A aparição da Virgem a São Bernardo (1486-circa), onde demonstra esforço e tensão mediante cores escuras, fortes contrastes de luz e linhas mais quebradas.

Os últimos trabalhos de Filippino culminaram com os magníficos afrescos da Capela Strozzi (1497-1502-circa). Ilustrando a vida de São João Evangelista e de São Felipe, estes afrescos representam um mundo antigo, revestido de detalhes arqueológicos e estranhas perspectivas arquitetônicas, dentro do qual se encenam os dramáticos, cruéis e duros episódios da vida de ambos os santos, prefigurando, como já mencionado, o estilo maneirista italiano.

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. http://www.britannica.com/biography/Filippino-Lippi Página acessada em 25 de janeiro de 2016.
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Filippino Lippi