Filme de ficção científica

A ficção científica cinematográfica é um gênero de filme que utiliza a ficção científica e a ficção especulativa com base científica de fenômenos que não são totalmente aceitos pela ciência moderna, como formas de vida extraterrestre, outros planetas, percepção extra-sensorial e viagem no tempo, juntamente com elementos futuristas tais como naves espaciais, robôs, ciborgues, viagens interestelares ou outras tecnologias. Filmes de ficção científica têm sido muitas vezes usados para se concentrar em questões políticas ou sociais, e para explorar questões filosóficas como a condição humana.

Autores de livros que causaram a curiosidade e a imaginação do mundo sobre temas dessa natureza, como H. G. Wells ou Júlio Verne, chamaram também a atenção de artistas de outras mídias. Orson Welles, como radialista, aterrorizou toda a população de Nova York, interpretando no rádio a história do livro Guerra dos Mundos de H. G. Wells, onde grande parte da população acreditou estar mesmo sendo invadida pelos marcianos. Alguns dos livros desses autores foram interpretados no cinema em preto e branco, como: Viagem ao Centro da Terra, Da Terra à Lua, A Máquina do Tempo, O Homem Invisível, Vinte Mil Léguas Submarinas, A Ilha do Dr. Moreau. etc. Outros são histórias feitas para o cinema, como o clássico King Kong, embora nesse caso haja uma classificação alternativa como gênero do cinema fantástico, já que a história contada não é inspirada propriamente em especulação científica.

Um tema bastante explorado na ficção científica é a da vida inteligente em Marte. Os "marcianos" foram mostrados em diversos filmes estadunidenses nos anos 30 e 40, aludindo a um medo de invasão espacial, surgido desde que foram observados pelo telescópio os famosos canais de Marte.

Nos dias atuais os filmes do gênero estão entre os que alcançam maior índice de bilheteira, confirmando a fascinação das pessoas sobre o que está por vir, ou ainda sobre o que é pura fantasia: E.T. - O Extraterrestre, Star Wars, O Exterminador do Futuro, De Volta Para o Futuro ou episódios de Star Trek são alguns dos títulos mais conhecidos.

O conhecimento científico avançado mostra uma fronteira cada vez mais larga sobre o que podemos construir em matéria de ficção científica, deixando uma gama ilimitada de temas que filmes poderão explorar. E como se colocam sempre entre os mais rentáveis, é de se esperar que vejamos cada vez mais a ficção científica na televisão e no cinema.

É interessante observar os temas dos filmes mais populares de ficção, que em geral mostram os anseios e os receios de determinada geração em função de novas tecnologias ou descobertas científicas. A seguir, uma lista desses filmes:

Pré-anos 1900-1930Editar

 
Anúncio da uma reprise de Metrópolis no Cine Pedro II, no Parque do Anhangabaú (São Paulo, Brasil, 18 de julho de 1930).

Anos 1950Editar

 
Robby, o Robô, cujo comportamento benevolente é regido pelas Três Leis da Robótica,[3] no cartaz de The Invisible Boy (1957).

Anos 1960Editar

 
Planeta Vulcano, lar dos vulcanos de Star Trek retratado numa fanart.

Anos 1970Editar

 
Veículos AT-AT (maior) e AT-ST (menor) de Star Wars.

Anos 1980Editar

Anos 1990Editar

 
Localização de Zion de Matrix.
  • A Invasão (1996), de David Twohy. Conspirações alienígenas: o filme aborda um caso de conspiração alienígena em que alienígenas vivem na Terra disfarçados de humanos, com o objetivo de liberar gás na atmosfera para aquecer o planeta para não só ficar habitável para eles, mas inabitável para os seres humanos.
  • Gattaca (1997), de Andrew Niccol. Os perigos da manipulação genética; o filme conta a história da criação de uma nova sociedade castas, dividida entre uns übermensch biologicamente perfeitos e a maioria "defeituosa" (nascidos naturalmente, mas que passaram a ser "inferiores").
  • MIB - Homens de Preto (1997), de Barry Sonnenfeld.
  • Armageddon (1998), o provável impacto da Terra com um asteroide.
  • A trilogia Matrix (1999-2003), das irmãs Lilly e Lana Wachowski. O despertar dos personagens da ilusão de uma realidade virtual aonde se encontra envolvido ao ponto de não se ter uma noção do que é real. O Cyber-psi, Neo, trava uma luta contra as maquinas visando a liberdade de escolha de volta a humanidade.

Década de 2000Editar

 
V de Vingança em exibição (Londres, março de 2006).

Década de 2010Editar

  • A Origem (2010), um filme sobre invasão de sonhos e a tecnologia desafiando a noção de realidade. Dirigido por Christopher Nolan.
  • Divergente (2013), com Shailene Woodley, Theo James e Kate Winslet. Um filme distópico inspirado no livro best-seller do mesmo nome. Dirigido por Neil Burger.
  • Círculo de Fogo (2013), de Guillermo del Toro. Um filme em que seres humanos lutam contra grandes alienígenas com a ajuda de robôs.
  • Gravidade (2013), com Sandra Bullock. O filme conta a história de dois astronautas sobreviventes em um ônibus espacial destruído por detritos espaciais.
  • Ender's Game (2013), Após uma raça alienígena conhecida pelos seres humanos como Formics atacar a Terra, é formada uma Armada Internacional, com a missão de preparar uma nova geração de jovens e liderar um contra-ataque.
  • Oblivion (2013), invasão alienígena que quase extermina a Humanidade.
  • Expresso do Amanhã (2013), conflito de classes, ao apresentar uma sociedade que se viu obrigada a viver em um trem constantemente em movimento.
  • Elysium (2013), a Humanidade é dividida em castas, sendo que os mais pobres permanecem na Terra arruinada e os mais ricos orbitam numa cidade espacial luxuosa.
  • No Limite do Amanhã (2014), invasão alienígena.
  • Interstellar (2014), uma equipa de astronautas viajam através de um buraco de minhoca à procura de um novo lar para a humanidade.
  • Mad Max: Estrada da Fúria (2015), continuação da trilogia de (1979-1985).
  • Ex Machina (2015), inteligência artificial.
  • Perdido em Marte (2015), um astronauta acaba sendo deixado em Marte pelo seus colegas (que pensam que ele está morto).
  • A Chegada (2016), naves alienígenas chegaram às principais cidades do mundo. Com a intenção de se comunicar com os visitantes, uma linguista e um militar são chamados para decifrar as estranhas mensagens dos visitantes.
  • Blade Runner 2049 (2017), após descobrir um segredo enterrado há muito tempo, que ameaça o que resta da sociedade, um novo policial embarca na busca de Rick Deckard, que está desaparecido há 30 anos.
  • Upgrade (2018), implantes tecnológicos no corpo humano.
  • Jogador Nº 1 (2018), adaptação do romance homônimo de Ernest Cline. A história acompanha um garoto que se aventura em um jogo de realidade virtual.
  • Aniquilação (2018), uma bióloga se junta a uma expedição secreta com outras três mulheres em uma região conhecida como Área X, um local isolado da civilização onde as leis da natureza não se aplicam. Lá, ela precisa lidar com uma misteriosa contaminação, um animal mortal e ainda procura por pistas de colegas que desaparecem, incluindo seu marido.
  • Ad Astra (2019), um astronauta que parte para os confins do sistema solar para salvar a terra e em busca do seu pai.

Ver tambémEditar

Referências

  1. As viagens à Lua de Verne, Méliès e Armstrong
  2. Dirks, Tim. «A Trip to The Moon». FilmSite.org. Consultado em 8 de janeiro de 2007 
  3. Ace G. Pilkington (5 de março de 2017). «Science Fiction and Futurism: Their Terms and Ideas». McFarland (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2020 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Filme de ficção científica